Vale nas Comunidades - Minas Gerais

Sobre a Vale

Vale nas Comunidades - Minas Gerais

Vale nas Comunidades

MINAS GERAIS

Minas Gerais é o berço da Vale. Foi na cidade mineira de Itabira que nossa empresa nasceu, em 1942, como Companhia Vale do Rio Doce. Depois de mais de sete décadas de operação, o estado continua respondendo por mais de metade da nossa produção de minério de ferro. Em Minas, temos mais de 20 minas em operação, a Estrada de Ferro que liga Minas a Vitória ao longo de 905km e mais de 60 mil hectares de áreas preservadas no quadrilátero ferrífero. Tanta coisa, não é? Mas a atuação da Vale vai muito além disso em Minas Gerais.

Balanço Vale +

Confira o relatório da nossa atuação social, ambiental e econômica em Minas Gerais no 3º trimestre de 2018. Clique ao lado para assistir ao vídeo.

Veja o relatório completo.

Saiba Mais

Pautada por uma visão ampla de sustentabilidade, a Vale busca deixar um legado social e ambiental nas cidades onde está presente. Conheça aqui nossas iniciativas nas áreas sociocultural, de tecnologia e meio ambiente que contribuem para a preservação do patrimônio histórico, a disseminação da cultura e o lazer dos mineiros e visitantes!


Nossos ativos e serviços

Navegue pelas abas e conheça cada um de nossos Ativos e Serviços:

Sociocultural
Meio Ambiente
Inovação

Projetos Sociais

A Vale busca contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde está inserida por meio da implementação de tecnologias sociais aderentes às realidades locais. Em Minas, trabalhamos com diversos projetos sociais na área de saúde, geração de renda, educação, empreendedorismo social e equidade de gênero.

Sítios Arqueológicos

Acreditamos no poder de histórias, tradições e cultura. Por isso, preservamos importantes sítios arqueológicos como as ruínas de Casas Velhas, Fábrica Patriótica e o Forte do Brumadinho, que abrigam o começo de nossa história na mineração. Que conhecer os locais onde estão preservados objetos e marcas desse tempo? Faça um tour virtual pelos sítios!

Faça um tour virtual
pelos sítios!

Memorial Vale Minas Gerais

Gerido pela Fundação Vale, o Memorial Minas Gerais Vale é um museu de experiência: traz a alma e as tradições mineiras contadas de forma original e interativa. Cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam os visitantes do século XVIII ao século XXI. No prédio que abriga o Memorial, que é de 1897, foi lançada a pedra fundamental de Belo Horizonte.

Veja a programação
e faça um tour!

Trem de Passageiros EFVM

O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) é o único do país que realiza viagens diárias de longo trajeto. O percurso completo entre Cariacica, na região metropolitana do Espírito Santo, e Belo Horizonte, em Minas Gerais, dura aproximadamente 13 horas e passar por 27 municípios nos dois estados. Saiba mais sobre a frota, a rota completa e veja como comprar passagens.

Conheça o Trem
de Passageiros!

Trem da Vale – Ouro Preto e Mariana

A Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) oferece uma rota turística entre as cidades de Ouro Preto e Mariana. A viagem é a bordo de um trem que é fruto da revitalização de uma antiga ferrovia construída em 1883, uma verdadeira aula de história e volta no tempo para os viajantes. Em 2017, o trem turístico registrou 82.820 passageiros.

Veja a programação
do Trem Turístico!

Vale Notícias - Rádio

As comunidades onde a Vale está presente em Minas Gerais contam com um programa de rádio exclusivo sobre a região. O programa veicula uma série de notícias sobre a atuação da nossa empresa no intervalo do Jornal da Itatiaia. O programa vai ao ar quinzenalmente e também fica disponível aqui no nosso site. Ouça o Notícias do Rádio!

Ouça os programas!

Vale Notícias – On-line

A Vale também envia mensamente informações sobre sua atuação em Minas Gerais, por e-mail. A newsletter é direcionada a formadores de opinião e publicada sempre na última semana do mês. Também produzimos edições extras sob demanda.

Programa de Visitas

Nosso Programa de Visitas é um convite à comunidade para conhecer de perto as instalações da empresa, as ações de controle ambiental e de responsabilidade social desenvolvidas em cada região. Mais de 5 mil pessoas visitaram as unidades operacionais da Vale em Minas Gerais e mais de 12 mil pessoas estiveram no Centro de Educação Ambiental da Mata do Jambreiro.

Veja como visitar

Patrocínio

A Vale acredita no potencial transformador da cultura e do conhecimento, por isso patrocina diversos projetos na área cultural e técnico-institucional. O valor investido em sete projetos via Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet) e em 13 projetos via recurso direto totalizou R$8.199.571,30 em 2017. Saiba mais sobre os patrocínios da Vale.

