Sobre a Vale

13/09/2021

Saiba mais informações sobre os testes da Contenção Coqueirinho

A Vale inicia em setembro de 2021, os testes para implantação da Contenção Coqueirinho, que ficará em área operacional da empresa, próxima à Lagoa Coqueirinho e Barragem Pontal, em Itabira. Os testes foram acordados com a auditoria técnica do Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG).


 
 

Qual a função da Contenção Coqueirinho?

A contenção é uma solução de engenharia para aumentar a segurança no processo de descaracterização e, em caso hipotético de rompimento dos diques Minervino e Cordão Nova Vista, ambos localizados na barragem Pontal.

Imagem ilustrativa da estrutura da Contenção Coqueirinho, em sua formação final, em área operacional Vale.

Qual a finalidade dos testes?

Os testes vão permitir a avaliação dos dados de engenharia, vibração e ruído durante a atividade de implantação da contenção, para verificar se estão de acordo com o previsto para a reduzir os impactos da obra para as comunidades próximas.

Como será realizado o teste?

Serão cravados tubos metálicos no terreno, por meio de prensagem. Esse método gera mais segurança para os trabalhos, baixo nível de vibração e ruído. Ou seja, menos impactos para as comunidades mais próximas.

Duração dos testes: cerca de 10 semanas
Equipe envolvida: 115 profissionais
Tecnologia japonesa: utilizada em mais de 40 países, para intervenções próximas a edificações, em centros urbanos e estruturas sensíveis.
Monitoramento ambiental: ruído, vibração e ar.


Como será a montagem da contenção?

Primeiro ocorre a cravação dos tubos metálicos no terreno. Depois, são instaladas chapas metálicas para impedir que o rejeito passe entre os tubos em caso de emergência nos diques, formando uma barreira entre os diques e a comunidade.

Gestão ambiental

Como parte da gestão e monitoramento de impactos ambientais dos testes e obra, haverá o monitoramento de ruído e vibração e, ainda, três pontos de monitoramento de qualidade de ar nas comunidades.

Gestão e segurança de barragens

A Barragem do Pontal tem Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM), sistema de alerta sonoro em funcionamento. A estrutura é monitorada 24 horas por instrumentos de alta tecnologia e os dados são coletados e encaminhados para o Centro de Monitoramento Geotécnico (CMG) e Agência Nacional de Mineração (ANM).

Mas, afinal, o que é descaracterização?

É o processo que elimina as características ou função da barragem. A estrutura perde a capacidade de reter rejeitos e água, além de ser reincorporada ao relevo e ao meio ambiente.

Por que as estruturas devem ser descaracterizadas?

descaracterizadas por exigência legal. A Vale também assumiu esse compromisso, em 2019, após o rompimento da barragem B1, em Brumadinho.

Canais de informação:

Ponto de Informação Móvel nos bairros Bela Vista e Nova Vista

0800 0396010
www.vale.com/rconline

​​​

Saiba mais informações sobre os testes da Contenção Coqueirinho