Ações preventivas em Barão de Cocais neste domingo

Sobre a Vale

10/02/2019

Ações preventivas em Barão de Cocais neste domingo

População a jusante da barragem Sul Superior permanece em hotéis e casas de parentes nos próximos dias, até a conclusão do trabalho de inspeção na estrutura

Até as 16h deste domingo (10/2), 492 pessoas das quatro comunidades rurais de Barão dos Cocais - Socorro, Piteira, Tabuleiro e Vila do Gongo - foram registradas e acolhidas. Destas, 284 estão em seis hotéis e as demais em casas de parentes, respeitando suas escolhas. Todos os moradores saíram dessas comunidades.

Durante esta semana, a Vale disponibilizará transporte para os acolhidos irem para o trabalho ou para as escolas da região. A Rede Pública Municipal ainda não iniciou o ano letivo.

As forças de segurança estão concentradas na Universidade Aberta do Brasil, no bairro Cidade Nova. A Vale colocou à disposição uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, assistentes sociais e médicos no Ponto de Atendimento na Escola Municipal Nossa Senhora do Rosário e nos hotéis.

Em relação aos animais, a Defesa Civil definiu um plano para atendimento e acolhimento, cuja prioridade neste momento é manter cerca de 1.500 animais alimentados. Essa tarefa vem sendo realizada por equipes da Vale, Defesa Civil, Polícia Ambiental e do Conselho Regional de Medicina Veterinária. Caso haja necessidade de remoção, esses animais serão levados para uma fazenda alugada pela Vale, que já está apta ao acolhimento. Também foram contratadas duas clínicas veterinárias.

Inspeção à barragem Sul Superior

Uma empresa especializada em análise de estabilidade inspecionou a barragem Sul Superior da Mina de Gongo Soco neste domingo. O trabalho foi acompanhado por equipes da Vale e da Agência Nacional de Mineração (ANM). Nos próximos dias, os dados coletados serão analisados. A partir das considerações dos consultores, a Vale tomará novas medidas, caso necessárias. Até a conclusão deste trabalho, as pessoas acolhidas seguem hospedadas em hotéis e casas de parentes.

Como medida de segurança, a Vale está intensificando as inspeções da barragem Sul Superior, que estão sendo realizadas em regime especial, com a presença de profissionais especializados 24 horas por dia. As últimas verificações realizadas pela equipe da Vale não detectaram nenhuma anomalia na barragem.

A Vale ressalta que a decisão de evacuação das áreas próximas à barragem de Gongo Soco foi uma medida preventiva e que seguirá apoiando a população acolhida até que a situação seja normalizada.

Veja outras notícias
​​​​​​​​​​​​​​

Ações preventivas em Barão de Cocais neste domingo