Vale informa sobre operação na mina de Brucutu

Vale informa sobre operação na mina de Brucutu

19/06/2019

Vale informa sobre operação na mina de Brucutu

A Vale S.A. (“Vale”) informa sobre decisão do Presidente do Superior Tribunal de Justiça, que deferiu pedido apresentado pelo município de São Gonçalo do Rio Abaixo, suspendendo os efeitos da decisão proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, em pedido liminar do Ministério Público de Minas Gerais no agravo de instrumento n. 0338087-51.2019.8.13.0000, no âmbito da ação civil pública n° 5013909-51.2019.8.13.0024, que suspendia as atividades da barragem Laranjeiras, localizada em Brucutu. 

 
A referida decisão possibilitará o retorno integral das operações a úmido em Brucutu em até 72 horas, e, como consequência, haverá um incremento da qualidade média do portfólio de produtos da Vale. 

 
A Vale reafirma seu guidance de vendas de minério de ferro e pelotas de 307-332 Mt em 2019, anteriormente divulgado, e informa que a expectativa atual é que as vendas se aproximem do centro da faixa.
 

Para mais informações, contactar:
+55-21-3485-3900

André Figueiredo: andre.figueiredo@vale.com
André Werner: andre.werner@vale.com
Fernando Mascarenhas: fernando.mascarenhas@vale.com
Samir Bassil: samir.bassil@vale.com
Bruno Siqueira: bruno.siqueira@vale.com
Clarissa Couri: clarissa.couri@vale.com
Julio Molina: julio.molina@vale.com
Luiza Caetano: luiza.caetano@vale.com
Pedro Terra: pedro.terra@vale.com
Renata Capanema: renata.capanema@vale.com

Esse comunicado pode incluir declarações que apresentem expectativas da Vale sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações quando baseadas em expectativas futuras, envolvem vários riscos e incertezas. A Vale não pode garantir que tais declarações venham a ser corretas. Tais riscos e incertezas incluem fatores relacionados a: (a) países onde temos operações, principalmente Brasil e Canadá, (b) economia global, (c) mercado de capitais, (d) negócio de minérios e metais e sua dependência à produção industrial global, que é cíclica por natureza, e (e) elevado grau de competição global nos mercados onde a Vale opera. Para obter informações adicionais sobre fatores que possam originar resultados diferentes daqueles estimados pela Vale, favor consultar os relatórios arquivados na Comissão de Valores Mobiliários – CVM, na U.S. Securities and Exchange Commission – SEC, e na Autorité des Marchés Financiers (AMF) em particular os fatores discutidos nas seções “Estimativas e projeções” e “Fatores de risco” no Relatório Anual - Form 20F da Vale.

​​

Vale informa sobre operação na mina de Brucutu