Sobre a Vale

03/12/2021

Produtores rurais de Pompéu recebem curral para pesagem de gado

Novo espaço também facilita a vermifugação dos animais criados em dois projetos de assentamento

Uma estrutura para garantir a comercialização de gado a um preço justo, facilitar a vermifugação de animais e ser o espaço ideal para outros projetos. É dessa forma que os 49 produtores dos projetos de assentamento Queima Fogo e Chácara do Chôrio, em Pompéu, enxergam o novo curral de manejo tronco e balança, inaugurado em setembro. Construído com recursos da Vale, o projeto busca contribuir para o aumento da profissionalização do grupo - em meio aos bons resultados do município na produção de leite, já que Pompéu ocupou, em 2019, o sexto lugar entre os maiores produtores do Brasil, segundo a Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Antes da entrega, as unidades familiares não contavam com instrumentos para realizar a pesagem do gado. “Antes era tudo muito difícil, porque tínhamos que deslocar até Pompéu para pesar o gado ou fazer a pesagem no olho. Com a balança, fica tudo certo, a gente não toma prejuízo”, explica o produtor Nilton Cecílio Braga, morador de Queima Fogo. Para solucionar a questão, o grupo sugeriu a construção do curral em um galpão já existente no assentamento de Queima Fogo. O novo espaço conta com uma balança de precisão, tronco e brete de contenção e manejo de bovinos, além de acesso adequado para os produtores.

Clique e conheça mais sobre o projeto:

 

Para garantir o correto gerenciamento da estrutura, os moradores beneficiados também receberam capacitação. Foi como Nilton aprendeu como utilizar o curral. “A gente aprendeu a usar a balança certinho e a manusear o gado melhor”, relata o produtor rural. Com o espaço em funcionamento, os produtores dos dois assentamentos esperam que mais pessoas se interessem pelo ofício, abrindo novas possibilidades para o futuro. “A gente espera, mais para frente, fazer um leilão, com gado da região. Não só com os animais do assentamento, mas de outros fazendeiros também. Queremos fazer um movimento para gerar renda para a comunidade”, complementa Nilton. 

Apoio a produtores locais

Produtores rurais elegíveis de Pompéu e de outros 15 municípios da bacia do Paraopeba também já receberam mais de 100 milhões de quilos de produtos para alimentação animal, como silagem de milho, feno e milho em grão. A iniciativa contribui para que os produtores impactados retomem o quanto antes suas rotinas.

Além disso, a conclusão de ações definitivas avançou no primeiro semestre deste ano. Projetos de implantação de sistemas de abastecimento de água através de captações superficiais e subterrâneas contribuíram para disponibilizar mais de 2 bilhões de litros de água às comunidades atingidas. A Vale está implantando ainda sistemas de tratamento em toda a bacia para garantia de água de qualidade para os diversos usos, como consumo humano, irrigação e consumo animal.

​​

Produtores rurais de Pompéu recebem curral para pesagem de gado