Covid 19 desafio

Desafio COVID-19

Covid 19 desafio

A Vale disponibilizará até USD 1 milhão, em colaboração com o Hospital Israelita Albert Einstein e a Rede Mater Dei de Saúde, para escalar soluções para o combate a COVID-19 nas temáticas: "Prevenção e rastreamento de risco", "Triagem e Diagnóstico" e "Monitoramento e Acompanhamento de pacientes", “Cuidados intensivos”. Além, destas, também há a categoria “Open Challenge”, que engloba outros temas.

Empresas, startups, instituições, universidades e até mesmo profissionais que possuem soluções para garantir maior acesso da população podem participar. As soluções devem ter maturidade necessária para serem implantadas em até 15 dias (a contar da aprovação) e ser de baixo ou zero custo para o usuário final.

Queremos ser um catalisador de soluções que minimizem os impactos do COVID-19 na nossa sociedade

O Hospital Israelita Albert Einstein e a Rede Mater Dei de Saúde possuem um importante papel na liderança médico-científica na definição dos desafios, dos critérios de avaliação técnicos das propostas recebidas e no eventual apoio a empreendedores e inovadores da área da saúde que receberão o apoio financeiro para a aceleração de suas soluções.

Conheça as soluções selecionadas

Clique aqui para acessar

Uma iniciativa colaborativa

Estamos abertos a empresas, universidades, instituições e outros atores que queiram colaborar com a construção de desafios, potencialização das soluções, divulgação e coinvestimento para sua produção em larga escala. Inscreva-se aqui se você não é proponente e quer colaborar com o desafio.

Conheça os desafios disponíveis

Prevenção e rastreamento de Risco
Triagem/ Diagnóstico
Monitoramento e acompanhamento de pacientes
Cuidados intensivos
Open Challenge

Prevenção e rastreamento de risco

Dentre as medidas passíveis de serem tomadas para contenção do alastramento da doença estão as medidas educativas e preventivas. Identificar as áreas de risco, educar a população, prevenir novas contaminações, e garantir o cuidado aos cidadãos envolvidos nos serviços essenciais se fazem necessários. Uma das formas de conter a disseminação dos casos de contaminação é atuar fortemente na educação e prevenção.

Estamos buscando soluções para:

  • Permitir o acesso à informações confiáveis;
  • Utilizar os dados já existentes para agregar qualidade às informações;
  • Proteger de maneira imediata os cidadãos envolvidos em serviços essenciais;
  • Garantir o fornecimento de equipamentos de proteção;
  • Permitir o acesso a condições básicas de saneamento e higiene a populações carentes;
  • Georreferenciar os enfermos com COVID-19;
  • Identificar zonas de risco;
  • Aprimorar áreas de isolamento;

Triagem/Diagnóstico

Faz-se necessária uma triagem adequada nos serviços de saúde para evitar a saturação dos mesmos, aglomerações desnecessárias, sobrecarga da equipe que está na linha de frente e, principalmente, para garantir a segurança e o cuidado adequados, de acordo com a condição do paciente.

Estamos buscando soluções para:

  • Democratizar o diagnóstico;
  • Agilizar o diagnóstico;
  • Disseminar a importância do prognóstico além do diagnóstico;
  • Permitir às pessoas realizar a auto-triagem se possível de forma off-line;
  • Triagem de pessoas infectadas, em locais de alta circulação;
  • Predição de confirmação diagnóstica baseada em sintomas;
  • Predição de exclusão da doença baseada em sintomas;
  • Predição de demanda de utilização de recursos na evolução de casos;
  • Predição de gravidade em pacientes confirmados com COVID-19 (ambulatoriais e internados).

Monitoramento e acompanhamento de pacientes

Diante da orientação de confinamento doméstico, o consequente isolamento físico e social demanda atenção à saúde das pessoas e pode causar diversas doenças emocionais. Além disso, há também os cuidados aos pacientes com sintomas amenos que podem ser realizados em casa, como medida de equidade para proporcionar disponibilidade de atendimento hospitalar às pessoas com sintomas graves da doença.

