Vale revisa guidance de produção de pelotas

Vale revisa guidance de produção de pelotas

26/09/2019

Vale revisa guidance de produção de pelotas

A Vale S.A (“Vale”) informa que revisou seu guidance de produção de pelotas de 45 Mt para 43 Mt em 2019 para adequação de seu portfólio de produtos às condições temporárias de mercado. Esta revisão não altera o guidance de vendas de minério de ferro e pelotas de 307-332 milhões de toneladas para 2019 com expectativa que as vendas se situem ao redor do centro da faixa.

Essa decisão está em linha com estratégia de margem sobre volume e alocação eficiente de capital para adaptar a sua cadeia de produção e atender às condições prevalecentes no mercado.

A Vale permanece confiante nos fundamentos de longo prazo do mercado global de minério de ferro e pelotas e sobretudo na elevada competitividade, flexibilidade e opcionalidade do seu portfólio de produtos de alta qualidade e de seus ativos de classe mundial.

A Vale informa que reapresentará oportunamente o item 11 de seu Formulário de Referência, no prazo previsto na Instrução CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada.
 

Para mais informações, contactar:
+55-21-3485-3900

Andre Figueiredo: andre.figueiredo@vale.com
Andre Werner: andre.werner@vale.com
Mariana Rocha: mariana.rocha@vale.com
Samir Bassil: samir.bassil@vale.com

Esse comunicado pode incluir declarações que apresentem expectativas da Vale sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações quando baseadas em expectativas futuras, envolvem vários riscos e incertezas. A Vale não pode garantir que tais declarações venham a ser corretas. Tais riscos e incertezas incluem fatores relacionados a: (a) países onde temos operações, principalmente Brasil e Canadá, (b) economia global, (c) mercado de capitais, (d) negócio de minérios e metais e sua dependência à produção industrial global, que é cíclica por natureza, e (e) elevado grau de competição global nos mercados onde a Vale opera. Para obter informações adicionais sobre fatores que possam originar resultados diferentes daqueles estimados pela Vale, favor consultar os relatórios arquivados na Comissão de Valores Mobiliários – CVM, na U.S. Securities and Exchange Commission – SEC, e na Autorité des Marchés Financiers (AMF) em particular os fatores discutidos nas seções “Estimativas e projeções” e “Fatores de risco” no Relatório Anual - Form 20F da Vale.


Vale revisa guidance de produção de pelotas