#

Relato Integrado 2021

Duas mulheres com chapéu de palha sorrindo e segurando folhas de couve. Uma delas usa máscara facial. Ao fundo, há várias árvores. . Foto: Alexandre Rezende

Relato
Integrado
2021

Evoluindo juntos

Em nosso segundo Relato Integrado, compartilhamos aprendizados, desafios e avanços. Usamos indicadores, abordagens de gestão e prestação de contas sobre tópicos ambientais, sociais e de governança relevantes, de acordo com a nossa matriz de materialidade, que construímos juntos com 1.192 stakeholders internos e externos.

Foto de três mulheres sentadas conversando num espaço aberto. Uma delas usa máscara facial, crachá e segura uma prancheta nas mãos. As outras sorriem enquanto olham para ela. Foto: Alexandre Rezende
Vista aérea de barragem cercada por morros, vegetações e casas. Foto: Bruno Correa

Nosso relatório está alinhado às diretrizes do International Integrated Reporting Framework | Value Reporting Foundation e da Global Reporting Initiative (GRI), opção Abrangente, com a inclusão do Suplemento Setorial de Mineração e Metais. O relatório e seus anexos contemplam, também, indicadores do Sustainability Accounting Standard Board (SASB), do Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD), as métricas-chave do Fórum Econômico Mundial (WEF), Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), além da nossa aderência aos Princípios da Mineração do Conselho Internacional de Mineração e Metais (ICMM, na sigla em inglês).

Mensagem do Presidente

Vivemos uma história de profunda transformação do mundo, da mineração e da Vale. E nessa jornada, buscamos caminhar junto com a sociedade, com responsabilidade, transparência e coerência. Chegamos aos territórios sem convite. Por isso, além de mitigar os impactos negativos, queremos, como diz nossa ambição social, ‘Ser uma empresa parceira no desenvolvimento de comunidades autônomas, engajada em temas relevantes para a humanidade e comprometida com a mineração sustentável’.

Em 2022, completaremos 80 anos de operação. Ao longo dessas décadas, aprendemos que o nosso papel vai além da mineração e, por isso, em todas as decisões da Vale, as pessoas estão no centro. Buscamos, como diz o nosso propósito, melhorar a vida e transformar o futuro. Juntos.

Eduardo Bartolomeo
Presidente da Vale

Foto: Arthur Toledo Retrato de Eduardo Bartolomeo, homem branco com cabelos brancos lisos curtos penteados para o lado. Ele está com expressão séria e uma mão sobre a outra, e usa uma camisa social branca com o logo da Vale estampado no bolso.
.
Foto de dois empregados da Vale em uma das operações da empresa. Eles usam capacete com o logo da Vale, protetores auriculares, camisa verde de mangas curtas e rádios comunicadores presos na região dos ombros. Atrás deles, há uma estrutura de ferro.
Foto de uma empregada da Vale sorrindo de braços cruzados em uma sala de reunião. Ela usa hijab branco e camisa verde clara.
Duas empregadas da Vale olhando para uma tela de computador. Ambas usam máscara facial, tiara nos cabelos e camisa verde. Uma delas tem um braço amputado.
Foto de quatro empregadas da Vale posando para foto. Todas usam camisa verde com o logo da empresa em cima de um dos bolsos.
Foto: Arquivo Vale

Sobre nós

Nascemos em 1942 em Itabira, e hoje, com sede no Rio de Janeiro, somos uma das principais produtoras de minério de ferro e níquel do mundo. Produzimos também pelotas de minério de ferro, cobre, minério de manganês, carvão metalúrgico e térmico, metais do grupo da platina (PGM), ouro, prata e cobalto.

Participamos da exploração mineral em cinco países e operamos sistemas de logística, incluindo ferrovias, terminais marítimos e portos, integrados a nossas operações minerárias. Dispomos, ainda, de centros de distribuição para apoiar a entrega de minério de ferro ao redor do mundo e temos investimentos em negócios de energia e aço diretamente e por meio de coligadas e joint ventures.

Navegue no mapa abaixo para ver onde atuamos

Cursor do Mouse Passe o mouse por cima das marcações Clique nas marcações

Hand pinching the screen Mova o mapa

Mapa do mundo interativo com o mouse para mostrar localizações onde a Vale atua

Ilustração do mapa do mundo na cor branca em um fundo verde. Nele, há círculos amarelos que sinalizam onde a Vale está presente. Quando clicados, aparecem ícones que sinalizam o tipo de atuação. São elas:

  • Canadá – operações, escritório e exploração
  • Estados Unidos – escritório e exploração
  • Peru – escritório e exploração
  • Paraguai – escritório
  • Argentina – escritório
  • Chile – escritório e exploração
  • Brasil – operações, joint-ventures, escritório, sede, exploração, ferrovia e porto
  • Reino Unido – operações e escritórios
  • Países Baixos – escritórios
  • Suíça – escritórios
  • Sérvia – exploração
  • Emirados Árabes Unidos - escritórios
  • Omã – operações e escritórios
  • Malawi – operações
  • Moçambique – operações e escritórios
  • Índia – escritórios
  • China – operações, escritórios e portos
  • Japão – operações e escritórios
  • Singapura – escritórios
  • Malásia - operações, escritórios e portos
  • Indonésia - operações e escritórios
  • Austrália - escritórios

Canadá

Estados Unidos

Brasil

Paraguai

Peru

Argentina

Chile

Reino Unido

Países Baixos

Suíça

Sérvia

Emirados Árabes Unidos

Omã

Índia

China

Japão

Indonésia

Malásia

Singapura

Malawi

Moçambique

Australia

Dardo acertando o alvo

Nosso propósito

Existimos para melhorar a vida e transformar o futuro. Juntos.

