Corredor ferroviário deve ampliar escoamento de carvão para 18 milhões de toneladas por ano em Moçambique

Sobre a Vale

19/05/2017

Corredor ferroviário deve ampliar escoamento de carvão para 18 milhões de toneladas por ano em Moçambique

Fotos Expo Viva

Um corredor de 912 km que liga uma importante Mina de Carvão a um Terminal Portuário com capacidade de carregar navios em tempo recorde. O investimento promissor já tem nome e foi inaugurado dia 12 de maio, em Moçambique. É o Corredor Logístico Integrado de Nacala, fruto de parceria da Vale com a empresa pública Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).

A linha férrea liga a Mina de Carvão de Moatize, em Tete – onde fica localizada a mina explorada pela Vale –, ao Terminal Portuário Multiusuário de Nacala-à-Velha, na província de Nampula. A iniciativa deve aumentar a capacidade de escoamento de até 18 milhões de toneladas de carvão por ano, o que deverá contribuir para a baixa dos custos.

Fotos Expo Viva

Para a comunidade local, o corredor gerou 4.000 postos de trabalho e formou 600 jovens, além de impulsionar o desenvolvimento socioeconômico da região e do país com seu plano de desenvolvimento social. A iniciativa visa melhorar a qualidade de vida das comunidades diretamente impactadas pelo empreendimento, com ações desde distribuições de materiais escolares à construção de um mercado formal na cidade de Nampula.

A cerimônia de inauguração oficial do Corredor Logístico Integrado de Nacala reuniu cerca de 300 convidados na vila de Nacala-à-Velha, e contou com a presença do diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira, e de autoridades de Moçambique, do Malawi, do Brasil e do Japão.

Ferrovia
Porto

Nas operações ferroviárias, o corredor tem uma frota de 85 locomotivas e 1.962 vagões de 63 toneladas cada. Quando as operações chegarem à sua capacidade plena, terá 21 comboios por dia para atender à demanda de 18 milhões de toneladas por ano.

Fotos Expo Viva

O Terminal Portuário Multiusuário de Carvão, localizado em Nacala-à-Velha, tem um pátio com uma capacidade de aproximadamente 1.000.000 toneladas de carvão. Concebido para atender à capacidade inicial de exportação de 18 milhões de toneladas de carvão, o porto tem previsto o carregamento de cerca de 12 navios por mês, totalizando aproximadamente 150 navios por ano.

O Terminal Portuário de Nacala-à-Velha e os ativos Ferroviários são equipados com o que há de mais atual em termos de segurança e de tecnologia de ponta, equiparável às demais operações logísticas no mundo.


Leia Mais

 ​

Corredor ferroviário deve ampliar escoamento de carvão para 18 milhões de toneladas por ano em Moçambique