Coronavírus e phishing: como se proteger de ameaças virtuais

Sobre a Vale

06/04/2020

Coronavírus e phishing: como se proteger de ameaças virtuais

Em tempos de crise há muita informação circulando e alguns criminosos aproveitam para praticar golpes virtuais, também chamados de phishing. Alguns golpes, enviados principalmente por aplicativos de mensagens instantâneas, possuem características semelhantes: senso de urgência, prometem um suposto benefício e direcionam o usuário a acessar um link malicioso.​ Por isso, é importante ficar atento!

O que é phishing?

Phishing é o ato de manipular pessoas para tentar adquirir informações como nomes de usuários, senhas, CPF, detalhes do cartão de crédito ou até mesmo dinheiro. Phishing geralmente acontece por meio de e-mails, mensagens instantâneas e SMS com links para websites falsos.​

Veja alguns golpes conhecidos e, quando em dúvida, não clique:






Dicas para se proteger

  • Não clique em links contidos em mensagens instantâneas, posts em mídias sociais e e-mails vindos de pessoas ou organizações desconhecidas.
  • Confira sempre o remetente e destinatário das mensagens e, quando em dúvida, não clique em links e não execute arquivos.​
  • Desconfie de mensagens com apelo emocional ou que ofereçam brindes.
  • Busque fontes confiáveis, como os canais de comunicação oficiais da Vale, o Ministério da Saúde e jornais que possam confirmar uma informação.
  • ​​Confira se o e-mail apresenta links para códigos maliciosos. Você pode verificar o destino de um link posicionando o mouse sobre ele e analisando o endereço apresentado.

Coronavírus e phishing: como se proteger de ameaças virtuais