Vale nas Comunidades - Espírito Santo

Sustentabilidade

Vale nas Comunidades - Espírito Santo

Vale nas Comunidades

ESPÍRITO SANTO

O Espírito Santo desempenha papel central para a Vale com o escoamento do minério vindo de Minas Gerais por meio da Estrada de Ferro Vitória Minas (EFVM), que transporta diversos produtos e milhares de passageiros todos os anos. A Unidade Tubarão, inaugurada em 1966, é o primeiro exemplo de integração do sistema mina, ferrovia e porto, uma estratégia fundamental para o crescimento da empresa. As operações no estado contemplam ainda a produção de pelotas, onde somos referência mundial. A Vale também participa da comunidade capixaba por meio diversos ativos culturais e ambientais que você poderá conhecer melhor aqui.


Transformar a mineração é reduzir nossa emissão de poeira​

Aprendendo com a nossa história, dialogando com o presente e buscando evoluir para um futuro melhor para todos, estamos realizando o maior investimento ambiental da história da Vale no Espírito Santo, o Plano Diretor Ambiental de Tubarão (PDA).​​

​​Assim como a Cláudia, o Igor, a Raquel e o Ronei, milhares de empregados estão empenhados nesse trabalho desafiador, que reforça nosso compromisso com a comunidade capixaba. Assista e conheça alguns protagonistas dessa transformação.

Igor Guarçoni e o monitoramento da poeira

Igor Guarçoni e o monitoramento da poeira

Cláudia Nobre e as barreiras de vento

Cláudia Nobre e as barreiras de vento

Raquel Costa e o fechamento de transportadores

Raquel Costa e o fechamento de transportadores


Saiba mais sobre o Plano Diretor Ambiental


Mulher de pé, com os braços cruzados, usando um uniforme verde da Vale. Está sorrindo e com os cabelos soltos. Ao fundo está um rio e uma operação industrial

Em maio, mais uma obra foi concluída. Trata-se do fechamento do pátio de estocagem temporária de pelotas da Usina 8, local que passou a ter um galpão em uma área de cerca de 4 mil m² e estruturas de até 28 metros de altura.

O objetivo é evitar a movimentação de materiais a céu aberto, impedindo a dispersão da poeira. Com o PDA, serão fechadas cinco áreas com cerca de 22.400 m² no total. Além do PDA, destacam-se os avanços em conservação da Reserva Natural Vale, o projeto Territórios em Redes – que está contribuindo com a redução da evasão escolar nos municípios de Serra e Cariacica – e um patrocínio que vem contribuindo com a restauração de monumentos históricos no Espírito Santo, como a Igreja dos Reis Magos, em Nova Almeida, Serra.




Nossos ativos e serviços

Da preservação da Mata Atlântica à profissionalização de jovens, são muitas as iniciativas da Vale no Espírito Santo. Navegue pelas abas e descubra!

Gestão Ambiental
Preservação Ambiental
Ativos Socioculturais

Qualidade do ar, recursos hídricos e resíduos

Investimentos em tecnologias de controle e monitoramento da qualidade do ar, projetos de reuso de água, captação de água da chuva, reaproveitamento de resíduos e educação ambiental fazem parte do dia a dia da Vale.

Parque Botânico

Com uma área verde de 33 hectares, o Parque Botânico Vale faz parte do Cinturão Verde da nossa empresa no Espírito Santo. Além de ser um espaço de lazer para a comunidade, é uma unidade de conservação da Mata Atlântica. Abriga 140 espécies de árvores, diversos animais silvestres e conta, ainda, com trilhas ecológicas que podem ser feitas pelos visitantes. Saiba mais sobre esse paraíso verde dentro de Vitória.