Estamos buscando soluções para:

  • Saúde física, mental e bem-estar de:
    • Pessoas que estão em quarentena;
    • Pessoas em grupos de risco aumentado para forma grave da doença (idosos e pessoas com comorbidades);
    • Profissionais que trabalham em serviços essenciais; 
    • Profissionais de saúde;
  • Democratização da medicina em regiões e países remotos;
  • Soluções que permitam o atendimento remoto em diversas modalidades de saúde física, mental e bem estar;
  • Monitoramento remoto de pacientes em isolamento.

Cuidados intensivos

A COVID-19 é uma doença caracterizada por ser agressiva ao sistema respiratório, podendo exigir o uso de respiradores mecânicos por parte das pessoas infectadas. Diante da expectativa de que a doença avance ainda mais e atinja milhares de pessoas nas próximas semanas, cresce a preocupação com a disponibilidade de respiradores para os casos graves. Adicionalmente, estes casos graves podem trazer também complicações do sistema cardíaco e do sistema renal, entre outros.

Estamos buscando soluções para:

  • Evitar a escassez de válvulas para respiradores no mercado;
  • Evitar a escassez de materiais essenciais para os cuidados do paciente internado
  • Desenvolver produtos e tecnologias alternativas aos respiradores;
  • Assegurar matéria prima para confecção de itens essenciais;
  • Conectar fornecedores e distribuidores de respiradores;
  • Geolocalização de equipamentos médicos. (Respiradores, camas, monitor);
  • Controle de pressão negativa de leitos;
  • Sistema rápido de desinfecção de ambientes;
  • Desinfecção em grande escala;
  • Sistemas de conforto e alívio automatizados para pacientes;
  • Desenvolvimento de sistemas de transportes de pacientes contaminados;
  • Aumentar a vida útil de equipamentos.

Open Challenge:

Nesta categoria receberemos propostas para soluções diversas, que endereçam problemas em áreas como: logística, alimentação, melhorias de processos de saúde, sistemas de informação, conectividade, tecnologias exponenciais, emprego e renda, para minimizar o impacto do COVID-19. É importante, nesta categoria, que as soluções estejam em estágio de aplicação imediata.

Critérios de seleção

As soluções apresentadas devem cumprir os seguintes requisitos:

  • Aderência aos desafios lançados
  • Estar no estágio de maturidade e desenvolvimento da solução solicitados
  • Não expor a riscos de saúde os usuários da solução
  • Demandar volume de investimentos compatível com a chamada
  • Permitir acessibilidade da solução para a população em geral, ou seja, soluções gratuitas ou de baixo custo
  • Ter um impacto relevante na comunidade
  • Possuir potencial e prontidão de escalabilidade
  • Ter capacidade empreendedora e técnica da equipe multidisciplinaridade e complementaridade

Conheça as soluções selecionadas



Testes em Massa (Neoprospecta)

Localidade da empresa: Santa Catarina, Brasil

A empresa Neoprospecta apresentou uma solução de testes em massa que permite a avaliação de diversas pessoas simultaneamente. Este método é semelhante ao teste de PCR* (Polymerase Chain Reaction) só que permite testar 16 pessoas ao mesmo tempo, o que aumenta a amostra, reduz custos e mantém a precisão do resultado.

O financiamento do projeto vai permitir a empresa aumentar sua capacidade de testagem de 40.000 para 54.000 pessoas/dia. Um total de 1.500 testes, que equivalem a 24.000 pessoas testadas, serão doados para o setor público nos estados do Ceará e Santa Catarina.

* A Reação em Cadeia da Polimerase é uma técnica utilizada na biologia molecular para amplificar uma única cópia ou algumas cópias de um segmento de DNA em várias ordens de grandeza, gerando milhares a milhões de cópias de uma determinada sequência de DNA.

Clique aqui e acesse o site da empresa

Face Shield (Compass 3D)

Localidade da empresa: Minas Gerais, Brasil

A empresa Compass 3D está utilizando impressoras 3D industriais para produzir máscaras protetoras que funcionam como escudo para profissionais de saúde (face shields). As máscaras produzidas já foram aprovadas por equipes médicas de hospitais como a Rede Mater Dei de Saúde.

O financiamento do projeto vai permitir a empresa aumentar sua capacidade de produção de 2.300 para 9.200 unidades por dia. Serão doadas 10% das unidades vendidas para o setor público durante 2 meses, assegurado um mínimo de 2.000 profissionais de saúde beneficiados em Belo Horizonte.

