Quarto avião com insumos comprados pela Vale na China chega ao Brasil

Sobre a Vale

13/04/2020

Quarto avião com insumos comprados pela Vale na China chega ao Brasil

Mais um cargueiro aterrissou na madruga desta segunda (13/04), no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), com insumos comprados pela Vale na China para o combate à disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2), que provoca a Covid-19. Na carga, estavam 660 mil máscaras N95, a mais indicada para o uso em ambientes contaminados pelo vírus; 2,76 milhões de máscaras cirúrgicas descartáveis e quase 400 mil aventais, além de mais 1 milhão de kits de teste rápido.

Este é o quarto avião vindo da China com produtos trazidos pela empresa, que estão sendo doados ao governo brasileiro. Até agora, já chegaram pouco mais de 8,9 milhões dos 15,8 milhões de equipamentos de proteção individual (EPIs) que a Vale irá repassar ao Ministério da Saúde, além de metade dos 5 milhões de kits de teste rápido já anunciados pela empresa. A carga dos quatro aviões – dois de carreira e dois cargueiros – soma pouco mais de 136 toneladas, o equivalente ao peso médio de 136 carros populares. O material foi distribuído em 12.074 caixas.

No total, a Vale irá trazer da China mais de 600 toneladas de insumos para ajudar no combate ao novo coronavírus no Brasil até maio. Soma-se à carga mais 5 milhões de kits, comprados por bancos brasileiros com a ajuda logística da empresa na China, país com o qual mantém uma parceria de quase 50 anos. Há ainda insumos – entre EPIs e kits – que serão entregues a unidades de saúde de regiões onde a Vale atua. Para trazer tudo, serão necessárias 14 aeronaves (12 cargueiros e dois aviões de carreira).

 


Quarto avião com insumos comprados pela Vale na China chega ao Brasil