Complexo S11D Eliezer Batista

Negócios

Complexo S11D Eliezer Batista

66,7% de teor de ferro
é a pureza do minério de ferro produzido no S11D

Mais de US$ 6,4 bilhões
foram investidos na construção da mina e da usina

Entenda como é a operação no Complexo S11D

Conheça parte da tecnologia que suporta esta operação:

Sistema Truckless

Sistema Truckless

No lugar dos 100 caminhões fora-de-estrada que seriam necessários para esta tarefa, uma estrutura composta de escavadeiras e britadores móveis extrai o minério de ferro e alimenta cerca de 30 quilômetros de correias transportadoras, que levam o produto até a usina de processamento. A substituição, além de diminuir a quantidade de resíduos, como pneus, filtros e lubrificantes, permite a redução de 70% do consumo de combustível.

Beneficiamento a umidade natural

Beneficiamento a umidade natural

O sistema diminui o consumo de água em 93%, o equivalente ao abastecimento de uma cidade de 400 mil habitantes. Com a adoção da tecnologia, há, ainda, redução no consumo de energia elétrica. Outra vantagem é a eliminação de barragens de rejeito, já que o ultrafino de minério com alto teor de ferro, que iria para a barragem, não será descartado, permitindo que, em 30 anos de vida útil da mina, 300 milhões de toneladas sejam incorporados à produção.

Sistema avançado de automação e controle

Sistema avançado de automação e controle

Entre as modernas práticas de automação e controle adotadas no S11D, pode-se destacar a gestão mais eficiente dos recursos energéticos, com o uso de dispositivos inteligentes que adequam o suprimento de matéria-prima de acordo com as demandas do processo. A rede de automação controla todas as variáveis envolvidas, desativando equipamentos e pontos de consumo não necessários em situações de pouca demanda ou carga.

Drone

Drone

O S11D utiliza drone de última geração para realizar os trabalhos de levantamentos aerofotogramétricos das áreas de mina, usina e pilhas de minério em geral. Essas imagens apoiam o planejamento de mina de curto prazo, agregando segurança, agilidade e precisão às atividades de topografia.

Simuladores

Simuladores

O treinamento dos operadores de carregamentos de vagões com o minério de ferro está sendo feito com o auxílio de um simulador. O equipamento, instalado no Centro de Treinamento do S11D, é uma importante ferramenta para o desenvolvimento dos profissionais.

Sistema Truckless

Sistema Truckless

No lugar dos 100 caminhões fora-de-estrada que seriam necessários para esta tarefa, uma estrutura composta de escavadeiras e britadores móveis extrai o minério de ferro e alimenta cerca de 30 quilômetros de correias transportadoras, que levam o produto até a usina de processamento. A substituição, além de diminuir a quantidade de resíduos, como pneus, filtros e lubrificantes, permite a redução de 70% do consumo de combustível.

Beneficiamento a umidade natural

Beneficiamento a umidade natural

O sistema diminui o consumo de água em 93%, o equivalente ao abastecimento de uma cidade de 400 mil habitantes. Com a adoção da tecnologia, há, ainda, redução no consumo de energia elétrica. Outra vantagem é a eliminação de barragens de rejeito, já que o ultrafino de minério com alto teor de ferro, que iria para a barragem, não será descartado, permitindo que, em 30 anos de vida útil da mina, 300 milhões de toneladas sejam incorporados à produção.

Beneficiamento a umidade natural
Sistema avançado de automação e controle

Sistema avançado de automação e controle

Entre as modernas práticas de automação e controle adotadas no S11D, pode-se destacar a gestão mais eficiente dos recursos energéticos, com o uso de dispositivos inteligentes que adequam o suprimento de matéria-prima de acordo com as demandas do processo. A rede de automação controla todas as variáveis envolvidas, desativando equipamentos e pontos de consumo não necessários em situações de pouca demanda ou carga.

Drone

Drone

O S11D utiliza drone de última geração para realizar os trabalhos de levantamentos aerofotogramétricos das áreas de mina, usina e pilhas de minério em geral. Essas imagens apoiam o planejamento de mina de curto prazo, agregando segurança, agilidade e precisão às atividades de topografia.