Saiba mais sobre o
Parque Botânico

Reserva Natural Vale

Localizada em Linhares, no Norte do Espírito Santo, é uma das maiores áreas protegidas de Mata Atlântica do Brasil. Adquirida pela nossa empresa nos anos 1950, a reserva tem 23 mil hectares e, além de conservar a diversidade biológica, é utilizada para o desenvolvimento de pesquisas científicas. Conta com hotel para receber visitantes e muitas atividades de lazer e educação ambiental. Quer planejar uma visita a esse lugar incrível? Confira mais informações sobre a Reserva.

Conheça mais sobre
a Reserva Natural

Museu Vale

Localizado na Antiga Estação Ferroviária Pedro Nolasco, no município de Vila Velha, o museu foi inaugurado em 1998 é gerido pela Fundação Vale. Suas atividades são fruto de permanente interação com as comunidades locais e o espaço tornou-se um centro de excelência de mostras de arte contemporânea e desenvolve programas educativos voltados para jovens da Grande Vitória. Faça uma visita virtual e consulte a programação atual do Museu!

Confira a programação virtual do
Museu Vale

Estação Conhecimento de Serra

Inaugurada em 2011, a Estação do Conhecimento é uma iniciativa da Fundação Vale que, por meio de parcerias com instituições públicas e privadas, atende desde crianças até grupos de geração de renda da Terceira Idade. Localizada na Serra, região metropolitana de Vitória, a iniciativa social promove atividades esportivas, culturais, educativas e profissionalizantes. Veja os depoimentos de alguns participantes.

Veja mais sobre
essa iniciativa

Trem de Passageiros EFVM

O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) é o único do país que realiza viagens diárias de longo trajeto. O percurso completo entre Cariacica, na região metropolitana do Espírito Santo, e Belo Horizonte, em Minas Gerais, dura aproximadamente 13 horas e passar por 27 municípios nos dois estados. Saiba mais sobre a frota, a rota completa e veja como comprar passagens.

Saiba mais sobre o
trem de passageiros

Nossos ativos e serviços

Navegue pelas abas e conheça cada um de nossos Ativos e Serviços:

Gestão Ambiental

Qualidade do ar, recursos hídricos e resíduos

Investimentos em tecnologias de controle e monitoramento da qualidade do ar, projetos de reuso de água, captação de água da chuva, reaproveitamento de resíduos e educação ambiental fazem parte do dia a dia da Vale.

Preservação Ambiental

Parque Botânico

Com uma área verde de 33 hectares, o Parque Botânico Vale faz parte do Cinturão Verde da nossa empresa no Espírito Santo. Além de ser um espaço de lazer para a comunidade, é uma unidade de conservação da Mata Atlântica. Abriga 140 espécies de árvores, diversos animais silvestres e conta, ainda, com trilhas ecológicas que podem ser feitas pelos visitantes. Saiba mais sobre esse paraíso verde dentro de Vitória.

Conheça o Parque Botânico

Reserva Natural Vale

Localizada em Linhares, no Norte do Espírito Santo, é uma das maiores áreas protegidas de Mata Atlântica do Brasil. Adquirida pela nossa empresa nos anos 1950, a reserva tem 23 mil hectares e, além de conservar a diversidade biológica, é utilizada para o desenvolvimento de pesquisas científicas. Conta com hotel para receber visitantes e muitas atividades de lazer e educação ambiental. Quer planejar uma visita a esse lugar incrível? Confira mais informações sobre a Reserva.

Conheça mais sobre a
Reserva Natural
Ativos Socioculturais

Museu Vale

Localizado na Antiga Estação Ferroviária Pedro Nolasco, no município de Vila Velha, o museu foi inaugurado em 1998 é gerido pela Fundação Vale. Suas atividades são fruto de permanente interação com as comunidades locais e o espaço tornou-se um centro de excelência de mostras de arte contemporânea e desenvolve programas educativos voltados para jovens da Grande Vitória. Faça uma visita virtual e consulte a programação atual do Museu!