Clique aqui e acesse o site da empresa

Equipamentos para desinfecção do ar e de máscaras (Biolambda)

Localidade da empresa: São Paulo, Brasil

A empresa Biolambda apresentou uma solução para produção de equipamentos de desinfecção de máscaras e de recirculação de ar ambiente para uso em hospitais. A solução consiste em um container de desinfecção de máscaras e de ar por recirculação em uma área recomendada de até 150 m². Esta desinfecção é feita por meio de doses de raios Ultravioleta.

O recurso vai permitir a empresa aumentar sua capacidade de produção de 200 para 300 unidades por dia de UVMask (equipamento de desinfecção de máscaras) e de UVAir (equipamento de desinfecção do ar). Ao todo, 25 UVMasks e 10 UVAir serão doados para o setor público em 5 semanas.

Clique aqui e acesse o site da empresa

Produção de Face shields (IFCE)

Localidade da empresa: Ceará, Brasil

A iniciativa da Instituto Federal do Ceará (Campus Sobral) consiste também na produção de máscaras de proteção facial (face shields). O recurso vai permitir a Universidade aumentar sua capacidade de produção de 250 para 625 unidades por dia. Toda a produção será doada para instituições de saúde.

Clique aqui e acesse o site da instituição

Produção de Face shields (Delfino)

Localidade da empresa: Minas Gerais, Brasil

A empresa Delfino, apresentou a solução de produção de máscaras de proteção facial (face shields) através de impressão 3D. O recurso vai permitir a empresa aumentar sua capacidade de produção de 500 para 800 unidades por dia. Todos os face shields serão doados para hospitais públicos, totalizando 40.000 unidades doadas em 16 semanas.

Produção de Face shields e caixas acrílicas (Faceshield4Life)

Localidade da empresa: Bahia, Brasil

A Faceshield4Life é uma iniciativa de laboratórios de prototipagem da Bahia. A solução oferecida por eles consiste na produção de 40.000 máscaras de proteção facial (face shields) e de 200 caixas acrílicas para uso de profissionais de saúde nas próximas 6 semanas.

O recurso vai permitir a empresa aumentar sua capacidade de produção de 200 para 300 máscaras por dia e de 10 para 50 caixas por dia. Todo o material será doado para hospitais públicos.

Clique aqui e acesse o site da iniciativa

Kits de purificação de etanol (UFRJ)

Localidade da empresa: Rio de Janeiro, Brasil

A proposta apresentada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro consiste na produção e doação de seis sistemas de purificação do etanol para produção do álcool 70% à seis instituições parceiras. O sistema proposto, em uma construção simplificada, tem sido utilizado na UFRJ e já processou mais de 2.000 litros de etanol – conteúdo que foi analisado e considerado apto para fornecimento a hospitais. Todo o volume de álcool produzido a partir destes kits serão distribuídos para unidades de saúde.

O recurso vai permitir a produção e doação de seis sistemas para diferentes instituições permitindo uma produção total de aproximadamente 150 mil litros de álcool mensalmente.

Produção de Faceshields e Álcool em gel (UFAM)

Localidade da empresa: Manaus, Brasil

A Universidade Federal do Amazonas irá aumentar a sua produção de máscaras de proteção facial (face shields) em 20 vezes o volume atual e a produção de álcool em gel em cinco vezes. O volume de 6.500 face shields que serão produzidos ao longo das próximas 16 semanas, bem como o álcool gel, será integralmente doado para unidades de atendimento de saúde de cidades do estado do Amazonas.

Plataforma de teleatendimento psicológico (OrienteMe)

Localidade da empresa: São Paulo, Brasil

A proposta da empresa paulista OrienteMe consiste em uma plataforma de teleatendimento psicológico que possui a opção de chamada de vídeo ou mensagem via aplicativo. Os usuários finais serão profissionais de saúde e trabalhadores nas linhas de frente do combate ao COVID-19 em situações de estresse e vulnerabilidade.

O recurso vai permitir a contratação de mais psicólogos e pessoal para atender mais pessoas e ampliação da infraestrutura. Serão fornecidas a este público 33 mil ativações (cada ativação consiste em uma sessão de 30 minutos) e estima-se que essa licenças permitirão o atendimento da região por cerca de cinco meses.

