Fundação Vale leva equipamentos e oficinas de formação em saúde a municípios do Nordeste

Sobre a Vale

12/01/2018

Fundação Vale leva equipamentos e oficinas de formação em saúde a municípios do Nordeste

O Ciclo Saúde, programa da Fundação Vale, esteve de passagem por Itaqui Bacanga - São Luis (MA), com a missão de contribuir para o fortalecimento da Atenção Básica da região. A iniciativa, realizada em 30 de novembro e 1° de dezembro, forneceu equipamentos e mobiliários para aperfeiçoar a produção de informações, o diagnóstico e a prática clínica em saúde da mulher e controle das doenças não transmissíveis.

Além disso, foram realizadas oficinas de 16 horas para duas turmas nas Unidades de Atenção Básica de Clodomir Pinheiro e Vila Nova sobre promoção de saúde, baseadas na política nacional de Atenção Básica. As duas oficinas contaram com a presença de cerca de 80 participantes, composto por profissionais de saúde, lideranças comunitárias e membros do conselho municipal de saúde.

A proposta é aprimorar a qualificação de equipes da Estratégia de Saúde da Família nos campos da atenção, prevenção e promoção da saúde. A iniciativa também pretende estimular o autocuidado e a participação comunitária nas questões de saúde.

Intercâmbio de conhecimento em saúde

O Ciclo Saúde também esteve em Canaã dos Carajás, no Pará, com o objetivo cooperar com o aperfeiçoamento do fluxo de atenção aos usuários a partir do aprimoramento ao Protocolo Municipal de Acolhimento à demanda espontânea nas unidades básicas de saúde. Como parte da iniciativa, a Fundação Vale, juntamente com o Centro de Promoção da Saúde (Cedaps), promoveu intercâmbio entre profissionais e gestores de Canaã dos Carajás e profissionais que já estiveram à frente da gestão da saúde pública no Rio de Janeiro

Na ocasião foi apresentada a organização do serviço de atenção primária a saúde da capital e troca de conhecimento sobre estratégias de acolhimento da demanda espontânea e sobreo processo de trabalho das equipes do município de Canaã. Também como parte desse intercâmbio, os profissionais visitaram clinicas de saúde da família no Rio de janeiro, um ambiente de Saberes e Aprendizagem em Saúde (ASAS) e participaram de um painel com especialistas e ex-gestores.

Protocolo Municipal de Acolhimento

No início de dezembro, foi aprovada a proposta do protocolo municipal de atendimento à população em Canaã dos Carajás. O protocolo segue a perspectiva da Atenção Básica como ordenadora do sistema e o funcionamento de “porta aberta” para a população pautadas no acolhimento e na escuta ao paciente.

Próximas etapas

Entre os próximos passos, previstos para fevereiro, está a realização de oficinas de trabalho com cada uma das equipes que atuam nas Unidades de Saúde de Canaã dos Carajás. O objetivo é a adequação do protocolo municipal aprovado pela gestão de saúde, levando em consideração as especificidades, necessidades, oportunidades e possibilidades de cada comunidade e equipe.

Leia Mais

​​
​​​

Fundação Vale leva equipamentos e oficinas de formação em saúde a municípios do Nordeste