Festival do Meio do Outono chinês começa com grande festa

Sobre a Vale

09/10/2017

Festival do Meio do Outono chinês começa com grande festa


A China antiga é um período cheio de histórias e curiosidades. Um dos fatos interessantes surgidos no período é o Festival do Meio de Outono chinês ou Festival da Meia Lua, já que nessa época do ano a lua está em sua forma mais redonda e brilhante.

Iniciada no dia 4 de outubro, a famosa celebração surgida na China antiga acontece à noite, com famílias se reunindo a luzes de lanternas para comer os deliciosos mooncakes (‘bolos de lua’, doce típico da data) e apreciar a lua cheia, símbolo da reunião familiar. Devido à influência chinesa, o Festival do Meio Outono também é apreciado e celebrado em muitas outras partes da Ásia.

O mooncake é uma comida típica do festival

As festas do Festival do Meio do Outono chinês datam de mais de 2 mil anos. O governo da China listou a data festiva como uma parte intangível do patrimônio cultural do país em 2006. Em 2008, tornou-se feriado público.

A China e a Vale

A China é importante parceira da Vale, tanto pela importação de commodities quanto pela exportação de produtos direta e indiretamente para as operações da empresa.

Trata-se de uma relação duradoura que vem sendo construída ao longo dos últimos 40 anos, iniciada em 1973, quando foi registrada a venda do primeiro carregamento de minério de ferro da Vale para a República Popular da China.

Saiba mais sobre a Vale na China

Como surgiu o Festival do Meio do Outono chinês?

Chang'e é a deusa chinesa da lua. De acordo com a mais famosa variação da história da China antiga, 10 sols brilharam simultaneamente no céu, criando calor abrasador na Terra: as plantas foram queimadas e os seres humanos enfrentavam a morte. Hou Yi, o marido de Chang'e e um arqueiro valente, conseguiu derrubar nove sóis e salvar o planeta. Como recompensa, ele recebeu um elixir de imortalidade, mas era suficiente apenas para uma pessoa. O arqueiro não tomou o elixir, pois não queria se separar de sua amada esposa. Em vez disso, ele pediu que ela o guardasse.

Pintura de Chang'e

Depois de seus atos épicos, Hou Yi ganhou fama instantânea e respeito no país. Um dia, quando Hou Yi estava levando seus alunos ao ar livre para caçar, um homem imoral chamado Peng Meng entrou furtivamente no quarto do casal para roubar o elixir, mas Chang'e o pegou. Peng tentou forçar Chang'e a entregar o elixir, mas ela engoliu e começou a flutuar no céu, até a lua. Hou Yi ficou com o coração despedaçado com sua partida. Ele colocou uma mesa com incenso em seu jardim com os alimentos favoritos de Chang'e para prestar homenagem a ela. A partir de então, as pessoas começaram a adorar a lua.


Conheça as iniciativas sociais e ambientais da Vale

Leia mais


Festival do Meio do Outono chinês começa com grande festa