Sobre a Vale

11/09/2018

Globo Rural aborda Pesquisa do ITV

O programa Globo Rural do último domingo, 9 de setembro, contou com uma reportagem que aborda a pesquisa do Instituto Tecnológico Vale de Belém (ITV) sobre a preservação do jaborandi no Pará. A planta, de nome científico Pilocarpus microphyllus, é nativa de regiões de clima quente e úmido típico dos estados do Pará, Maranhão e Piauí, e está ameaçado de extinção.

As propriedades do jaborandi são bastante usadas em produtos cosméticos e farmacêuticos. A planta produz uma substância chamada pilocarpina, usada para fabricar colírios que tratam o glaucoma, doença que leva à cegueira e afeta cerca de um milhão de pessoas no Brasil.

Clique e veja a reportagem!

O biólogo molecular do ITV, Guilherme Oliveira, é um dos entrevistados da reportagem e fala da maximização da produção da pilocarpina

Outras pesquisas com jaborandi

O jaborandi é um importante objeto de estudos do ITV. Uma das frentes de pesquisa com a planta, liderada pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), com o apoio do Instituto Tecnologia Vale, é o monitoramento fenológico do jaborandi, ou seja, a identificação das épocas e das formas de produção de sementes e novas folhas da planta.

Além disso, pesquisadores do ITV estão realizando, pela primeira vez, o sequenciamento do DNA do jaborandi. Com isso, os pesquisadores pretendem mapear a diversidade genética da planta e entender como ela produz pilocarpina. Esse é um ponto crucial para garantir a sobrevivência no longo prazo do jaborandi, que estima-se já ter perdido 50% da sua população natural por conta da extração predatória.


Globo Rural aborda Pesquisa do ITV