Sobre a Vale

11/09/2018

Uso da realidade virtual nos treinamentos de segurança ajuda a prevenir acidentes

Muitas empresas já estão usando a tecnologia da realidade virtual para treinar e desenvolver os seus profissionais. A possibilidade de visualizar os cenários permite absorver o conteúdo de forma mais rápida, além de aumentar a percepção de segurança nos processos diários. Na Vale não é diferente. Algumas áreas já estão utilizando a realidade virtual para treinar as suas equipes, como é o caso da Oficina Mecânica da Pelotização na Unidade Tubarão, no Espírito Santo.

A ideia surgiu quando pensamos que o treinamento deveria ser mais prático, mas isso seria uma dificuldade, pois, como simular condições inseguras sem expor as pessoas ao risco?

Gabriela Vidal, engenheira responsável pela implementação deste projeto na área

A ferramenta utilizada é um óculos 3D acoplado a um celular, onde o empregado pode simular os cenários dos riscos da sua atividade em 360 graus. Para a construção do vídeo é elaborado um roteiro e depois filmado o cenário com as simulações de riscos. Também foi desenvolvido um aplicativo com o mesmo conteúdo.

Aplicativo simula cenário de risco na oficina

Ao final do treinamento, há um jogo onde o empregado precisa detectar situações de risco dentro da cena, onde é possível avaliar a percepção deles em relação aos riscos do ambiente. Para treinar todos os empregados da Oficina está sendo construída uma sala de realidade virtual no local. A intenção é que todos participem até o fim do ano.

Segundo Gabriela, esta ferramenta pode ser replicada para qualquer área, basta adequar para cada realidade operacional, mapear e simular os riscos. “Acreditamos que este é um ótimo instrumento de capacitação, pois faz com que o empregado tenha uma experiência real e impactante”, afirmou.


Uso da realidade virtual nos treinamentos de segurança ajuda a prevenir acidentes