Indústria 4.0 e relação entre porto e cidade são temas de Conferência Portuária no Maranhão

Sobre a Vale

14/11/2019

Indústria 4.0 e relação entre porto e cidade são temas de Conferência Portuária no Maranhão

imagem de vídeo da feira

Indústria 4.0, indústria criativa e relação entre porto e cidade foram os temas que tomaram conta dos debates na III Conferência sobre Desenvolvimento Portuário do Maranhão. O evento aconteceu nos dias 6, 7 e 8 de novembro, no estande da Vale na Expo Indústria Maranhão, no Multicenter Sebrae. Ao todo, cerca de 568 pessoas estiveram presentes na conferência que reuniu operadores portuários, representantes da comunidade marítima, especialistas, fornecedores e estudantes.

A carga horária de 10 horas de programação contou com palestras, painéis e bate-papo com especialistas das áreas da indústria naval brasileira, aduana, cadeia logística portuária, e relação porto e cidade. O destaque desta edição foi painel “Desafios para o crescimento portuário”, com as presenças dos gestores dos três principais portos do Maranhão: Domingos Reis, superintendente do Porto da Alumar, Artur Thiago Costa, diretor de Administração e Finanças do Porto do Itaqui, e Roberto Di Biase, gerente executivo do Porto Ponta da Madeira, da Vale.

Outro tema também muito discutido foi a proposta do Porto sem Papel (PSP), sistema criado para facilitar a análise e liberação de mercadorias nos portos brasileiros, que substitui diversos formulários de papel por um único documento eletrônico.

Escolhemos realizar esta edição da conferência fora da área do complexo portuário com a intenção é envolver cada vez mais a sociedade civil nas discussões para que as pessoas possam compreender a importância que o complexo da baía de São Marcos tem para o Maranhão e para o Brasil. Não se trata apenas de discutir a importância econômica mas, também, pensar em estratégias de como potencializar o desenvolvimento urbano, social e cultural por meio da atividade portuária local

José Valentim, gerente de operações do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira.

Indústria 4.0 e relação entre porto e cidade são temas de Conferência Portuária no Maranhão