Drones ajudarão no combate à dengue e outras doenças em Brumadinho

Sobre a Vale

02/09/2019

Drones ajudarão no combate à dengue e outras doenças em Brumadinho

A Vale e a Secretaria Municipal de Saúde de Brumadinho retomam o combate à dengue e outras doenças (chikungunya e zika) no município a partir de 09 de setembro. Após realização de fumacê, que teve início em fevereiro, o trabalho agora prevê o monitoramento por drone das residências para identificação de possíveis focos dos mosquitos e, posteriormente, o lançamento de larvicida nesses possíveis criadouros do Aedes aegypti.A ação vai permitir a equipe a ter uma visão da real situação noslocais com maior dificuldade de acesso, como imóveis vazios, terrenos baldios, calhas, entre outros.

Funcionamento

No primeiro momento, um profissional contratado pela Vale utilizará um moderno sistema de monitoramento via drones para identificar os focos e repassar as localizações para a vigilância epidemiológica. Ao identificar possíveis criadouros do mosquito transmissor, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde vai entrar em contato com os proprietários dessas residências localidades e, após autorização, os drones voltam em ação com o lançamento de larvicidas nos locais identificados. A substância não possui toxicidade, não contamina o meio ambiente, além de ter a recomendação do Ministério da Saúde e já ser utilizada pela Secretaria de Saúde de Brumadinho para controle de criadouros de dengue. A ação de combate à dengue e outras doenças será contínua e vai contemplar os 30 bairros da cidade.

  • Os drones voarão a uma altura mínima de 60m, o que corresponde a um prédio de 20m, e portanto não irá captar nenhuma imagem de dentro das residências;
  • Os voos serão executados em dias úteis e em horário comercial (segunda a sexta-feira entre 8h às 18h) e, excepcionalmente, aos sábados (8h às 12h);
  • A preferência de lançamento de larvicida pelos drones será em locais isolados, abandonados e/ou de difícil acesso;
  • As dosagens aplicadas do larvicida não são nocivas para humanos e nem animais;
  • Os drones são silenciosos quando em operação e o tempo de sobrevoo sobre uma residência é curto.
​​

Drones ajudarão no combate à dengue e outras doenças em Brumadinho