A mineração é essencial para o desenvolvimento do mundo. Por isso, buscamos servir a sociedade com o que ela precisa e quer, com matérias primas e outros recursos para melhorar a vida, cuidando do planeta e gerando prosperidade para todos.


Ver mais
Planilhas e gráficos compondo um documento

Modelo de Negócios

Como geramos valor.

Nosso modelo de negócios é a sistematização das nossas atividades empresariais, insumos, produtos e impactos. Sem perder de vista como isso tudo se conecta ao nosso propósito, pilares estratégicos e compromissos.

Ver mais
Foto área de uma barragem . Foto: Bruno Correa

Reparação
em foco

Brumadinho e territórios evacuados

Nunca compensaremos os danos causados às pessoas e aos territórios pelo rompimento da Barragem B1, da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).

Mas, com diálogo e escuta ativa, acreditamos que é possível entender as necessidades das comunidades afetadas pelos rompimentos e, assim, trabalhar para trazer melhorias nos âmbitos social, ambiental e econômico. Sabemos que ainda há muito a ser feito e seguimos comprometidos em trabalhar pela reparação integral dos impactos causados.

Assinamos em 2021 o Acordo Global no valor de BRL 37,7 bilhões* que está custeando ações de reparação socioeconômica e socioambiental aos danos decorrentes do rompimento da barragem em Brumadinho.

*As indenizações referentes aos direitos individuais não estão incluídas nesse valor e permanecem sendo executadas pela Vale.

Foto tirada de cima para baixo de mulher bordando. Há vários rolos de linhas coloridas e caixas na mesa em que ela se apoia. Foto: Arquivo Vale

A reparação até aqui

37,7brl

bilhões

Abrir

no Acordo Global da Reparação

24,7brl

bilhões desembolsados

Abrir

pela Vale na Reparação até dez/2021, sendo BRL 17,3 bilhões referente ao Acordo Judicial de Reparação Integral, BRL 6,2 bilhões destinados a Brumadinho e bacia do Paraopeba e BRL 1,2 bilhões para Territórios Evacuados.

43%

de evolução

Abrir

no total de pagamentos previstos no Acordo de Reparação Integral em 2021;

99.276

mil beneficiários

Abrir

receberam indenização emergencial, até a implantação do Programa de Transferência de Renda (PTR) de Brumadinho, somando mais de BRL 2,3 bilhões pagos desde 2019

2,7brl

bilhões investidos

Abrir

em obras emergenciais, contemplando projetos da reparação, contrapartidas sociais e Infraestrutura.

34

bilhões de litros de água

Abrir

limpa retornados ao rio Paraopeba – ETAF1 e ETAF2 (estações de tratamento de águas fluviais).

+ 50%

dos rejeitos

Abrir

manuseados e analisados para busca de vítimas, dos 9 milhões que vazaram no rompimento da barragem;

+ 600kg

de frutos

Abrir

e sementes de mais de 80 espécies nativas foram colhidos desde 2019, incluindo espécies ameaçadas importantíssimas pra região. Conheça mais sobre o programa Reflorestar aqui.

12.304

pessoas

Abrir

com acordos firmados para indenização civil ou trabalhista, e 11.492 desses já pagos, somando mais de BRL 2,6 bilhões pagos desde 2019.

8.500

pessoas

Abrir

trabalhando direta ou indiretamente na frente de Reparação

5

vítimas ainda não localizadas

270

vítimas fatais

Além de todas as vidas que foram perdidas, perdemos cerca de 140 hectares de floresta nativa. Então o que a gente precisa para esta reparação ambiental? A restauração começa na semente, e por isso precisamos do coletor de sementes para começar a trabalhar na restauração florestal. Esse trabalho de coleta vem sendo realizado desde 2019, em parceria com a Universidade Federal de Viçosa. Já coletamos mais de 600 kg de frutos e sementes de mais de 80 espécies nativas da região, principalmente espécies de florestas, inclusive espécies ameaçadas importantíssimas pra região.

Felipe Peixoto,
Biólogo Vale

Escutamos para aprender juntos.

