Vale anuncia membros do Conselho de Administração

Vale anuncia membros do Conselho de Administração

19/12/2019

Vale anuncia membros do Conselho de Administração

Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2019 – A Vale S.A (“Vale”), em linha com a evolução da governança da Companhia, amplia a diversificação de perfis e o conhecimento sobre a indústria de mineração, anunciando a eleição dos seguintes membros do Conselho de Administração: Sr. Murilo César Lemos dos Santos Passos e Sr. Roger Allan Downey, como membros titulares, e Sr. Ken Yasuhara, como membro suplente. Os novos membros possuem sólida experiência e conhecimento sobre a indústria e as atividades da Vale.

Murilo César Lemos dos Santos Passos é Presidente do Conselho de Administração da Tegma Gestão e Logística S.A. e membro do Conselhos de Administração da Odontoprev S.A., da São Martinho S.A., da IPLF Holding S/A e da Suzano Holding S.A. Também atua como membro do Comitê de Gestão da Suzano Holding S.A. No terceiro Setor, atua como membro do Conselho do Instituto Ecofuturo-Futuro para o Desenvolvimento Sustentável e membro do Conselho da Fundação Nacional da Qualidade. Ocupou posições nos Conselhos de Administração da Camil, da Brasil Agro, da CCR e da CPFL Energia, estas últimas como Presidente do CA. Ocupou diversos cargos na indústria de Papel e Celulose, tais como CEO na Suzano Papel e Celulose S.A., diretor superintendente da Bahia Sul Celulose S.A e diretor superintendente da Celulose Nipo-Brasileira S.A. - Cenibra Florestas do Rio Doce S.A. Teve posições na Vale entre as décadas de 1970 e 1990 em diversas divisões, tais como meio ambiente, metalurgia e produtos florestais. É graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Roger Allan Downey é membro do Conselho de Administração e CEO da Fertimar S.A. (PrimaSea). Atuou na Vale anteriormente, como diretor executivo de fertilizantes, carvão e estratégia e como gerente de marketing estratégico, acumulando o cargo de Presidente da Vale Fertilizantes S.A. Ocupou o cargo de diretor presidente da MMX Mineração e Metálicos S.A. e outros cargos na indústria de mineração, tais como diretor de análise de mineração & siderurgia do Credit Suisse e gerente comercial da Rio Tinto Brasil. É graduado em Administração de Empresas pela Australian National Business School e mestre em Administração de Empresas pela University of Western Australia.

Ken Yasuhara é diretor e gerente geral da divisão de recursos minerais e metálicos da Mitsui & Co. (Brasil) S.A. Foi membro suplente do Conselho de Administração da Alunorte – Alumina do Norte do Brasil S.A., membro do Comitê Financeiro da Alunorte e membro do Comitê Técnico da Alunorte. Também foi gerente de divisão de minério de ferro da Mitsui & Co., Ltd., gerente do departamento de matérias primas para aços na Sumitomo Corporation e diretor de recursos minerais, energia e aços na Sumitomo Corporation do Brasil S.A. É graduado em Policy Management pela Keio University, do Japão.

 Adicionalmente, a Vale informa que o currículo completo de cada um dos novos membros será divulgado em seu Formulário de Referência, no prazo previsto na Instrução CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada.
 

Desde o início do surto de Covid-19, nossa maior prioridade é a saúde e a segurança de nossos funcionários. Nossa equipe de RI adotou o trabalho remoto e, à medida que continuamos a enfrentar essas novas circunstâncias, recomendamos que priorize contato por e-mail e ferramentas on-line.

Para mais informações, contactar:

Vale.RI@vale.com
Ivan Fadel: ivan.fadel@vale.com
Andre Werner: andre.werner@vale.com
Mariana Rocha: mariana.rocha@vale.com
Samir Bassil: samir.bassil@vale.com

Esse comunicado pode incluir declarações que apresentem expectativas da Vale sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações quando baseadas em expectativas futuras, envolvem vários riscos e incertezas. A Vale não pode garantir que tais declarações venham a ser corretas. Tais riscos e incertezas incluem fatores relacionados a: (a) países onde temos operações, principalmente Brasil e Canadá, (b) economia global, (c) mercado de capitais, (d) negócio de minérios e metais e sua dependência à produção industrial global, que é cíclica por natureza, e (e) elevado grau de competição global nos mercados onde a Vale opera. Para obter informações adicionais sobre fatores que possam originar resultados diferentes daqueles estimados pela Vale, favor consultar os relatórios arquivados na Comissão de Valores Mobiliários – CVM, na U.S. Securities and Exchange Commission – SEC em particular os fatores discutidos nas seções “Estimativas e projeções” e “Fatores de risco” no Relatório Anual - Form 20F da Vale.

​​ ​

Vale anuncia membros do Conselho de Administração