Clique para saber
mais

Praça da Liberdade

Em Belo Horizonte, a Vale adota um dos principais pontos turísticos da cidade: a Praça da Liberdade. Em 1991, foram investidos 1,6 milhão de dólares na revitalização do espaço. Desde então, a Vale mantém o convênio com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Voluntários Vale

No programa Voluntários Vale encontramos valores que orientam a atuação da Vale, como a paixão pelas pessoas e pelo planeta, a vida como prioridade, o crescimento em grupo e a disposição para fazer acontecer. O programa conta com a participação de mais de sete mil pessoas, entre empregados e familiares, fornecedores, comunidades e parceiros.

Informe-se sobre a
iniciativa
Veja outras iniciativas socioculturais da Vale em Minas Gerais

Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN

A Vale tem 19 RPPNs em Minas Gerais. A área total é de 9.505,58 hectares, o que equivale a cerca de 10 mil campos iguais ao Mineirão. Além de preservar belezas cênicas e ambientes históricos, elas protegem recursos hídricos, servem para manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisas científicas e manutenção de equilíbrios climáticos ecológicos.

Saiba mais sobre
a RPPN

Centro de Proteção e Educação Ambiental Mata do Jambreiro

A Vale mantém um Centro de Proteção e Educação Ambiental (CPEA) na RPPN Mata do Jambreiro. É a maior e mais importante área verde protegida da Região Metropolitana de Belo Horizonte e recebeu a visita de 12.802 em 2017. Conta com representantes de 198 instituições de 16 municípios.

Ecopraça Ciclo das Águas

A Vale implantou em sua unidade da Mina de Águas Claras (MAC) um método de tratamento de esgoto por sistema de wetlands, que usa materiais básicos, como brita e areia, além de plantas para tratamento de efluente. Além dos benefícios para o meio ambiente, o sistema também é mais econômico e oferece oportunidade para estimular a consciência ambiental.

Veja detalhes
da Ecopraça

Biofábrica

A Biofábrica é um laboratório de produção de mudas sob condições ideais de nutrição, temperatura e luminosidade, que, dessa forma, garante volume e qualidade de reprodução das plantas. Com um laboratório no Centro de Tecnologia de Ferrosos, a Vale utiliza técnicas de biotecnologia para produção em larga escala de mudas de algumas espécies raras e ameaçadas de extinção.

Reabilitação de Áreas Degradadas

A recuperação de áreas degradadas tem como objetivo o retorno da área em condições naturais favoráveis, garantindo a manutenção da fauna e da flora, além de evitar processos erosivos e carreamento de sólidos para os cursos d’água. A Vale recupera tanto áreas de caráter provisório, como as de caráter permanente garantindo a conservação da flora e fauna.

Fechamento de Mina

O fechamento de mina é parte integrante do ciclo de vida de uma mineração e deve ser considerado desde a fase de abertura da estrutura. Com o Plano de Fechamento de Mina conseguimos mitigar os impactos sociais negativos decorrentes do fechamento da mina através da promoção de novas fontes de emprego, renda e arrecadação.

Instituto Tecnológico Vale – Mineração

O ITV - Mineração fica em Ouro Preto e trabalha com foco em pesquisa, ensino e empreendedorismo. Em 2017 foi inaugurado o Parque Laboratorial do ITV na Universidade Federal de Ouro Preto, que será a base para o desenvolvimento de novas tecnologias que vão apoiar a mineração do futuro.

Conheça o Instituto
Tecnológico

Centro de Desenvolvimento Mineral

Com mais de 50 anos de atuação, o CDM, localizado em Santa Luzia, é considerado o berço da estrutura de gestão tecnológica da Vale. Sua atuação é baseada em conceitos de inovação tecnológica e pesquisa aplicada, desenvolvendo estudos na área de minerais ferrosos, ouro, bauxita, caulim, carvão, cobre, níquel, fertilizantes, assim como titânio e terras raras.

Saiba mais sobre
o CDM.

Centro de Tecnologia de Ferrosos

O CTF fica em Nova Lima e tem papel fundamental no desenvolvimento científico e tecnológico da Vale. Apresenta soluções em minério de ferro e carvão para o mercado e dispõe de avançados recursos para simulações. Também desenvolve um contínuo e arrojado programa de atualização tecnológica, com forte investimento no desenvolvimento de seus profissionais

Saiba mais sobre o
Centro de Tecnologia

Centro de Controle Ambiental

Localizado em Nova Lima, o CCA é um laboratório acreditado junto à Rede Metrológica do Estado para realizar a gestão e o monitoramento de parâmetros da qualidade do ar, água, ruído e sismografia da região que contempla os municípios de Nova Lima, Brumadinho, Rio Acima, Itabirito, Congonhas, Belo Vale, Itabira e Mariana, onde estão algumas de nossas unidades.