Assista ao depoimento de Alexandra Andrade, presidente da Avabrum (Associação dos Familiares das Vítimas e Atingidos do Rompimento da Barragem Mina Córrego do Feijão em Brumadinho)

Vista aérea de cidade. Há morros, vegetações e casas. Foto: Arquivo Fundação Renova

Fundação Renova e a reparação de Mariana

A barragem de Fundão, em Mariana (MG), que se rompeu em 2015, era operada pela Samarco, joint venture com 50% de participação da Vale e 50% de participação da BHP. Desde 2016, a Fundação Renova, criada por meio do Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC), seguiu com o compromisso de reparar integralmente os danos provocados às pessoas atingidas e ao meio ambiente.

Para mais informações, clique aqui

Barragens

Desde o rompimento da barragem B1, em Brumadinho, adotamos padrões mais conservadores na avaliação de barragens e temos intensificado as ações preventivas, corretivas e de monitoramento de nossas estruturas, avançando rumo à meta de não termos nenhuma barragem em condição crítica (nível de emergência 3) até 2025.

Plano de descaracterização de barragens:
67% das barragens descaracterizadas até 2025
90% até 2029 e 100% até 2035.

Foto aérea de uma barragem. Foto: Arquivo Vale
Barragem

Até o final de 2021, concluímos 23% do Plano de Descaracterização de Barragens.

Estrutura

Todas as barragens em nível 3 de emergência com Estruturas de Contenção a Jusante construídas.

Conheça algumas soluções e tecnologias para
redução da dependência do uso de barragens

Gotas

Processamento a umidade natural

Para substituição do processamento a úmido, cujos rejeitos são dispostos nas barragens ou em pilhas após o processo de redução de umidade, a Vale tem avançado no processo de redução da dependência de barragens. Nos últimos 13 anos, a empresa investiu cerca de USD 19,5 bilhões em instalações e projetos que apoiam a redução da dependência de barragens e, em 2021, o processamento a umidade natural alcançou 70% da produção de minério.

Mão

Areia sustentável a partir de rejeitos

Com investimentos de USD 9,3 milhões em pesquisas, desenvolvemos em 2021 uma areia certificada para aplicação no mercado de construção civil. O material arenoso, antes descartado em pilhas e barragens, passou a ser processado e transformado em produto. Em 2021, cerca de 250 mil toneladas de areia foram processadas e destinadas à venda ou para doação para uso em concretos, argamassas, pré-fabricados, artefatos, cimento e pavimentação rodoviária.

Carrinho

Pilhas de Rejeito Filtrado

Com o intuito de reduzir o uso de barragens, a Vale anunciou um investimento estimado de  USD 2,2 bilhões entre 2019 e 2026 para implementação de tecnologia de empilhamento de rejeito a seco (dry stacking) em Minas Gerais. A técnica deve permitir filtrar e reutilizar a água do rejeito e possibilita seu empilhamento, de forma a reduzir o uso das barragens.

Capacete

Planta de filtragem de Vargem Grande

Em 2021, tiveram início as operações da planta de filtragem de Vargem Grande, reduzindo a dependência de barragens e melhorando a qualidade média do portfólio de produtos por meio do processamento a úmido.

Governança e Conformidade

Seguimos aderindo às melhores práticas nacionais e internacionais. Por isso, em 2021, tivemos algumas mudanças em nosso processo de governança.

Cursor do Mouse Clique nos cards

Foto de dois homens e uma mulher em uma das operações da Vale olhando para documentos que estão em cima da mesa. Todos usam capacete com o logo da Vale e máscara facial. Atrás deles, há um maquinário. Foto: Ricardo Teles

Migração para o modelo de “corporation”

Em 2021, migramos para o modelo de "corporation", ou empresa com capital disperso - sem controle definido; um marco em nossa história. Também fizemos alterações no Estatuto Social da Vale.

Veja o regimento completo

Diretoria executiva

Em 2021, a estrutura do Comitê Executivo foi revista e quatro novas posições foram criadas — as Vice-Presidências Executivas de Sustentabilidade, de Pessoas, Jurídico e Tributário, e de Estratégia e Transformação de Negócios – e as funções existentes foram revisadas. Houve também a indicação da primeira liderança feminina não branca para uma Vice-presidência da Vale, para o negócio de Metais Básicos.

Saiba mais aqui

Programa de gestão de riscos - HIRA

Para a gestão de riscos operacionais, contamos com o Hazard Identification and Risk Analysis (HIRA), um programa que é projetado para mapear e analisar os riscos de segurança operacional de gravidade alta ou de amplitude de risco muito alta, definir critérios de desempenho e estabelecer a garantia dos controles críticos associados. Em 2021, concluímos a implementação do programa em todas as nossas operações. O ciclo de avaliação se repetirá em períodos de 3 a 5 anos.

Compliance

Em 2021, nosso Canal de Denúncias passou por um processo de restruturação, através da implantação de novos protocolos. A transformação cultural que estamos vivendo, junto com o lançamento do Programa de Ética & Compliance, levaram a um aumento de 33,8% no número de relatos recebidos pelo Canal de Denúncias, totalizando 6.248 relatos entre denúncias, consultas e reclamações.

5.526 registros encerrados pelo Canal de Denúncias em 2021 e 3.014 ações corretivas estabelecidas, incluindo ações de demissão de 157 empregados.

