Isolamento domiciliar: veja quem deve fazer e como preparar sua residência

Sobre a Vale

09/06/2020

Isolamento domiciliar: veja quem deve fazer e como preparar sua residência



O isolamento domiciliar é recomendado para casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Diante da importancia deste tema, a Vale preparou um guia com dicas importantes para preparar sua moradia caso seja necessário tomar a medida de isolamento. O material é baseado em informações do Ministério da Saúde do Brasil e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. Entre as diversas recomendações que o guia apresenta estão a necessidade de manter o paciente com sintomas em quarto isolado e ventilado. Nas residências onde isso não é possível, os outros moradores têm que evitar ao máximo o contato. Além disso, o guia apresenta orientações para os cuidadores e dicas de como deve ser feita a limpeza dos ambientes.

Confira abaixo algumas dicas e faça o download do guia com a infromações completas.


Orientações para isolamento do paciente:


Permanecer em quarto isolado e bem ventilado;




Caso não seja possível isolar o paciente em um quarto único, manter pelo menos 2 metros de distância do paciente e dormir em em cama ou leito separado (exceção: mães que estão amamentando devem continuar amamentando com o uso de máscara e medidas de higiene, como a lavagem constante de mãos);




Limitar a movimentação do paciente pela casa. Locais da casa com compartilhamento devem estar bem ventilados;




Utilização de máscara sempre que houver outra pessoa no mesmo ambiente. Trocar máscara sempre que esta estiver úmida ou danificada;




Sempre que possível, utilizar um banheiro separado das outras pessoas na casa. Quando não for possível, realizar desinfecção do banheiro após cada uso;




Realizar higiene frequente das mãos, com água e sabão e, quando não for possível, álcool em gel, especialmente antes de comer, cozinhar e após ir ao banheiro;




Não receba visitas e não saia de sua casa, a menos que seja para receber atendimento médico. Neste caso, saia com máscara cirúrgica e evite aglomerações;




Sempre que possível, utilize o telefone para se comunicar com outras pessoas, inclusive moradores da mesma casa.



Precauções do cuidador

O cuidador deve utilizar máscara quando estiver perto do paciente, sempre atento ao uso correto. Caso a máscara fique úmida ou com secreções, deve ser trocada imediatamente. A pessoa nunca deve tocar ou mexer na máscara enquanto estiver perto do paciente. Após retirá-la, o cuidador deve lavar bem as mãos com água e sabão. Da mesma maneira, deve ser realizada higiene das mãos antes e depois do contato com o paciente, de ir ao banheiro, e de cozinhar e comer ou toda vez que julgar necessário. Se possível, o cuidador deve ainda utilizar um banheiro separado da pessoa enferma. E até para os cuidadores, é recomendado fazer um período de quarentena de 14 dias após o paciente ter se recuperado.


Clique aqui e baixe o guia com essas e muitas outras informações



Isolamento domiciliar: veja quem deve fazer e como preparar sua residência