Nossos ativos e serviços

Navegue pelas abas e conheça cada um de nossos Ativos e Serviços:

Sociocultural

Projetos Sociais

A Vale busca contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde está inserida por meio da implementação de tecnologias sociais aderentes às realidades locais. Em Minas, trabalhamos com diversos projetos sociais na área de saúde, geração de renda, educação, empreendedorismo social e equidade de gênero.

Sítios Arqueológicos

Acreditamos no poder de histórias, tradições e cultura. Por isso, preservamos importantes sítios arqueológicos como as ruínas de Casas Velhas, Fábrica Patriótica e o Forte do Brumadinho, que abrigam o começo de nossa história na mineração. Que conhecer os locais onde estão preservados objetos e marcas desse tempo? Faça um tour virtual pelos sítios!

Faça um tour virtual
pelos sítios!

Memorial Vale Minas Gerais

Gerido pela Fundação Vale, o Memorial Minas Gerais Vale é um museu de experiência: traz a alma e as tradições mineiras contadas de forma original e interativa. Cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam os visitantes do século XVIII ao século XXI. No prédio que abriga o Memorial, que é de 1897, foi lançada a pedra fundamental de Belo Horizonte.

Veja a programação
e faça um tour!

Trem de Passageiros EFVM

O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) é o único do país que realiza viagens diárias de longo trajeto. O percurso completo entre Cariacica, na região metropolitana do Espírito Santo, e Belo Horizonte, em Minas Gerais, dura aproximadamente 13 horas e passar por 27 municípios nos dois estados. Saiba mais sobre a frota, a rota completa e veja como comprar passagens.

Conheça o Trem
de Passageiros!

Trem da Vale – Ouro Preto e Mariana

A Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) oferece uma rota turística entre as cidades de Ouro Preto e Mariana. A viagem é a bordo de um trem que é fruto da revitalização de uma antiga ferrovia construída em 1883, uma verdadeira aula de história e volta no tempo para os viajantes. Em 2017, o trem turístico registrou 82.820 passageiros.

Veja a programação
do Trem Turístico!

Vale Notícias - Rádio

As comunidades onde a Vale está presente em Minas Gerais contam com um programa de rádio exclusivo sobre a região. O programa veicula uma série de notícias sobre a atuação da nossa empresa no intervalo do Jornal da Itatiaia. O programa vai ao ar quinzenalmente e também fica disponível aqui no nosso site. Ouça o Notícias do Rádio!

Ouça o Notícias
do Rádio!

Vale Notícias – On-line

A Vale também envia mensamente informações sobre sua atuação em Minas Gerais, por e-mail. A newsletter é direcionada a formadores de opinião e publicada sempre na última semana do mês. Também produzimos edições extras sob demanda.

Programa de Visitas

Nosso Programa de Visitas é um convite à comunidade para conhecer de perto as instalações da empresa, as ações de controle ambiental e de responsabilidade social desenvolvidas em cada região. Mais de 5 mil pessoas visitaram as unidades operacionais da Vale em Minas Gerais e mais de 12 mil pessoas estiveram no Centro de Educação Ambiental da Mata do Jambreiro.

Veja como visitar

Patrocínio

A Vale acredita no potencial transformador da cultura e do conhecimento, por isso patrocina diversos projetos na área cultural e técnico-institucional. O valor investido em sete projetos via Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet) e em 13 projetos via recurso direto totalizou R$8.199.571,30 em 2017. Saiba mais sobre os patrocínios da Vale.

Clique para saber
mais

Praça da Liberdade

Em Belo Horizonte, a Vale adota um dos principais pontos turísticos da cidade: a Praça da Liberdade. Em 1991, foram investidos 1,6 milhão de dólares na revitalização do espaço. Desde então, a Vale mantém o convênio com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Voluntários Vale

No programa Voluntários Vale encontramos valores que orientam a atuação da Vale, como a paixão pelas pessoas e pelo planeta, a vida como prioridade, o crescimento em grupo e a disposição para fazer acontecer. O programa conta com a participação de mais de sete mil pessoas, entre empregados e familiares, fornecedores, comunidades e parceiros.

Meio Ambiente

Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN

A Vale tem 19 RPPNs em Minas Gerais. A área total é de 9.505,58 hectares, o que equivale a cerca de 10 mil campos iguais ao Mineirão. Além de preservar belezas cênicas e ambientes históricos, elas protegem recursos hídricos, servem para manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisas científicas e manutenção de equilíbrios climáticos ecológicos.

