Vale estabelece rotina mensal de testes de sirenes para mais barragens em Minas Gerais

Sobre a Vale

30/11/2020

Vale estabelece rotina mensal de testes de sirenes para mais barragens em Minas Gerais

A Vale, com apoio das Defesas Civis estadual e municipais, realizará, a partir desta quarta-feira (28), o comissionamento dos sistemas de sirenes de barragens em Belo Vale, Ouro Preto, Itabirito, Congonhas e Nova Lima, em Minas Gerais, conforme programação abaixo. Ele consiste no acionamento das sirenes para teste técnico dos equipamentos - antes do toque, é emitida uma mensagem reforçando que se trata de um teste. Após esse primeiro acionamento do sistema, a Vale manterá uma rotina mensal de testes de sirenes, quando o som passará a ser de música instrumental.

A atividade é preventiva e faz parte da implementação do Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM). O objetivo é assegurar o adequado funcionamento do sistema sonoro, em cumprimento à legislação vigente. As autoridades competentes e a população vizinha às estruturas são informadas previamente sobre o comissionamento e os testes mensais. Não é necessária nenhuma ação por parte dos moradores da região ou por quem escutar o sinal sonoro.

As estruturas da empresa passam por inspeções rotineiras de campo e são monitoradas permanentemente por uma série de instrumentos e pelo Centro de Monitoramento Geotécnico (CMG).


Mina de Fábrica - Belo Vale

Nesta quarta-feira (28), por volta das 10h, será realizado o comissionamento do sistema de sirenes das barragens Marés I e II, da Mina de Fábrica, em Belo Vale. O som poderá ser ouvido nas áreas operacionais da Vale e das empresas Mineração Polaris, Mineração Green Metals e Companhia Siderúrgica Nacional, nas comunidades rurais próximas (Boa Morte, Gameleira, Sandi, Pintos, Chacrinha dos Pretos, Córrego dos Pintos e Cachoeira do Mascate), pontos comerciais (Restaurante Pé da Serra, Restaurante Varandão Espaço Gourmet, Pousada Princesa do Vale, Pousada Vargem do Cedro) e pelos motoristas em deslocamento pela rodovia MG-442, entre o Km 05 e o Km 18.

A partir de novembro, os testes ocorrerão todo dia 9, sempre por volta das 10h. As estruturas Marés I e II estão inativas e no nível 1 do PAEBM, que não requer a evacuação da população a jusante.

Mina de Fábrica - Ouro Preto e Itabirito

No dia 10 de novembro, por volta das 10h, ocorrerá o comissionamento do sistema de sirenes das barragens Forquilhas I, II, III, IV, V, Grupo e Prata, da Mina de Fábrica, em Ouro Preto. O som poderá ser ouvido nas áreas operacionais da Vale e da MRS e nas comunidades rurais de Ouro Preto e Itabirito (Bação, Ribeirão do Eixo e Engenheiro Correia).

Após esse primeiro acionamento, os testes serão feitos no dia 10 de cada mês, por volta das 10h. As barragens Forquilha V e Prata têm Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) positiva e são as únicas em operação. Forquilha IV está em nível 1 do PAEBM, Forquilhas I, II e Grupo encontram-se em nível 2 e Forquilha III em nível 3 de emergência. Os moradores da Zona de Autossalvamento (ZAS) das estruturas já foram realocados.

Mina do Pico - Itabirito e Nova Lima

O comissionamento do sistema de sirenes das barragens Maravilhas I e II e Cianita I, II e III, da Mina do Pico, em Itabirito, será realizado no dia 24 de novembro, por volta das 10h. O som poderá ser ouvido nas áreas operacionais da Vale e das empresas AngloGold Ashanti e CSN/Namisa, nas comunidades rurais de Itabirito e Nova Lima (região de Água Limpa e condomínios Vila de Lacs, Estância Alpina, Vale dos Pinhas, Estância Estoril, Solar da Lagoa, Alphaville Lagoa dos Ingleses, Vila das Codornas, Cachoeira de Codornas, Fazenda Recanto, Fazenda Mate Couro, Fazenda Santa Clara, Rancho Loyola, Fazenda Retiro das Flores e Rancho do Sossego), no Posto Tabari, pela Polícia Rodoviária Militar e pelos motoristas em deslocamento pela rodovia BR-356, entre o Km 35 e o Km 42.

A partir de dezembro, os testes ocorrerão todo dia 18, sempre por volta das 10h. As barragens Maravilhas I e Cianita I, II e III têm Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) positiva. Maravilhas II está inativa e encontra-se no nível 1 do PAEBM, que não requer a evacuação da população a jusante.

Mina de Fábrica - Congonhas

No dia 9 de dezembro, por volta das 10h, ocorrerá o comissionamento do sistema de sirenes das barragens Barnabé, Barnabé I, Alto Jacutinga e Baixo João Pereira, da Mina de Fábrica, em Congonhas. O som poderá ser ouvido nas áreas operacionais da Vale, CSN e da MRS, no centro da cidade e nos bairros Praia, Campinho, Novo Plataforma, Rosa Eulália, Nova Cidade, Consolação, Primavera, Casa de Pedra, Grand Park, Eldorado, Vila Ventura, Residencial Gualter Monteiro, Dom Oscar, Matriz, Rosário, Novo Rosário, Vila Andreza, Tijucal, Cinquentenário, Fonte dos Moinhos, Vila Rica, Cristo Rei, Ideal, Dom Silvério, Basílica, São José, Lamartine, Vila São Vicente e Boa Vista.

Após o primeiro acionamento, os testes serão feitos no dia 9 de cada mês, por volta das 10h. Todas as estruturas possuem Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) positiva.

Minas de Mutuca, Mar Azul e Tamanduá - Nova Lima

No dia 15 de dezembro, por volta das 10h, será realizado o comissionamento do sistema de sirenes das barragens 5, da Mina da Mutuca; B6, B7, B3/B4 e Taquaras, da Mina Mar Azul; e Capão da Serra, da Mina do Tamanduá, todas em Nova Lima. O som poderá ser ouvido nas áreas operacionais da Vale e nas proximidades das estruturas, como: Condomínio Jardim Monte Verde, Instituto Bacia Verde, Parque Jardim Amanda, Pasárgada, Parque do Engenho, São Sebastião das Águas Claras, Ecoville, Bairro Capela Velha, Bosque da Ribeira, Jardim Petrópolis, Estância Serrana, Ribeirão dos Macacos, Jambreiro, Posto Mutuca e Contracargem. Motoristas em deslocamento pela rodovia BR-040, entre o Km 549 e o Km 550 também podem escutar o sinal sonoro.

A partir de janeiro de 2021, os testes ocorrerão todo dia 8, sempre por volta das 10h. As estruturas B6, B7 e Capão da Serra possuem Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) positiva. A barragem 5 e Taquaras encontram-se no nível 1 do PAEBM e a B3/B4 está inativa e em nível 3 de emergência, com moradores da ZAS já realocados.


Vale estabelece rotina mensal de testes de sirenes para mais barragens em Minas Gerais