Preferencialistas aprovam conversão de ações em ON em Assembleia Especial
Internal error

19/10/2017

Preferencialistas aprovam conversão de ações em ON em Assembleia Especial

Em Assembleia Especial realizada em 19 de outubro, a Vale superou o último desafio que faltava para dar início ao processo de adesão da empresa ao Novo Mercado, mais alto segmento da B3 no que se refere à governança corporativa. Na ocasião foi aprovada a conversão de suas ações preferencias classe A (PNA) remanescentes em ordinárias (ON), pelos detentores dessa classe de ações. A operação foi aprovada por 51,48% das ações representadas. Com isso, a Vale alcançou o quórum qualificado exigido pela Lei das S.A. para esse tipo de assembleia, de mais da metade das ações.

"Conseguimos chegar a este estágio com muita antecedência em relação ao prazo esperado inicialmente e com muito suporte de todos os acionistas. Agora, estamos prontos para uma nova fase: transformar a Vale em uma true corporation, garantindo aos acionistas as melhores práticas de governança. A partir de agora, também deveremos atrair novos investidores que preferem investir em empresas com este perfil", comentou o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, após a assembleia.

Durante a Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada anteriormente, a conversão mandatória passou pela averiguação dos outros acionistas, que definiram que a relação de troca será de 0,9342 ação ordinária por cada preferencial, a mesma adotada na conversão voluntária realizada em agosto. Após a operação, restaram 307.140.096 ações PNA em circulação.


Retirada de ações

Os acionistas titulares de ações preferenciais que não concordarem com a conversão terão o direito de retirada (ou recesso) da companhia, pelo valor patrimonial da ação, definido em R$ 24,26. A retirada poderá ser realizada em trinta dias contados da data de publicação da ata da assembleia especial de preferencialistas que aprova a conversão para ON. Ações adquiridas (ou alugadas) a partir de 21 de agosto não poderão ser retiradas.

​​
​​

Preferencialistas aprovam conversão de ações em ON em Assembleia Especial