Foto área de uma barragem . Foto: Ricardo Teles

Capital
Manufaturado

Nossos bens tangíveis.

Encerramos o ano com cerca de 340 Mtpa de capacidade de produção de minério de ferro e esperamos atingir 370 Mtpa até o fim de 2022.

Nossos produtos e onde operamos

Minério de ferro

Minério de ferro

Brasil, Omã, Malásia e China.

Níquel

Níquel

Brasil, Canadá, Indonésia, Japão, China e Reino Unido.

Carvão

Carvão Informações extras

Moçambique.

*Ativo de Carvão vendido em 25/04/2022.

Cobre

Cobre

Brasil e Canadá.

Manganes

Manganês e ferroligas

Brasil.

Foto aérea de um trator amarelo no centro de uma barragem. Foto: Arquivo Vale
Foto aérea de uma das operações da Vale. Há uma estrutura de ferro em que um empregado caminha e, abaixo, há alguns caminhões carregando terra. Foto: Arquivo Vale

Destaques de produção e vendas

  • Aumento da produção de minério de ferro (5% a.a.) e vendas (9% a.a.) impulsionadas pela maior produção em nossas operações de Minas Gerais (17% a.a.), sendo parcialmente compensadas pelo desempenho mais fraco em S11D (-11% a.a.);
  • Cenário favorável de preços de mercado (46% a.a.);
  • Greve em Sudbury, interrompendo nossas operações por 70 dias e contribuindo para uma redução de 9% na produção de níquel e 18% na produção de cobre;
  • Melhor desempenho da produção de carvão em Moatize (45% a.a.) juntamente com a assinatura de um acordo vinculativo para vender o ativo.

Saiba mais
Foto aérea e noturna de uma das operações da Vale. . Foto: Ricardo Teles

Capital
Financeiro

Nossos investimos e desempenho
econômico-financeiro resumidos.

31,1usd

bilhões EBITDA ajustado

Abrir

das operações continuadas

Em 2021, nosso EBITDA ajustado das operações continuadas foi USD 13,8 bilhões superior ao ano de 2020, principalmente devido aos maiores preços realizados e volumes de venda de minério de ferro e pelotas, parcialmente compensados por certos custos e despesas que incluíram compras de terceiros e royalties, elevados custos de frete e maiores custos de manutenção e serviços.

24,8usd

bilhões de lucro líquido das operações continuadas

Abrir

Lucro líquido das operações continuadas

USD 18,6 bilhões superior em comparação a 2020. Isso se deve, principalmente, ao maior EBITDA proforma e a maiores resultados financeiros.

54,5usd

bilhões na receita operacional líquida

Abrir

das operações continuadas

Tivemos um aumento de USD 15,0 bilhões em relação ao ano de 2020. O resultado é decorrente das melhores condições de mercado e dos maiores preços realizados de minério de ferro. Os custos e despesas, incluindo a reparação de Brumadinho, totalizaram BRL 142,9 bilhões (USD 26,4 bilhões), ficando BRL 11,5 bilhões (USD 969 milhões) acima de 2020.

5,2usd

bilhões em investimentos

Abrir

No período, nossos investimentos somaram USD 5,2 bilhões, sendo USD 4,2 bilhões dedicados à manutenção das operações e USD 1 bilhão para a execução de projetos de crescimento.

27,7usd

bilhões lucro operacional

Abrir

das operações continuadas

24,7usd

bilhões de lucro líquido

Abrir

das operações continuadas atribuído aos acionistas da Vale

Acesse nossas demonstrações financeiras de 2021 completas aqui.

Veja nossas contribuições tributárias globais em nosso relatório anual de Tax Transparency aqui.

Foto aérea e noturna de uma das operações da Vale. . Foto: Anderson Bibico

Capital
Intelectual

Nossa base de conhecimento e capacidade
organizacional para mantê-lo e expandi-lo.

Para nós, a inovação é um ativo essencial para a criação de valor compartilhado com a sociedade para a mitigação de impacto de nossas atividades. É um tema transversal que aplicamos em diversos processos internos. Confira algumas de nossas iniciativas.

Foto de homem branco com cabelos curtos, lisos e grisalhos olhando para a câmera enquanto  segura diversos tubos de ensaio em frente ao rosto. Foto: Ricardo Teles
Foto aérea de barragem . Foto: Arquivo Vale

Gestão de barragens

Monitoramento por vídeo 24 horas e por radar, uso de imagens satélites e drones para acompanhar estados de conservação e deslocamento do solo são alguns exemplos em prática.

Centro de Monitoramento Geotécnico Seta para direita

Ecoshipping

Nosso projeto que propôs o primeiro navio mineraleiro de grande porte equipado com sistema de velas rotativas foi o vencedor do prêmio internacional Wind Propulsion Innovation Awards, em novembro de 2021. Ainda em fase de testes, o uso inovador de propulsão eólica pode oferecer um ganho de eficiência de até 8% e uma consequente redução de até 3,4 mil toneladas de CO2 equivalente por navio por ano.