Saiba mais sobre o trem EFVM

Estação Conhecimento de Serra

Inaugurada em 2011, a Estação do Conhecimento é uma iniciativa da Fundação Vale que, por meio de parcerias com instituições públicas e privadas, atende desde crianças até grupos de geração de renda da Terceira Idade. Localizada na Serra, região metropolitana de Vitória, a iniciativa social promove atividades esportivas, culturais, educativas e profissionalizantes. Veja os depoimentos de alguns participantes.

Veja mais sobre
essa iniciativa

Trem de Passageiros EFVM

O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) é o único do país que realiza viagens diárias de longo trajeto. O percurso completo entre Cariacica, na região metropolitana do Espírito Santo, e Belo Horizonte, em Minas Gerais, dura aproximadamente 13 horas e passar por 27 municípios nos dois estados. Saiba mais sobre a frota, a rota completa e veja como comprar passagens.

Saiba mais sobre o
Trem de Passageiros



Inventário de Fontes de Emissões Atmosféricas​

Iema divulga estudo que mostra que o setor industrial representa 13% das emissões totais de particulado na Grande Vitória. Com base nele, calculamos que as emissões da Vale passaram a representar 5%. Continuamos trabalhando para reduzir este número.​

Saiba Mais​

Saiba Mais

A Vale em números no Espírito Santo

R$265 milhões

em investimentos ambientais

94%

dos resíduos gerados na operação no estado foram reutilizados

53 mil

pessoas visitaram a Reserva Natural Vale

R$40 milhões

é o valor do investimento social no estado

*Dados de 2019


Visitas

Quer conhecer a Unidade Operacional de Tubarão? É possível agendar uma visita para ver de perto como é a operação da Vale no Espírito Santo. Por lá passam cerca de 20 mil pessoas por dia e estamos de portas abertas para receber visitantes. Você vai ver grandes navios, as barreiras de vento do tamanho de prédios de 10 andares e conhecer o dia a dia do nosso trabalho na Ponta de Tubarão. Já são mais de 50 anos contribuindo com o desenvolvimento do estado! Você pode agendar sua visita pelo site ir pessoalmente ao Parque Botânico Vale para consultar disponibilidade de horários.

Saiba como conhecer tudo isso!



História

A história da Vale e do desenvolvimento econômico e social do Espírito Santo estão integradas. O Porto de Tubarão foi um trampolim para que o estado, cuja economia era centrada no café, pudesse diversificar suas atividades. Com investimento da Vale, o porto se transformou no n o maior produtor de pelotas do mundo. Hoje, além das oito usinas, que juntas produzem mais de 20 milhões de toneladas por ano, a Unidade Operacional de Tubarão engloba o maior pátio ferroviário da América Latina. Confira alguns dos principais pontos dessa história.

1966 – Inauguração do Porto de Tubarão
A então Companhia Vale do Rio Doce iniciou, em 1962, a construção do Porto de Tubarão, um terminal do Porto de Vitória. O porto foi inaugurado em 1966 e já podia receber navios de 150 mil toneladas, mais que o dobro da capacidade da maior parte da frota da época.
1969 – Transformação do porto em Complexo de Tubarão.
A instalação das usinas de pelotização começou em 1969. Cerca de 50 anos depois, o Complexo de Tubarão conta com oito usinas que produzem pelotas com o minério de ferro que chega de Minas Gerais.
1980 – Plano Diretor para Proteção do Meio Ambiente
Antes mesmo do Brasil ter uma legislação que se trata do assunto, o Complexo de Tubarão já contava nos anos 80 com um Plano Diretor para Proteção do Meio Ambiente. Entre outras ações, iniciou-se o monitoramento da Bacia do Espírito Santo.
2016 – Gestão ambiental nos terminais de Tubarão e de Praia Mole
Em 2016 uma série de melhorias nos terminais marítimos de Tubarão e de Praia Mole contribuíram para aprimorar a eficiência e a gestão ambiental. Hoje o Complexo reutiliza quase todos os resíduos produzidos, reaproveita grande parte da água usada nos processos internos e vem ano a ano reduzindo significativamente as emissões de poluentes e particulados de suas operações.