Reserva Natural Vale
Internal error

Reserva Natural Vale

Reserva Natural Vale: grande celeiro de produção científica

Reserva Natural Vale: grande celeiro de produção científica

A Reserva Natural Vale (RNV) é um centro de conhecimento científico que há décadas congrega pesquisadores de vários campos, os quais desenvolvem, em seus 23 mil hectares, estudos importantes para a conservação da biodiversidade no país. Localizada em Linhares, no norte do Espírito Santo, a área começou a ser formada na década de 1950, com a compra de fazendas da região, até que se atingisse o número de 102 propriedades adquiridas, nos anos 1970.

Na RNV, já foram catalogadas, aproximadamente, 3 mil espécies de plantas (mais de cem delas novas descobertas para a ciência) e, em relação à fauna, 400 espécies de aves, 64 de répteis, 27 de peixes e 56 de anfíbios, além de 1,5 mil de insetos, 179 de aranhas e 102 de mamíferos. Em 1978, o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF), órgão sucedido pelo atual Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), reconheceu a Reserva como área de proteção ambiental e de pesquisa. Por isso, a RNV completa em 2018, oficialmente, quatro décadas de existência, apesar de ser um celeiro de estudos há muito mais tempo.

Para conhecer em detalhes a história da Reserva e sua contribuição
para o conhecimento científico sobre a biodiversidade, acesse aqui

Veja abaixo duas das principais pesquisas
que estão sendo feitas na Reserva Natural Vale:

Veja abaixo duas das principais pesquisas que estão sendo feitas na Reserva Natural Vale:

Ecologia e saúde de felinos

Conheça a pesquisa que contribui para a conservação de
grandes felinos no Espírito Santo.

Conservação de mamíferos

Descubra o trabalho feito por pesquisadores com
mamíferos ameaçados de extinção.

Ecologia e saúde de felinos

Conheça a pesquisa que contribui para a conservação de grandes felinos no Espírito Santo

Conservação de mamíferos

Descubra o trabalho feito por pesquisadores com mamíferos ameaçados de extinção

Conheça mais