Clique aqui e acesse o site da empresa

Caixas esterilizadoras (First Team 1305)

Localidade: Ontario, Canadá

A First Team 1305 é uma equipe de alunos que fazem parte da maior competição escolar de robótica do mundo. A proposta deles consiste na criação de um modelo de caixas esterilizadoras com tecnologia Ultravioleta, que pode ser construído pela própria unidade de saúde (compra-se o kit com os equipamentos e instruções e monta-se na unidade).

Esta tecnologia é open source (não é patenteada) o que torna a tecnologia muito mais acessível, já que utiliza o conceito de “Faça você mesmo” (DIY – Do it yourself, como é conhecido globalmente). O recurso vai permitir a construção de 50 Kits e a produção será doada para clínicas médicas de pequeno e médio porte no Canadá.

Clique aqui e acesse o site

Monitores hemonidâmicos (FloSonics)

Localidade: Ontario, Canadá

A FloSonics Medical é uma start-up que desenvolve e comercializa sensores vestíveis, que melhoram o gerenciamento clínico de pacientes gravemente enfermos dentro e fora do hospital. A proposta consiste na produção e doação de monitores hemodinâmicos de uso único, sem fio e vestíveis que fornecem aos médicos acesso simples às informações sobre o estado cardiovascular de um paciente diagnosticado com COVID-19, com transmissão via Bluetooth para um iPad / iPhone.

O recurso vai permitir o aumento da capacidade de produção de 100 para 1.000 dispositivos por semana. As doações dos monitores serão feitas diretamente aos hospitais no Canadá e, possivelmente, no Brasil.

Clique aqui e acesse o site

A iniciativa recebeu 1.858 propostas de soluções.
Saiba mais sobre elas

Clique aqui para acessar a notícia

Etapas
do desafio

28/03/2020
1
Chamada para o desafio
05/04/2020
2
Prazo para inscrições
17/04/2020
3
Prazo para avaliação das soluções
08/05/2020
4
Divulgação dos selecionados no site da Vale
SUBMISSÃO DA PROPOSTA

O proponente deverá submeter a proposta no site de divulgação. As submissões estarão liberadas a partir do dia 28/03 até dia 05/04/2020.

SELEÇÃO E DIVULGAÇÃO DAS PROPOSTAS

A seleção das propostas será realizada pelo comitê técnico de avaliação da chamada de acordo com os critérios de seleção definidos neste regulamento e divulgados no site do desafio.

REPASSE DO CUSTEIO PARA O PROPONENTE

Os recursos aprovados para cada proposta serão repassados ao proponente após validação documental e jurídica e assinatura do termo de cooperação, no prazo de até 5 dias úteis.

ACOMPANHAMENTO DA IMPLANTAÇÃO E RESULTADOS

Os proponentes que tiverem soluções aprovadas e que receberem recursos, financeiros ou não, disponibilizados conforme descrito neste regulamento, se comprometem a apresentar comprovações da aplicação dos recursos e resultados conforme descrito no termo de cooperação assinado para este fim.

Benefícios

  • Custeio de até US$200.000
    (a critério do comitê de avaliação que irá definir o pagamento)
  • Conexão com outros parceiros
  • Acesso ao AIC (Artificial intelligence center) da Vale

Como participar

Tenho uma solução e quero inscrevê-la

Acesse a chamada do desafio Inscrições encerradas

Não tenho uma solução, mas quero apoiar esta iniciativa

Inscrições encerradas para colaborar com esta iniciativa

Dúvidas

Confira as principais perguntas sobre o desafio

É necessário possuir um CNPJ para se inscrever no desafio?

Sim. Somente poderão concorrer a esta Chamada (somente) iniciativas submetidas por pessoas jurídicas privadas nacionais e internacionais (restrito ao Canadá em chamada própria), legalmente constituídas, de qualquer natureza; e pessoas jurídicas de direito público interno e externo, desde que atendam aos requisitos do item 2.2 da Chamada. Não poderão concorrer iniciativas inscritas por pessoas físicas, de forma individual ou coletiva, ou por meio de organizações apoiadoras.

É possível inscrever mais de 1 proposta com o mesmo CNPJ?

