Dia da Amazônia: conheça as ações da Vale para a preservação da vegetação

Sobre a Vale

06/09/2017

Dia da Amazônia: conheça as ações da Vale para a preservação da vegetação

Você sabia que 5 de setembro é dia da Amazônia? A data foi criada para chamar atenção para esse importante bioma brasileiro. Nele, estão as maiores riquezas da humanidade. São aproximadamente cinco milhões e meio de quilômetros de floresta.

A Floresta Nacional de Carajás é parte integrante da Plataforma Amazônica

Segundo pesquisas, a vegetação da Amazônia pode ajudar na redução do dióxido de carbono da atmosfera, já que age absorvendo o carbono. A floresta ainda pode influenciar nas mudanças climáticas mundiais. Como? Devido ao desmatamento! Isso porque a destruição da vegetação e a queima de biomassa estão relacionadas com a liberação de uma grande quantidade de dióxido de carbono.

Importante fonte de biodiversidade, a Amazônia reúne cerca de 40 mil espécies de plantas diferentes, mais de 400 tipos de mamíferos e aproximadamente 1.300 mil espécies de aves. Nos rios da floresta, que constituem a maior bacia hidrográfica do planeta, existem cerca de 3 mil espécies de peixes.

A Vale está presente em 12 biomas do planeta e a Amazônia é um deles. Para a mineradora, bioma é a vida que a gente cuida. E com base nesse valor, a empresa implanta uma série de iniciativas com foco na preservação da vegetação amazônica. Conheça abaixo algumas delas:

Restauração na Floresta Nacional de Carajás


Na Floresta de Canaã dos Carajás, no Pará, onde está localizado o Complexo S11D Eliezer Batista, a Vale atua na recuperação de 2,2 mil hectares de áreas degradadas pela atividade pecuária. Além disso, a empresa promove ações educativas de restauração florestal em comunidades rurais e ainda implantou o sistema Forest Fire Finder, capaz de identificar focos de incêndio em até cinco minutos, tempo médio em que a fumaça alcança o topo das árvores.

Herbário de Carajás

Foto Pedro Viana

Uma das iniciativas da Vale para a preservação do bioma amazônico é o Herbário de Carajás. Criado e mantido pela mineradora, ele conta com um acervo de cerca de cinco mil registros de plantas, sendo fonte de referência e consulta internacional sobre a flora da região.

Parque Zoobotânico Vale

Pandora e Thor, as duas oncinhas nascidas no Parque Zoobotânico Vale

O Parque Zoobotânico Vale (PZV) fica dentro da Floresta Nacional de Carajás, que abriga também uma das maiores províncias minerais do mundo, o Complexo Mineral de Carajás. Ali habitam 260 animais, com destaque para as espécies de aves e mamíferos, entre eles macacos e onças.

Parque Botânico em São Luís


O Parque Botânico em São Luís conta com 100 hectares de vegetação com característica predominantemente amazônica. Está localizado no Complexo Industrial Portuário de Ponta da Madeira e é o lugar ideal para quem gosta de estar em contato com a natureza. O espaço é equivalente a 100 campos de futebol destinado ao lazer, educação ambiental e práticas de exercícios.

Saiba como a Vale atua em cada um dos biomas onde está presente:

 

Leia mais

​​

Dia da Amazônia: conheça as ações da Vale para a preservação da vegetação