Sobre a Vale

22/09/2017

Você sabe o que é pelotização?

Fotos: arquivo Vale

Pelotização... palavra difícil, não é mesmo? Mas seu significado é bem simples. E sua função muito importante. Afinal, é graças a ela que existem pontes, carros, aviões, bicicletas, eletrodomésticos e grande parte dos produtos que utilizamos em nosso dia a dia. Eles são todos feitos de aço produzido nas siderúrgicas. Para a sua obtenção, uma importante matéria-prima utilizada é a pelota, cuja transformação, a partir de frações ultrafinas de minério de ferro, se dá nas usinas de pelotização.

 

Mas afinal, o que é pelotização?

Pelotas são pequenas bolinhas de minério de ferro usadas na fabricação do aço. Elas são feitas com uma tecnologia de processamento térmico que utiliza os finos gerados durante a extração do minério, que antes eram reservados por não terem aplicação direta na siderurgia. A essa tecnologia de produção se dá o nome de pelotização.

O processo surgiu em meados do século XX, sendo desenvolvido na Suécia e Alemanha. Como já dito, as pelotas são usadas na fabricação do aço, o que funciona por meio da circulação do ar: as pelotas proporcionam espaço dentro da carga do alto forno em função de sua esfericidade com resistência suficiente através do processamento térmico em fornos de pelotização, para não serem esmagadas e obstruir o alto-forno.

 

A pelota na Vale


Em 1969, a Vale inaugurou a sua primeira usina de pelotização, na unidade de Tubarão (ES). Logo a pelota ganhou destaque como um dos principais produtos da Vale, por seu valor agregado e pelo seu maior aproveitamento do material que antes era descartado.


Na empresa, o sistema de produção destas pequenas esferas começa com a extração de minério de ferro em Minas Gerais. O fino do minério de ferro, denominado pellet-feed, chega aos pátios das unidades produtoras, vindo das minas. Nos pátios são formadas pilhas que, posteriormente, são recuperadas e transportadas em correias para o processo da moagem.

Paralelamente, os pátios recebem insumos, como o calcário, que será adicionado ao minério. Na moagem, o minério é moído com água, formando uma polpa classificada por hidrociclones (equipamento para separação de sólido e líquido) e enviada para o espessador, onde é sedimentada e, em seguida, encaminhada para tanques homogeneizadores.

 

Entenda o processo completo de pelotização:


Quer saber mais sobre a mineração na Vale? Clique aqui.

Descubra como a minério de ferro é transformado em material utilizável

 
 

Leia mais


Você sabe o que é pelotização?