Conheça mais sobre nossas iniciativas de inovação.

Clique aqui

Foto aérea de grande embarcação de cor vermelha no mar. Foto: Arquivo Vale
Foto aérea e noturna de uma das operações da Vale. . Foto: Emiliano Capozoli

Capital
Natural

Os recursos naturais que são
essenciais para nosso negócio.

Para que amanhã seja melhor, fazemos nosso melhor hoje e todos os dias. Priorizamos a análise de riscos e adotamos medidas de prevenção, mitigação, recuperação e compensação de impactos à natureza.

Foto de diversas mudas de plantas no chão. Foto: Gustavo Baxter
Foto da locomotiva Vale nos trilhos. Tem as cores verde e amarela e o escrito “100% elétrica”. Foto: Amélio Luiz Mandelli

Comprometidos com a economia de baixo carbono

Estamos investindo em diversas iniciativas focadas em bioenergia, energia renovável, eletrificação e captura e armazenamento de carbono.

Destinaremos de USD 4 a 6 bilhões até 2030 para reduzir nossas emissões de Escopo 1 e 2

O que fizemos até aqui

Co2

PowerShift – Programa de Descarbonização da Vale

Fizemos diversos testes em nossas operações, com destaque para o de uso de bio-óleo, carvão vegetal e aditivos para redução do consumo energético nas usinas de pelotização, e a operação bem-sucedida da locomotiva à bateria no porto de Tubarão, em Vitória. Atualmente, 5% da frota de veículos subterrâneos, nas operações do Canadá, já são de veículos elétricos.

Florestas

Conservação de florestas

Em todo o mundo, apoiamos a conservação de aproximadamente 1 milhão de hectares de florestas, o que representa um estoque de carbono de aproximadamente 600 milhões de toneladas de CO₂.

Prancheta

Inventário de emissões e remoções

Em 2021, o ITV apoiou a elaboração do inventário de emissões e remoções associadas às atividades LULUCF1. A iniciativa permitiu melhorar o cálculo do estoque de carbono na biomassa acima e abaixo do solo.

[1] LULUCF - Land use, land-use change and forestry activities: atividades associadas ao uso da terra, às alterações do uso da terra e à silvicultura.
Élice de turbina eólica

Uso de energia renovável

O portfólio de autogeração de energia elétrica da Vale é 99% renovável. A capacidade instalada em 2021 foi de 2,3 GW, relativa a ativos de geração hidrelétricos e eólicos, de propriedade direta e indireta, localizados no Brasil, no Canadá e na Indonésia.

Confira os produtos de baixo carbono do nosso portfólio

Engrenagem

Produtos de níquel

Os produtos de níquel de Long Harbour, Plating Rounds e Rodas de Níquel para Fundição, possuem pegada de carbono de 4,4 toneladas de CO₂ equivalente por tonelada de níquel, cerca de 3 vezes menor que a intensidade divulgada pelo Nickel Institute para níquel Classe I.

Fábrica

Briquete verde

Desenvolvido internamente ao longo de quase 20 anos e anunciado ao mercado em 2021, o produto tem potencial para reduzir em até 10% a emissão de gases do efeito estufa (GEE) na produção de aço de nossos clientes siderúrgicos.

Biodiversidade

Trabalhamos pela recuperação de áreas degradadas e restauração de florestas, restabelecendo habitats e serviços ecossistêmicos importantes em toda a cadeia de valor. Atualmente, protegemos ou ajudamos a proteger uma área de aproximadamente 10 mil km², equivalente a 12 vezes a área ocupada por nossas operações.

67.372

hectares

Abrir

foram recuperados ou protegidos em 2021. A meta até 2030 é de 100.000;

+ 62mil

hectares de Mata Atlântica

Abrir

protegidos por meio da parceria feita com três Unidades de Conservação geridas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio);

+ 90

iniciativas

Abrir

de instituições de pesquisa, governos, ONGs e startups para a proteção de florestas foram apoiadas pelo Fundo Vale na última década;

147usd

milhões

Abrir

investidos em pesquisas em áreas como biodiversidade, genômica ambiental e mudanças climáticas, por meio do Instituto Tecnológico Vale;

Compromisso com a UNESCO

Em 2021, assumimos publicamente o compromisso de não operar em sítios do Patrimônio Natural Mundial da UNESCO, uma área chave para conservação da biodiversidade.

IA em combate ao desmatamento

O Fundo Vale e a Microsoft apoiaram o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) no desenvolvimento da PrevisIA, plataforma que antecipa informações sobre regiões com risco de desmatamento e incêndios na Amazônia por meio de Inteligência Artificial (IA).

Ecoeficiência Foto: Arquivo Vale

Ecoeficiência

80USD

milhões

investidos em melhorias operacionais e adoção de novas tecnologias de controle e gestão de emissões atmosféricas.