Drone
Simuladores

Simuladores

O treinamento dos operadores de carregamentos de vagões com o minério de ferro está sendo feito com o auxílio de um simulador. O equipamento, instalado no Centro de Treinamento do S11D, é uma importante ferramenta para o desenvolvimento dos profissionais.

Investimentos Sociais

Diversos investimentos sociais foram realizados em Canaã face a implantação do S11D. Dentre eles, um conjunto de mais de 40 obras em parceria público-privada com a prefeitura, como a construção e a reforma de oito escolas municipais, que passaram a contar com infraestrutura de qualidade, salas climatizadas, quadras esportivas cobertas e prédios adaptados a pessoas com deficiência. O hospital público da cidade também foi reformado e ampliado, o que permitiu quase dobrar a capacidade de atendimento. A unidade recebeu ainda uma área cirúrgica, uma maternidade e uma sala de cuidados com recém-nascidos. A empresa cedeu também o canteiro de obras.

S11D em números

Capacidade de produção de 90 Mtpa de minério de ferro ao ano
Redução de 93% do consumo de água
Redução de 50% das emissões de gases de efeito estufa

Clique aqui e saiba mais

Redução de 70% do consumo de diesel
Economia de 18 mil MWh/ano de eletricidade por ano

Saiba mais sobre sua construção

38km de correias transportadoras  construídas fora da Floresta

A usina, os pátios de estocagem e regularização de minério, as pilhas de estéril e canga (minério de ferro com maior teor de contaminantes) e a área de manobra e carregamento de trens está localizada em um terreno de pastagem, fora da Floresta Nacional de Carajás (Flona). O plano Diretor do Projeto previa a ocupação de 2,6 mil hectares na Flona, mas com a solução, foi possível reduzir em mais de 40% a supressão de vegetação nativa.

Construção em módulos

Uma das grandes inovações do S11D, foi o método construtivo com a utilização do conceito de modularização, similar ao usado na indústria de petróleo na construção de plataformas marítimas. Os oitos prédios operacionais da usina foram fatiados em 109 módulos. Os módulos, com peso entre 80 e 1,3 mil toneladas, foram construídos em um canteiro, um parque de montagem dos módulos distante a pouco mais de 40 quilômetros do local da usina. As estruturas, incluindo outros equipamentos da planta, foram encaixadas, soldadas e aparafusadas, como se fossem grandes peças de lego. Uma estrada, a VS 40, foi especialmente projetada, preparada e asfaltada para suportar o peso e as dimensões dos módulos, beneficiando também a comunidade local no escoamento da produção agrícola. A movimentação dos 109 módulos se encerrou em agosto de 2015 e a sua montagem, na usina, em outubro do mesmo ano. A tecnologia permitiu que o projeto ganhasse dois anos de seu prazo de implantação. 

O projeto reuniu fornecedores de 12 países distribuídos em 4 continentes
64 navios com equipamentos e estruturas mobilizados para o projeto
109 módulos construídos como peças de lego para montagem da usina
16,6 mil toneladas de ferragens foram usadas na fase de implantação, aço suficiente para construir 2,5 Torres Eiffel;
244 mil m³ de concreto foram usados no projeto, o suficiente para construir quatro estádios do Maracanã ou 70 prédios de 24 andares
203,5 mil toneladas é o peso total aproximado das estruturas metálicas e equipamentos do projeto;
14 mil carretas com equipamentos vindos de diferentes estados
65 mil toneladas de estruturas

O nome S11D

O empreendimento recebeu este nome a partir da sua localização: trata-se do bloco D do corpo S11, que fica na Serra Sul da grande região de Carajás. Ao norte, está a Mina de Carajás, em operação desde 1985, situada em Parauapebas, município vizinho a Canaã. Para fins geológicos, o S11D é apenas um bloco do corpo que foi dividido em quatro partes: A, B, C e D. O potencial mineral do corpo S11 é de 10 bilhões de toneladas de minério de ferro, sendo que os blocos C e D possuem reservas de 4,24 bilhões de toneladas.

Galeria Multimídia

Confira vídeos e imagens do S11D e entenda mais sobre como ele funciona.

Correias transportadoras

Usina com três linhas de produção

Como o S11D aumenta a competitividade da Vale

Quer conhecer mais sobre a mineração na Vale?

Clique Aqui