Quais são os estilos musicais tocados nos países onde a Vale atua?

Sobre a Vale

24/11/2017

Quais são os estilos musicais tocados nos países onde a Vale atua?

Você sabia que em 22 de novembro é celebrado o Dia do Músico? Em comemoração à Semana da Música, por que não relembrar os diferentes gêneros musicais que existem mundo afora? A Vale está presente em 26 países dos cinco . Malauí, Omã, Zâmbia e Nova Caledônia são alguns dos territórios onde a mineradora tem operações. Mas quais serão os gêneros musicais típicos desses países? E que instrumentos musicais eles utilizam?

Conheça abaixo um pouco desses gêneros musicais internacionais:

Indonésia

 

Você já ouviu falar em gamelão? Parte essencial da cultura da Indonésia, um gamelão é um conjunto de música tradicional e também instrumento típico das ilhas de Java e Bali, na Indonésia. Nesse mar de música não faltam instrumentos: metalofones, xilofones, kendang (tambores), gongos, flautas de bambu e instrumentos de cordas. Sem contar com os músicos que, em alguns casos, chegam a mais de 30!

Associado às religiões como hinduísmo e budismo, o gamelão se divide em diversos tipos, sendo alguns considerados sagrados. O ritmo? É certamente diferente de tudo que você já ouviu! São sons diferentes, com melodias pausadas e harmônicas, que fazem a Indonésia estar na lista de gêneros musicais exóticos internacionais.

Aliás, na Indonésia existem mais de 1.800 mil ilhas e, curiosamente, cada uma delas tem sua própria cultura musical e artística! Haja diversidade musical, não é mesmo?

Ouça aqui a uma orquestra de gamelão

Fonte do vídeo: Ecos da Nossa Viagem


Índia

 

Da música clássica ao pop. Quando o assunto é variedade de gêneros musicais de outros países, a Índia não fica de fora. Afinal, música para eles é sagrado.

A música indiana se desenvolveu a partir de uma interação entre diferentes culturas que povoaram o país. O curioso da música indiana é seu sistema melódico, conhecido como RAGAS, uma base de criação musical com cinco, seis ou sete notas relacionadas com as estações do ano, horas do dia, emoções e castas.

A base da música indiana é o sangeet, que significa cantar com acompanhamento instrumental, reunindo música vocal, instrumental e dança. Não é à toa que a maioria das músicas na Índia são acompanhadas de coreografias marcadas por olhares e movimentos de todas as partes do corpo.

Os instrumentos musicais característicos são o sitar (que significa três cordas), o harmonium, a tabla e a flauta. Curiosamente, todos eles vieram de países europeus, mas só são utilizados atualmente na Índia.

Ouça aqui um pouco da música indiana

Fonte do vídeo: A melhor música instrumental

Você sabia?

A música indiana se tornou mais conhecida nos anos 1960, quando o mundo passou por uma revolução de costumes provocada em parte pela música pop. Foi nessa época que a música indiana foi descoberta pelos grupos de rock britânicos, principalmente Beatles e Rolling Stones! Foi assim que alguns sitaristas indianos se tornaram ustads ou pandits, títulos concedidos a ‘doutores’ da música.


Peru

 

Um pouco do som espanhol com uma pitada de raízes musicais africanas e andinas. Misture tudo e, como resultado, você vai ter uma música peruana! As influências andinas vêm no som emitido dos instrumentos de vento, como as flautas. As africanas podem ser ouvidas nos ritmos dos instrumentos de percussão. Já as europeias são sentidas na harmonia dos instrumentos de corda. O instrumento musical predominante na música peruana é o charango.

A música criolla, uma mistura de ritmos tradicionais europeus e africanos, é a predominante no país. Alguns exemplos desse gênero musical internacional são a polca e a marinera. Música, dança e canto são uma combinação essencial nos gêneros musicais do Peru. Isso porque esses três elementos estavam presentes em todas as atividades sociais e rituais dos Incas, que, aliás, utilizavam uma grande variedade de instrumentos musicais.

Ouça aqui um pouco da música peruana

Fonte do vídeo: Embajadores Criollos


Estados Unidos

 

Quando o assunto é música americana, o country tem que estar na pauta. Originado no sul do país na década de 1920, esse gênero musical internacional tem raízes na música do povo dos Apalaches e no blues.

O country nasceu a partir da música tradicional da classe trabalhadora americana, que misturava canções populares e melodias celtas e irlandesas do fiddle (termo usado para se referir a qualquer instrumento musical tocado com arco), baladas tradicionais inglesas, canções de cowboy e várias tradições musicais de imigrantes europeus. Um dos instrumentos utilizados é o banjo de cinco cordas.

Que tal ouvir aqui um pouco de música country?

Fonte do vídeo: Music Moments


Moçambique

 

Se tem um povo que sabe fazer música com cunho social são os moçambicanos. Exemplo disso é a marrabenta, gênero musical originário do sul do país, que mescla música, dança e letra com grande conteúdo social.

A música tradicional de Moçambique tem características bantu (grupo etnolinguístico localizado principalmente na África subsariana e que engloba cerca de 400 subgrupos étnicos diferentes) e influência árabe. Geralmente acompanha cerimônias sociais, principalmente na forma de dança.

O instrumento musical tradicional é a timbila chope, considerada Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco.

Ouça aqui um pouco da música de Moçambique

Fonte do vídeo: Inside Mozambique


Austrália

 

Agora chegou o momento de embarcarmos nas ondas da surf music, também conhecido como surf rock. Nele a música tem um tempo rápido e com guitarras dominando o som.

A partir desse gênero musical internacional surgiram dois formatos: o surf rock instrumental, com a guitarra elétrica e o saxofone como bases da melodia, e o surf pop vocal, com baladas e músicas dançantes.

Apesar de ser um gênero musical predominante na Austrália, a surf music nasceu no sul da Califórnia, na década de 1960.

Ainda não conhece esse gênero musical internacional? Escute aqui!

Fonte do vídeo: Men At Work VEVO


Suíça

 

Os gêneros musicais suíços são bem diversos. A música popular inclui a música da corneta alpina, o Ländler e o canto alpino, além das canções populares do Ticino, os corais da Suíça ocidental e os compositores de Berna.

O estilo musical Ländner é o componente da música popular instrumental suíça. As músicas Ländler são uma espécie de marchas, escocesas, mazurcas ou foxtrotes. Surgiu a partir da invenção do acordeão por volta de 1880. Desde então, a música suíça se tornou uma mistura de melodias alemãs, austríacas e italianas, incluindo temas de óperas e ainda danças da corte introduzidas com a ocupação napoleônica. Instrumentos como clarinete, violino, trompete, corneta e tuba ou contrabaixo eram utilizados nas bandas de música típicas da região.

Quer conhecer um pouco desse gênero musical suíço? Clique aqui!

Fonte do vídeo: SWI swissinfo.ch


Confira a programação do Parque Botânico Vale em Vitória para o Dia da Música

Conheça as operações da Vale em outros países

Leia Mais

​​​​
​​

Quais são os estilos musicais tocados nos países onde a Vale atua?