Metas 2030 para redução
de emissões atmosféricas
  • Reduzir em 16% as emissões de Material Particulado;
  • Reduzir em 16% as emissões de Óxidos de Enxofre;
  • Reduzir em 10% as emissões de Óxidos de Nitrogênio.
Gotas

Meta Água 2030

Tínhamos o compromisso de reduzir em 10% a captação de água doce para uso em nossos processos produtivos até 2030, ano base 2017. Em 2021, o resultado Global acumulado desde o ano base foi uma redução de 20%, que superou o objetivo inicial estabelecido para 2030 (10% de redução).

Pessoas

Uso futuro de minas em Itabira

Itabira é a cidade em que a Vale nasceu, em 1942. Hoje, buscamos possibilidades para seguir com nossas atividades operacionais, mas já convergindo, de uma forma responsável e sustentável, atuando em áreas já em processo de fechamento, por meio de projetos de uso futuro e transição para o pós-mineração de forma gradual. O objetivo é contar com a participação ativa da comunidade e corresponder às aspirações da sociedade itabirana.

Quatro mulheres sentadas em uma mesa. Uma está digitando no notebook e as outras três escrevem em uma folha de papel. Todas usam máscara. . Foto: Gustavo Baxter

Capital
Humano

O conjunto de competências,
capacidades e experiências de nossos
empregados que nos fazem ir além.

Saúde e segurança

Foto de 13 empregados da Vale reunidos em círculo em uma das operações da empresa. Todos usam camisa verde, colete laranja, óculos, capacete e protetor auricular. Atrás deles, há um grande maquinário. Foto: Arquivo Vale

A vida em primeiro lugar é um de nossos valores. Para nós, segurança é uma máxima inegociável e está presente em diversos processos internos.

Nossas metas para 2025 são:

  • Reduzir em 50% o número de exposições aos agentes nocivos à saúde no ambiente de trabalho até 2025;
  • Zerar número de lesões registráveis de alto potencial até 2025.

Covid-19

Duas mulheres de máscara facial olhando para baixo. Foto: Arquivo Vale

Em 2021, seguimos com ações de ajuda humanitária relacionadas à Covid-19 em diferentes frentes.

  • Apoiamos o Instituto Butantan (Brasil) nas obras de expansão do Centro Multiuso de Produção de Vacinas, que terá uma capacidade de produção de até 100 milhões de doses por ano;
  • Doamos 50 milhões de seringas e 400 mil EPIs para a proteção de profissionais na linha de frente da vacinação;
  • Adotamos uma série de medidas de segurança para nossos empregados fizemos a transição de parte dos empregados para o regime de trabalho remoto e implementamos medidas de distanciamento social, restrição de reuniões presenciais, protocolo de testagem e comprovação da vacinação completa contra Covid-19 para entrada em nossas unidades no Brasil.

#JuntosparaTransformar

  • O Instituto Tecnológico Vale, em parceria com a Rede da Fiocruz, está colaborando com a produção de genomas do vírus SARS-CoV-2.
  • Num reforço à ação solidária, unimo-nos a outras empresas para a doação de medicamentos para intubação, totalizando 3,7 milhões de analgésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares importados da China, que foram integralmente doados ao governo federal brasileiro para posterior distribuição aos estados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
  • Nós, a Fundação Vale e a Rede Voluntária Vale, unimo-nos a organizações que atuam para combater à fome no Brasil, como o Movimento Panela Cheia (formado por Cufa, Gerando Falcões e Frente Nacional Antirracista), o Movimento União Rio e a Ação da Cidadania, entre outras. Juntos entregamos mais de um milhão de cestas básicas/cartões-alimentação para mais de 220 mil famílias em situação de insegurança alimentar grave em 2021.

Diversidade, equidade e inclusão

Duas mulheres e sete homens em pé e sorrindo, posando para foto. Todos usam camisa verde, capacete branco com o logo da Vale no centro e protetor auricular. Foto: Arquivo Vale

Fortalecer uma cultura diversa e inclusiva. Isso é o que queremos. Desde 2019, temos endereçado iniciativas estruturantes para criação de condições e oportunidades de trabalho que promovam a representatividade relativa a gênero, raça, pessoas com deficiência, entre outras frentes, em nosso quadro funcional. Em 2021, fizemos nosso primeiro Censo de diversidade, que compreendeu as operações no Brasil e no Canadá. Aproximadamente 68,5% dos empregados próprios participaram de forma voluntária e confidencial, com autodeclarações sobre como se enxergam e como percebem nosso ambiente de trabalho.

Equidade de Gênero

Retrato de mulher sorrindo. Ela é negra, tem cabelos enrolados presos e usa óculos de proteção. Atrás dela, há vários cabos. Foto: Arquivo Vale

Tínhamos como meta dobrar a representatividade de mulheres em nosso quadro de empregados, passando de 13% para 26%, até 2030. Em 2021, anunciamos a antecipação em cinco anos do compromisso, para até 2025. No momento, atingimos 18,7 % de representatividade de mulheres globalmente, o equivalente a adição de 4,4 mil mulheres em nosso quadro funcional. Na alta liderança, o percentual chegou a 20,3% de representatividade feminina, um aumento de 80% comparado a 2019, quando a meta foi estabelecida.