Sim, contudo é necessário que as propostas sejam diferentes e não será permitido o remanejamento de recursos de uma proposta para outra, na hipótese de duas propostas vencedoras com o mesmo CNPJ. No caso de propostas dúplices e/ou idênticas, enviadas pelos mesmos proponentes serão desclassificadas. Propostas de diferentes proponentes que apresentem percentual considerável de trechos idênticos serão desclassificadas, para que seja evitado o risco de plágio.

Minha proposta se encaixa em mais de 1 desafio, mas não é possível selecionar múltiplos desafios no formulário. O que faço?

Selecione um dos desafios que mais se encaixe à sua proposta. Coloque nas observações os outros desafios que também são atendidos pela sua proposta.

É possível fazer alterações no formulário submetido?

Não, não é possível fazer alterações no formulário já submetido. Também não é possível submeter um novo formulário com a mesma proposta, visto que no caso de propostas dúplices e/ou idênticas, enviadas por iguais ou diferentes proponentes, todas serão desclassificadas.

Minha solução está adequada ao desafio ou é interessante?

Não será feita pré-avaliação de nenhuma proposta por qualquer canal além da submissão formal da proposta. Na dúvida, inscreva o seu projeto e o comitê irá avaliar no momento oportuno. Todas as propostas submetidas passarão pelo crivo dos comitês constantes da Chamada e cabe exclusivamente aos comitês a análise de propostas. A Vale, os parceiros e seus representantes não emitirão quaisquer pareceres que não tenham sido elaborados no âmbito dos comitês.

Existe um limite de caracteres nos campos do formulário?

Não, não existe um limite de caracteres para as respostas do formulário.

Qual o nível de maturidade necessário para inscrever o meu projeto?

A exigência relacionada ao grau de maturidade é que as ações decorrentes das iniciativas inscritas deverão ter início de implementação no prazo máximo de 15 (quinze) dias após a assinatura do instrumento jurídico com a Vale. Importante reforçar que eventuais soluções que demandem autorizações de órgãos do governo, ou de outras instâncias por força de regulamentação poderão ter a sua aprovação impactada, caso a autorização ainda não tenha sido obtida de forma definitiva, ou seja, sem recurso pendente.

Existe uma restrição quanto ao uso dos recursos?

Sim. Os recursos recebidos devem ser integralmente aplicados para o desenvolvimento das ações que compõem a proposta selecionada. Além disso, é vedado o financiamento de despesas administrativas, de doações de qualquer espécie, para qualquer instituição, pública, ou privada e de qualquer contrapartida financeira,, decorrente de sua participação, com os recursos financeiros aportados pela Vale. Deve-se detalhar no formulário a utilização e a destinação dos recursos solicitados para que o comitê possa avaliar. Será condição contratual a prestação de contas dos recursos utilizados, com cópia dos comprovantes de despesas e a devolução de eventual saldo para a Vale. Além disso, a instituição proponente deverá manter registros claros e passíveis de auditoria pela Vale durante a execução do projeto.

Podem ser feitas inscrições inclusive no dia 05/04/2020?

Sim.

É exigida a exclusividade do projeto?

Não. Cada parte continuará sendo proprietária exclusiva das informações privilegiáveis, técnicas e tecnológicas, que já tenham sido desenvolvidas ou adquiridas antes de sua participação na presente Chamada, sejam eles protegidos ou não por direitos de propriedade intelectual. Além disso, iniciativas que já foram desenvolvidas pelo proponente e apoiadas por outras empresas privadas, órgãos públicos, entidades sem fins lucrativos, agências de fomento, entre outros, poderão ser inscritas sem qualquer impedimento. Importante reforçar que as contratações anteriores não poderão representar fator impeditivo para a abertura dos resultados, conforme item 1.4 a 7.5 a e c da chamada. Ao submeter a proposta o proponente automaticamente concorda com as condições dispostas em referido item, não sendo de responsabilidade da Vale, e dos demais parceiros, negociações futuras com terceiros, ou com o próprio proponente para abertura dos resultados, cabendo única e exclusivamente ao proponente a responsabilidade sobre infração de direito de terceiros.

Ainda possui questionamentos sobre o processo, objetivos do desafio ou se sua solução se enquadra no perfil que está sendo selecionado?

Envie um email para contato@valecovid19desafio.com.br.

Saiba mais informações sobre todas as iniciativas da Vale em relação ao Coronavírus clicando aqui