Círio de Nazaré reúne mais de um milhão de pessoas em Belém

Sobre a Vale

15/10/2018

Círio de Nazaré reúne mais de um milhão de pessoas em Belém

Realizado sempre no segundo domingo de outubro, o Círio de Nazaré reuniu no último dia mais de um milhão de pessoas no último dia 14, em Belém. A tradicional manifestação em devoção à Nossa Senhora de Nazaré teve sua 226ª edição este ano e já ultrapassa a questão religiosa, contribuindo para divulgar a cultura paraense em todo o mundo.

A Vale é patrocinadora oficial do Círio de Nazaré, que desde 2004 foi considerado Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). No dia do Círio, produzimos o Espaço Vale, local que serviu de apoio para receber a imprensa que cobriu o evento. Uma das presenças foi o jornalista Zeca Camargo, que esteve em Belém acompanhando a festividade e divulgando trechos ao vivo pelo seu perfil no Intsagram.

Patrocinado pela Vale, o Círio de Nazaré reuniu mais de um milhão de pessoas no dia 14, em Belém

A Vale busca valorizar e investir nas tradições culturais dos locais onde está presente e tem, entre suas políticas de atuação, patrocinar iniciativas e projetos que promovam a identidade de comunidades e seus patrimônios culturais. E o Círio de Nazaré é um Patrimônio Cultural da Humanidade.”

Gerente-executivo de Sustentabilidade Regional Norte da Vale, João Coral Neto.

A Vale produziu também a ambientação de um espaço no aeroporto internacional de Belém dedicado ao Círio e da fachada do seu Instituto Tecnológico Vale (ITV), onde os visitantes puderam retirar as tradicionais fitinhas. Também patrocinamos o Arrastão do Círio 2018, realizado pelo Instituto Arraial do Pavulagem. O cortejo saiu após a chegada do Círio Fluvial, na manhã deste sábado, 13 de outubro, véspera da grande procissão do Círio de Nazaré.

O Círio de Nazaré 2018 começou, oficialmente, no dia 9 de outubro e segue durante 15 dias com procissões, eventos musicais e outras festividades que promovem a cultura local. Além da procissão realizada no domingo, o Círio agrega várias outras manifestações de devoção, como a trasladação, a romaria fluvial e diversas outras peregrinações e romarias que ocorrem na quadra Nazarena. Após a grande procissão de domingo, a imagem da Virgem fica exposta no altar da Praça Santuário para visita dos fiéis durante 15 dias, período chamado de quadra nazarena.

A história da festa Círio de Nazaré

A história da festa Círio de Nazaré começa com o agricultor Plácido José de Souza, que encontrou a imagem de Nossa Senhora de Nazaré ao final do mês de outubro, à margem de um córrego, ao sul da estrada do Maranhão. Ele a levou para sua casa e a colocou em um altar, onde estavam um crucifixo e outras imagens de santos de sua devoção. No dia seguinte, a imagem teria sumido. Ao retornar ao local do achado, percebeu que ela se encontrava no mesmo lugar do dia anterior.

Por conta dos desaparecimentos, Plácido teria entendido que a imagem deveria ficar no local onde fora encontrada e ali construiu uma ermida para abrigá-la. Com o passar do tempo, o local já não comportava mais tantos devotos. A partir dessa necessidade, foi construída a majestosa Basílica Santuário de Nazaré. E assim começou a história dessa grande festa que hoje é Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Brasil.

A primeira procissão da festa Círio de Nazaré foi realizada em 1793, pelo então governador Francisco de Souza Coutinho, saindo do Palácio do Governo.

Fonte: Site Oficial do Círio de Nazaré

​​
​​

Círio de Nazaré reúne mais de um milhão de pessoas em Belém