Centro de Proteção e Educação Ambiental Mata do Jambreiro

A Vale mantém um Centro de Proteção e Educação Ambiental (CPEA) na RPPN Mata do Jambreiro. É a maior e mais importante área verde protegida da Região Metropolitana de Belo Horizonte e recebeu a visita de 12.802 em 2017. Conta com representantes de 198 instituições de 16 municípios.

Ecopraça Ciclo das Águas

A Vale implantou em sua unidade da Mina de Águas Claras (MAC) um método de tratamento de esgoto por sistema de wetlands, que usa materiais básicos, como brita e areia, além de plantas para tratamento de efluente. Além dos benefícios para o meio ambiente, o sistema também é mais econômico e oferece oportunidade para estimular a consciência ambiental.

Veja detalhes
da Ecopraça

Biofábrica

A Biofábrica é um laboratório de produção de mudas sob condições ideais de nutrição, temperatura e luminosidade, que, dessa forma, garante volume e qualidade de reprodução das plantas. Com um laboratório instalado no Centro de Tecnologia de Ferrosos (CTF) em Nova Lima (MG), a Vale utiliza técnicas de biotecnologia para produção em larga escala de mudas de algumas espécies raras e ameaçadas de extinção, em especial do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais.

Gestão de Barragens

As barragens de disposição de rejeitos e contenção de sedimentos são necessárias na mineração para depósito de resíduos sólidos e armazenamento de água. A Vale cuida para que todas as suas barragens sejam projetadas e geridas com técnicas de engenharia avançadas, seguindo rigorosos controles para garantir as condições de segurança.

Reabilitação de Áreas Degradadas

A recuperação de áreas degradadas tem como objetivo o retorno da área em condições naturais favoráveis, garantindo a manutenção da fauna e da flora, além de evitar processos erosivos e carreamento de sólidos para os cursos d’água. A Vale recupera tanto áreas de caráter provisório, como as de caráter permanente garantindo a conservação da flora e fauna.

Fechamento de Mina

O fechamento de mina é parte integrante do ciclo de vida de uma mineração e deve ser considerado desde a fase de abertura da estrutura. Com o Plano de Fechamento de Mina conseguimos mitigar os impactos sociais negativos decorrentes do fechamento da mina através da promoção de novas fontes de emprego, renda e arrecadação.

Inovação

Instituto Tecnológico Vale - Mineração

O ITV - Mineração fica em Ouro Preto e trabalha com foco em pesquisa, ensino e empreendedorismo. Em 2017 foi inaugurado o Parque Laboratorial do ITV na Universidade Federal de Ouro Preto, que será a base para o desenvolvimento de novas tecnologias que vão apoiar a mineração do futuro.

Conheça o Instituto
Tecnológico

Centro de Desenvolvimento Mineral

Com mais de 50 anos de atuação, o CDM, localizado em Santa Luzia, é considerado o berço da estrutura de gestão tecnológica da Vale. Sua atuação é baseada em conceitos de inovação tecnológica e pesquisa aplicada, desenvolvendo estudos na área de minerais ferrosos, ouro, bauxita, caulim, carvão, cobre, níquel, fertilizantes, assim como titânio e terras raras.

Saiba mais sobre
o CDM

Centro de Tecnologia de Ferrosos

O CTF fica em Nova Lima e tem papel fundamental no desenvolvimento científico e tecnológico da Vale. Apresenta soluções em minério de ferro e carvão para o mercado e dispõe de avançados recursos para simulações. Também desenvolve um contínuo e arrojado programa de atualização tecnológica, com forte investimento no desenvolvimento de seus profissionais

Saiba mais sobre o
Centro de Tecnologia

Centro de Controle Ambiental

Localizado em Nova Lima, o CCA é um laboratório acreditado junto à Rede Metrológica do Estado para realizar a gestão e o monitoramento de parâmetros da qualidade do ar, água, ruído e sismografia da região que contempla os municípios de Nova Lima, Brumadinho, Rio Acima, Itabirito, Congonhas, Belo Vale, Itabira e Mariana, onde estão algumas de nossas unidades.

 

A Vale em Minas Gerais em números

Produção de

194 milhões

de toneladas de minério de ferro

10 milhões

de toneladas de pelotas produzidas

US$ 137,2 milhões

em investimentos socioambientais

1 milhão

de passageiros no Trem da EFVM




Confira os últimos relatórios sobre nossa atuação em Minas Gerais

História

Na virada do século XIX para o XX, o Pico do Cauê, em Itabira, foi mapeado como a maior jazida de ferro do mundo.
As reservas foram encampadas pelo governo brasileiro, criando em 1942 a então Companhia Vale do Rio Doce.
Hoje, mais de 20 minas estão em atividade. Juntas são responsáveis por mais da metade do minério de ferro da Vale.

Notícias



​​​