2019 2020 2021 Aumento em relação a 2019
Mulheres Total 9.050 11.443 13.488 49,0%
Staff 8.457 10.638 12.433 47%
Supervisão 239 374 412 72,4%
Gerência e Coordenação 329 397 598 81,8%
Gerentes Executivos e Diretores 25 34 45 80,0%

Equidade Étnico-Racial

Seis mulheres e dois homens em pé posando para foto. Todos usam camisa verde e máscara facial. Na parede atrás dele, há o logo da Vale. Foto: Gustavo Baxter

A partir dos resultados do censo, identificamos que a Vale no Brasil é formada por 65% de profissionais negros e que temos uma grande oportunidade de expandir essa representatividade em cargos de liderança média e sênior. Com isso, a Vale assumiu os seguintes compromissos:

Compromissos de equidade étnico-racial

  • Atingir 40% da liderança no Brasil (gerentes e acima) formada por pessoas negras até 2026;
  • Implementar programas educacionais, com o objetivo de intensificar a formação profissional das comunidades negras nas quais a Vale atua;
  • Fortalecer o posicionamento antirracista.

Saiba mais sobre nosso compromisso e nossas iniciativas no Relatório de Diversidade, Equidade e Inclusão 2020/2021.

Clique aqui
Foto de homem e menino em meio a uma plantação. O homem olha para baixo enquanto trabalha e o menino sorri enquanto olha para o homem. . Foto: Alexandre Rezende

Capital Social e
de Relacionamento

Nossas relações com todos os stakeholders dentro e fora da empresa

Nossa ambição social é ser uma empresa parceira no desenvolvimento de comunidades autônomas, engajada em temas relevantes para a humanidade e comprometida com a mineração sustentável.

Foto de professora ao lado de uma aluna. Ambas estão de cabelo preso, usam máscara e estão olhando para baixo, em direção às atividades da criança que estão em cima da mesa. Foto: Gustavo Baxter
Um homem e uma mulher olhando para uma empregada da Vale. Todos estão em pé na rua e usam máscara facial. Foto: Gustavo Baxter

Direitos Humanos

Sabemos que enfrentamos diversos desafios relativos ao respeito aos Direitos Humanos em nossas atividades. Em 2021, reforçamos o processo de integração de inclusão do tema em nossos processos, de dentro para fora, e comprometemo-nos a realizar due diligence externa em Direitos Humanos em todas as nossas operações e em projetos críticos.

100%

de nossas operações

Abrir

avaliaram o risco de violação de Direitos Humanos, monitorando-os periodicamente

74mil

pessoas

Abrir

foram capacitadas no curso online sobre o tema

3,2mil

horas

Abrir

foram destinadas a treinamentos específicos sobre Direitos Humanos e Segurança Empresarial, em conformidade com o Voluntary Principles on Security and Human Rights

100%

base de fornecedores

Abrir

com contratos ativos no Brasil foi avaliada quanto ao risco de violação aos Direitos Humanos.

Em 2021, não houve registro ou denúncia de ocorrência de trabalho infantil ou análogo ao escravo envolvendo nossas operações. Porém, reconhecemos a fragilidade do tema em nossa cadeia de valor e estamos atuando para minimizar estes impactos.

Assista ao depoimento de Jaquelline Pinto, do Espaço Social Transformar e moradora do Jardim Canadá, para entender alguns casos clique aqui.

Saiba mais

Foto de uma menina sorrindo, em uma sala de aula, enquanto segura um livro. Ela é branca, tem cerca de 10 anos e usa seu cabelo preto amarrado. Atrás dela, há diversos computadores. Foto: Gustavo Baxter
Retrato de seis homens indígenas olhando para frente. Eles têm pinturas de cor preta no corpo e usam adornos coloridos nos braços, no pescoço ou na cabeça. Foto: Rafael Scherer

Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais

Nosso relacionamento com os povos indígenas e as comunidades tradicionais é baseado no respeito à diversidade cultural e aos direitos dessas populações, reconhecendo a relação diferenciada que têm com o território.

Atualmente, relacionamo-nos com 29 Povos Indígenas, sendo 13 no Brasil e 16 em outros países, além de 57 Comunidades Tradicionais, no Brasil. Em um esforço para favorecer uma relação sólida de parceria e confiança, implementamos programas e acordos voluntários, construídos de forma participativa com essas populações, considerando suas especificidades culturais e territoriais.

Veja alguns deles
  • Retirada de todos os processos minerários em terras indígenas no Brasil;
  • Preservação da Memória Cultural;
  • Protagonismo Indígena;
  • Programas Sustentáveis;
  • Programa Indígena de Permanência e Oportunidades na Universidade (Pipou);
  • Plano Nacional de Enfrentamento à Covid-19 em territórios indígenas.

