Sítios Arqueológicos

Iniciativas

Sítios Arqueológicos

O que são?

Sítios arqueológicos são locais nos quais objetos e marcas são testemunhos de momentos históricos e do desenvolvimento de uma região. Os vestígios podem estar sobre a superfície do solo, ou enterrados e por isso é necessário o trabalho do arqueólogo

Na Vale, acreditamos no poder de histórias, tradições e cultura. Por isso, mantemos e preservamos importantes sítios arqueológicos, como as ruinas de Casas Velhas, Fábrica Patriótica e o Forte do Brumadinho, que se encontram em áreas de propriedade da Vale e abrigam o começo de nossa história na mineração.

Para a Vale, é um grande orgulho preservar esse legado. Convivemos com esse patrimônio com cuidado e respeito, inspirados pelos ares de pioneirismo, inovação e coragem que as ruínas ainda guardam e tanto se assemelham aos nossos valores na Vale.

Saiba mais sobre o que é Inovação para a Vale

Tour Virtual 360º

Clique na imagem e use o seu mouse ou as setas do seu teclado para navegar pelos sítios arqueológicos.

Quer uma visita guiada? Clique no símbolo da caixa de som e ouça a história contada por uma guia.

Sítio Arqueológico de Fabrica Patriótica
Sítio Arqueológico do Forte de Brumadinho
Sítio Arqueológico de Casas Velhas
Barão de Eschwege, pioneiro da siderurgia no país.

A história da atividade mineradora está profundamente ligada à história de Minas Gerais. Na unidade operacional Mina de Fábrica, da Vale, próximo às cidades de Ouro Preto e Congonhas, está a Fábrica Patriótica, a primeira indústria de ferro do Brasil.

O Barão de Eschwege foi o fundador da Fábrica Patriótica e pioneiro da siderurgia no país. Alemão, engenheiro e mineralogista, ele chegou ao Brasil por ocasião da chegada da Família Real Portuguesa, em 1808. Nomeado Curador do Real Gabinete de Mineralogia da antiga Vila Rica, realizou diversos estudos científicos em Minas e São Paulo, até fundar a Fábrica, em 1812.

DESDE 1938, a Fábrica Patriótica é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O ano de 2012 foi marcado pelo o bicentenário da fundação de um dos marcos da história da produção de ferro em escala industrial no Brasil e a trajetória do empreendimento pioneiro é contada no livro “200 anos da Fábrica Patriótica: a primeira indústria de ferro do Brasil”, idealizado e desenvolvido pela Vale, após extensa pesquisa em registros históricos. Ele possui imagens e documentos reproduzidos que recontam não só a história da fábrica, mas também dão um vasto panorama do desenvolvimento industrial do nosso País, desde o início do século XIX até hoje.

Baixe aqui o livro

Processo de produção Fábrica Patriótica

Clique nos números, siga a ordem e conheça o processo.

O Forte de Brumadinho é um dos mais importantes sítios arqueológicos do Estado. No século XVIII, funcionava a sede de uma empresa de mineração do Ciclo do Ouro.

Sua estrutura fortificada demonstra o período conturbado e violento, no qual estava mergulhada a região das minas. A ausência de proteção, por parte da coroa portuguesa impunha que os mineradores se defendessem, principalmente, no que se refere a guarda do ouro.

Características construtivas:

Ali certamente foram empregados muitos braços escravos, além de mestres em cantaria e carpintaria. Nunca poderemos esquecer os trabalhadores, todas as riquezas produzidas nas minas, só foi possível, pelo suor e sangue deles.

O sítio arqueológico de Casas Velhas está localizado na Reserva Particular do Patrimônio Natural criada pela Vale e que leva o mesmo nome, a localizado na Serra dos Mascates, região da Serra da Moeda.

Casas Velhas, apesar de possuir algumas características, não tem todos os atributos que caracterizam um forte, sendo classificado como uma edificação fortificada. Seus muros são robustos e há apenas uma entrada. Mas, não está posicionada no alto da vertente, de forma a defender o território.

Mistério

  • A função de Casas Velhas ainda não foi desvendada, mas relatos orais não faltam.
  • Base militar, entreposto comercial, ponto de apoio tropeiro, fazenda para produção de gado e alimentos e fazenda de mineração, essas são algumas das atividades atribuídas ao local.
  • A ausência de documentos, não permitiu identificar oficialmente seu proprietário, mas muitas histórias, contadas por gerações, atribuem a fazenda ao Barão de Paraopeba.

Voz do especialista



Como desvendar o passado no presente?

O arqueólogo estuda as sociedades e culturas humanas, investigando os sítios arqueológicos e observando as marcas deixadas na paisagem, com o objetivo de entender como ela foi ocupada, resgatar o passado e trazer de volta histórias e personagens esquecidos.

  • Artefatos

    Qualquer objeto confeccionado pelo homem, como instrumentos de trabalho, vasilhames, indumentária, peças utilizadas em rituais, entre muitas outras coisas.

  • Estruturas

    Construções variadas como casas, abrigos, depósitos, igrejas, fortificações, fazendas, etc...

  • Ecofatos

    Coisas da natureza utilizadas pelo homem de acordo com suas necessidades, como restos alimentares, fibras, pedras, ossos, conchas, etc...