Educação ambiental ajuda a mudar o mundo

Iniciativas

Educação ambiental ajuda a mudar o mundo


A pequena Manoela, de seis anos, está ajudando a mudar o mundo para melhor. Ela foi eleita pelos colegas Guardiã Ambiental da Escola Antônia Borges Ribeiro, em Ourilândia do Norte, sudeste do Pará. “Agora, cuido muito bem da minha escola. Não deixo torneira pingando, deixo a sala de aula limpa. A minha escola é muito importante para mim”, diz a menina, animada com o papel de guardiã.

Manoela faz parte do Programa Atitude Ambiental de Onça Puma. Nele, estudantes, professores e funcionários de escolas de quatro municípios da região estão aprendendo sobre sustentabilidade. Além de cuidar da escola, ela também leva para casa e comunidade onde vive os ensinamentos que recebeu, alertando familiares e amigos sobre as pequenas atitudes e comportamentos que ajudam a preservar o planeta.

SOBRE O ATITUDE AMBIENTAL

O Atitude Ambiental é um programa de 3 anos de duração e foi implantado na Escola Antônia Borges Ribeiro no ano passado. No primeiro ano, o foco foram os funcionários das escolas. Agora em 2017, os alunos são o alvo. E, no ano que vem, chegará à comunidade.


Os estudantes estão sendo envolvidos em atividades práticas de conscientização ambiental, economia de água, energia e destinação correta de resíduos. “Aluno sempre é multiplicador. Quando ele acredita, ele faz diferença e não tem vergonha de repassar para família. Ele cobra, ele ensina. Muitos pais comentam. O filho cobra em casa que a torneira está pingando, que a luz tá acesa e não há necessidade. São pequenas atitudes que estão mudando realmente os hábitos e a gente percebe”, comenta a coordenadora pedagógica Dilma Santos.

Ela explica que os próprios alunos montaram atividades lúdicas e brinquedos com reaproveitamento de resíduos. “Temos, também, horta horizontal e suspensa. E, ainda, queremos implementar um pomar que seja também ambiente de leitura e uma pequena fábrica de sabão feita com resto de óleo”.

A coordenadora explica que a Vale é a grande realizadora deste projeto. E que até pessoas da comunidade, também vão até lá dar dicas sobre atitudes simples que ajudam a preservar o meio ambiente.

​​