Estrada de Ferro Carajás é considerada ferrovia mais eficiente do país

Sobre a Vale

03/06/2013

Estrada de Ferro Carajás é considerada ferrovia mais eficiente do país

Banner

A Estrada de Ferro Carajás (EFC), no Pará, foi considerada a ferrovia mais eficiente do Brasil em 2013, segundo levantamento feito pelo Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O título foi resultado de uma pesquisa com 100 grandes empresas que avaliaram qual era a ferrovia mais eficiente do país.

Um dos motivos da boa avaliação é a dedicação da ferrovia para o transporte de minério de ferro, o que lhe garante maisconfiabilidade. Outro quesito também avaliado pela pesquisa foi o índice de toneladas transportadas por quilômetro útil (TKU). Nessa categoria, a EFC apresentou uma produtividade de 103 bilhões de TKUs. Além disso, a ferrovia registrou apenas quatro acidentes por milhão de quilômetros, um dos índices mais baixos do país, perdendo apenas para a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), também da Vale. Na classificação geral, a EFC obteve 6,8 pontos, numa escala de 0 a 10.

Saiba mais

A EFC tem 892 quilômetros de extensão, ligando a maior mina de minério de ferro a céu aberto do mundo, em Carajás, ao Porto de Ponta da Madeira, em São Luís, Maranhão. Por seus trilhos, são transportados mais de 120 milhões de toneladas e 350 mil passageiros por ano.


Estrada de Ferro Carajás é considerada ferrovia mais eficiente do país