Saiba mais

Comunidades locais

Atualmente, temos mapeadas 2.092 comunidades locais de relacionamento, sendo 1.304 no Brasil, 80 no Canadá, 355 em Moçambique, 163 no Malawi, 47 no Peru, 27 em Omã, 110 na Indonésia e 6 na Malásia. Para engajá-las, buscamos estabelecer espaços de diálogo estruturados para a construção dos Planos de Relacionamento com as Comunidades, que têm como princípio a mobilização e a participação social na definição e na priorização das ações a serem implementadas no território.

Resultados de 2021

411

comunidades prioritárias para o engajamento no Brasil;

69%

das comunidades foram contempladas por Planos de Relacionamento e Investimento;

+ 1,5

milhão de beneficiários diretos com os projetos e as iniciativas globais

Saiba mais

Foto de um homem levantando um menino do chão no meio de uma plantação. Ambos sorriem. Foto: Alexandre Rezende

Investimento Social Privado

TerPaz

Em 2021, foi inaugurado o primeiro complexo comunitário da Usina da Paz, no bairro Icuí-Guajará, em Ananindeua (PA). O espaço é inclusivo e com arquitetura sustentável, construído em regiões com altos índices de violência e de vulnerabilidade social e destinado a atender às comunidades locais. Ele oferece ampla oferta de esporte e lazer, serviços como consultoria jurídica e emissão de documentos, formação profissionalizante, saúde familiar, biblioteca, piscina e salas de inclusão digital, dentre outros.

Fundação Vale

A Fundação Vale busca fortalecer políticas públicas e contribuir para o desenvolvimento social dos territórios de atuação da Vale. Em 2021, suas iniciativas impactaram mais de 860 mil pessoas, em 50 municípios de 6 estados brasileiros.

  • Projeto Trilhos da Alfabetização - cerca de 70 mil crianças beneficiada na rede pública;
  • Territórios em Rede - 2.480 crianças de Serra (ES) e em Marabá (PA) foram reinseridas no sistema educacional;
  • Ciclo Saúde - 175 unidades básicas de saúde (UBS) apoiadas e 2.200 profissionais capacitados.

Saiba mais

Fundo Vale

O Fundo Vale atua com o objetivo de fortalecer uma economia mais sustentável, justa e inclusiva. Desde 2010, ele apoia a construção de uma nova realidade econômica ao investir no desenvolvimento de negócios, na geração de conhecimento, no fortalecimento do ecossistema de impacto e em arranjos financeiros voltados à conservação e à recuperação ambiental, especialmente da Amazônia.

  • AMAZ, aceleradora de impacto da Amazônia - Até 2030, serão selecionados 30 negócios em chamadas anuais, que receberão aportes previstos totais de USD 2,3 milhões.
  • Plano de resposta à Covid-19 e Linha de Crédito Emergencial - USD 1 milhão aportados para associações e cooperativas da agricultura familiar e do extrativismo por meio do Plano de Resposta à Covid-19, entre 2020 e 2021.
  • Amazônia em Casa, Floresta em Pé - espaço de inovação e co-criação voltado para protótipos e testes, o Lab testou soluções para impulsionar a bioeconomia na região.
  • Fortalecimento do Ecossistema de Impacto - Parceiros como Instituto de Cidadania Empresarial (ICE), Instituto Phi, Latimpacto (Rede de Venture Philantropy da América Latina), Aspen Network of Development Entrepreneurs (ANDE), Pipe Social e Move.Social fizeram parte dessa trajetória.

Saiba mais

Instituto Cultural Vale

Em 2021, foram mais de 200 projetos apoiados e patrocinados em 160 municípios brasileiros. Os quatro espaços culturais do Instituto (Casa da Cultura de Canãa dos Carajás, Centro Cultural Vale Maranhão, Memorial Minas Gerais Vale e Museu Vale) realizaram mais de 1,9 mil ações, que alcançaram mais de 1,6 milhão de pessoas, e o programa de formação musical Vale Música promoveu mais de 622 aulas.

USD 73 milhões de investimentos em cultura. Maior empresa incentivadora da cultura no Brasil nos últimos três anos, conforme ranking de investimento da Lei Federal de Incentivo à Cultura

Saiba mais

Rede Voluntária Vale

Em 2021, a Rede Voluntária Vale uniu mais de cinco mil voluntários, que atuaram em 150 ações. Dentre elas, destacam-se as campanhas Brasil Sem Fome e Natal Sem Fome, que integraram a Ação Humanitária da Vale para combater à fome e contaram com diversos parceiros. Ela também firmou parcerias com clínicas e bancos de sangue em diversos estados e ampliou espaços em suas clínicas próprias para receber doações de sangue, bem como atuou nas causas de doação de órgãos, promoção à leitura, campanhas de dignidade menstrual, corridas inclusivas e ações de proteção animal, entre outras.

Saiba mais

Queremos ouvir você!

Tem dúvidas ou comentários sobre o Relato Integrado? Envie para a gente!

Fale Conosco

Pesquisa sobre o Relato

Foto aérea de uma barragem com tratores trabalhando e uma barreira de metal cor amarela em que cinco empregados se apoiam para enxergar a operação. Foto: Arquivo Vale