SNOLAB recebe mais de C$ 40 milhões em financiamento do Canadá para pesquisa científica na mina de Creighton da Vale, em Sudbury

Sobre a Vale

14/09/2020

SNOLAB recebe mais de C$ 40 milhões em financiamento do Canadá para pesquisa científica na mina de Creighton da Vale, em Sudbury

Foto do laboratório subterrâneo

O SNOLAB recebeu C$ 40.890.089,00, e o benefício foi renovado até 2022/2023. O local tem potencial único e oferece vantagem competitiva para o Canadá por ser um dos poucos laboratórios subterrâneos do mundo a apoiar as gerações atuais e futuras de experimentos de física subatômica e astropartículas. Ele está localizado na mina de Creighton da Vale, em Sudbury, Ontário.

A quantia recebida é parte de um anúncio sobre o financiamento de C$ 230 milhões feito pelo Ministro de Inovação, Ciência e Indústria do Canadá, Navdeep Bains. Esse financiamento apoiará 14 instalações de iniciativas científicas por meio da Fundação Canadense para Inovação (CFI, Canada Foundation for Innovation). O fundo apoiará pesquisas internacionais inovadoras que ajudem a aumentar a produtividade científica e a competitividade econômica do Canadá, além de permitir que esses grupos realizem ações contra a crise da COVID-19.

Além de conquistas potenciais em física fundamental, a equipe do SNOLAB está desenvolvendo projetos para novos detectores de radiação e luz aplicados em imagenologia médica e segurança nacional. Também estão sendo conduzidas pesquisas sobre as mais recentes inovações em mineração e genômica para melhoria da saúde e aumento de produtividade.


Foto de Nigel Smith

De acordo com Nigel Smith, diretor executivo, “o SNOLAB está muito satisfeito com o apoio contínuo do governo federal por meio da CFI. Com os C$ 40,9 milhões – garantidos ao longo dos próximos três anos com co-financiamento da Província de Ontário e apoio da Vale – o SNOLAB poderá manter e ampliar essa instalação subterrânea profunda e líder mundial em pesquisa, além de investigar algumas das questões fundamentais da ciência contemporânea. Esses fundos nos permitirão continuar atraindo experimentos de nível mundial para Sudbury, proporcionando grandes oportunidades para pesquisadores e para a indústria no Canadá.”  


O SNOLAB é um laboratório de ciências especializado em física de neutrinos e matéria escura. É uma expansão das instalações originais construídas para o experimento de neutrinos solares do Observatório de Neutrinos de Sudbury (SNO, Sudbury Neutrino Observatory), vencedor do Prêmio Nobel. Ainda que a astrofísica de partículas seja o foco principal do SNOLAB, há um interesse crescente em outros campos científicos para explorar o espaço subterrâneo profundo e sua infraestrutura associada. 

A experiência e o conhecimento do laboratório em sistemas de controle e manuseio de gases usados em experimentos com matéria escura estão sendo aplicados para ajudar a desenvolver um ventilador pulmonar mecânico simples e fácil de montar, como parte do projeto internacional Mechanical Ventilator Milano*.

“Os recursos que o SNOLAB desenvolveu nos permitiram direcionar nossos pontos fortes em pesquisa para o desafio imediato da pandemia de COVID-19, em colaboração com outras instalações canadenses de pesquisa”, disse Smith.

O objetivo da colaboração do MVM é projetar, desenvolver, construir e homologar um ventilador pulmonar mecânico seguro, que seja potente e, ao mesmo tempo, suave para os pulmões. É um projeto simples, mas equipado com um sistema de controle sofisticado para oferecer os recursos necessários de ventilação mecânica. A simplicidade do projeto, garantida pelo sistema de controle do MVM, permite ampla disponibilidade de peças e rápida fabricação em vários países. 


Ventilador mecânico milano

A colaboração do projeto MVM funciona em uma estrutura de inovação aberta para permitir avanço rápido com desenvolvimento e teste do ventilador além de reduzir o tempo de fabricação e distribuição para hospitais e pacientes. A cooperação entre laboratórios de física nuclear e partículas no Canadá, na Itália e nos Estados Unidos estabelecerá um padrão internacional comum para o equipamento, aumentando os benefícios resultantes do compartilhamento de informações.


Saiba mais sobre o SNOLAB

Os principais estudos conduzidos no laboratório incluem um raro processo radioativo denominado duplo decaimento beta sem neutrinos, que pode comprovar a origem da matéria e do mundo. Algumas pesquisas estão concentradas em encontrar partículas de matéria escura do Big Bang, a grande explosão que pode ter dado início ao universo. Neutrinos são uma das partículas mais abundantes no universo. Devido à falta de carga elétrica e à massa extremamente pequena, os neutrinos são considerados um elemento-chave, pois podem se relacionar tanto com a matéria quanto com a matéria escura.

O SNOLAB também é a base para a instalação do PUPS – Polaris Underground Project no SNOLAB – um sistema de monitoramento sísmico tridimensional que fornece informações detalhadas sobre atividades sísmicas para a indústria de mineração. Essas informações geotécnicas servem de base para planejar escavações profundas de minas e são usadas pela equipe de operações da Vale na mina Creighton, em Sudbury, Ontário.

Sua localização a dois quilômetros abaixo da superfície permite aos cientistas realizar experimentos com o mínimo de interferência da radioatividade ambiental e extraterrestre possível.

Clique aqui e veja mais sobre o SNOLAB


SNOLAB recebe mais de C$ 40 milhões em financiamento do Canadá para pesquisa científica na mina de Creighton da Vale, em Sudbury