Sobre a Vale

01/07/2021

Governo do Pará e Vale iniciam implantação do Hospital Regional de Ourilândia

O Pará vai ganhar mais um hospital no sudeste paraense. Trata-se do Hospital Regional de Ourilândia do Norte, uma parceria da mineradora Vale com o Governo do Estado. A unidade hospitalar terá capacidade para atendimento de casos de alta complexidade e unidades de terapia intensiva (UTIs). Ao todo, o hospital terá 120 leitos. Para marcar o início da construção, representantes da Vale e o governador Helder Barbalho visitam nesta quarta-feira, 30, o local da obra.

 Ilustração das futuras instalações do Hospital Regional de Ourilândia do Norte com um prédio pintado de azul e verde  

“Mais do que um hospital, estamos iniciando hoje a implantação de um centro de excelência em saúde, que terá 120 leitos para atender aos moradores de Ourilândia e comunidades da região. Projetos como esse nos aproximam ainda mais das comunidades vizinhas às nossas operações e reforçam o nosso novo pacto com a sociedade e o nosso objetivo de melhorar a vida das pessoas”, destaca o vice-presidente da Vale de Executivo de Relações Institucionais e Comunicação, Luiz Osorio.

Além de Ourilândia, o hospital vai beneficiar a população de 15 municípios da região sudeste do Pará, onde vivem mais de meio milhão de pessoas. Os outros dois hospitais regionais da região sudeste estão localizados nos municípios de Redenção e de Marabá, distantes respectivamente a 259 quilômetros e quase 400 quilômetros da cidade.

O Hospital Regional contará com diversas especialidades médicas, entre elas cirurgia geral, oncologia, traumatologia, obstetrícia de alto risco, oftalmologia, nefrologia, cardiologia, além de UTIs adulto, pediátrico e neonatal.  O espaço terá mais de 11mil m² de área construída pela Vale. As obras civis têm previsão de serem concluídas em 2022.

A empresa será responsável por toda a obra de construção e ao Governo do Estado do Pará caberá a gestão, operação e manutenção do hospital por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ourilândia do Norte é a sede da operação de ferro-níquel da Vale no Brasil, inaugurada há dez anos, em 2011. Desde a sua implantação a Vale tem contribuído com o desenvolvimento local, no apoio à infraestrutura, na geração de emprego, tributos e impostos ao município. Cerca de 1.500 empregos, entre próprios e terceiros permanentes atuam no complexo minerário de Onça Puma. Com o apoio da Vale, em maio foi entregue a obra de revitalização da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Ourilândia e em janeiro desse ano, a Casa de Apoio ao Indígena Kayapó, em parceria com a Funai e a Prefeitura do município.

​​
​​

Governo do Pará e Vale iniciam implantação do Hospital Regional de Ourilândia