Sobre a Vale

21/06/2021

Juntos. É assim que vamos superar o desafio contra a fome.

Juntos. É assim que vamos superar o desafio contra a fome.

Atingimos a meta!

Com sua ajuda, nossa meta foi atingida e conseguimos arrecadar R$ 200 mil em doações pelo site. O valor total entre arrecadação e aporte da Vale foi de R$ 2,2 milhões, que serão revertidos em cestas básicas.

 

A pandemia da Covid-19 intensificou o aumento do número de pessoas em situação de insegurança alimentar grave no Brasil. Atenta a este cenário, a Vale uniu esforços com organizações que atuam para o combate à fome no país: Movimento Panela Cheia (formado por Cufa, Gerando Falcões e Frente Nacional Antirracista) - com o apoio da União SP e cooperação da Unesco no Brasil -, o Movimento União Rio e a Ação da Cidadania. Por volta de 70% das famílias receberão as doações em cestas ou cartões-alimentação, mensalmente, por 6 meses.

A distribuição das cestas será dividida em três frentes:

  • logo WFP  

  • Os Movimentos Panela Cheia e União Rio

    logo panela cheia logo união rio

    O Movimento Panela Cheia ficará responsável por distribuir alimentos para os demais estados do país e, dentro dele, a Cufa contará com o apoio de governança da Deloitte. Já a atuação do União Rio será focada no Rio de Janeiro.

  • Ação da Cidadania

    logo ação logo rede voluntária Vale

    Em parceria com a Rede Voluntária Vale, plataforma de voluntariado da empresa, aberta a toda a sociedade, irá mobilizar pessoas interessadas em doar, em todo o país, a se unirem a causa.

    A cada R$ 1 doado pelo site da Rede Voluntária, a Vale fará uma doação de R$ 10. Alcançamos a meta de R$ 200 mil em doações de voluntários e, com isso, vamos garantir R$ 2 milhões em doações da Vale, que serão revertidos em cestas básicas a serem entregues pela Ação da Cidadania nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Maranhão, Pará e Mato Grosso do Sul.

A cada R$ 1 doado pelo site da Rede Voluntária, a Vale fará uma doação de R$ 10.




Nunca foi tão necessário como agora, em meio à pandemia da Covid-19, ajudar quem enfrenta dificuldades para se alimentar diariamente. Conectando com o nosso propósito de melhorar a vida e transformar o futuro das pessoas, estamos somando forças no combate à fome e esperamos que outras empresas também venham a apoiar esta causa", afirma Eduardo Bartolomeo, Presidente da Vale.

"Chegamos a um momento insustentável da fome no país. Sabemos que quem tem fome tem pressa e aceleramos o máximo a nossa parceria com o Movimento Panela Cheia, União Rio e a Ação da Cidadania para alimentar milhares de brasileiros até o fim do ano. Queremos que essa ação mobilize outras pessoas e empresas e que entidades se sintam motivadas a se engajarem nessa luta tão urgente”, afirma Luiz Eduardo Osorio, vice-presidente executivo de Relações Institucionais e Comunicação da Vale.

"Estamos passando por um momento muito delicado. A pandemia agravou ainda mais a questão da fome no país e deixou mais evidente que precisamos nos unir. Doações como essa - e de tantos outros parceiros - ajuda o movimento a colocar comida na panela das famílias que tanto necessitam. Todos que têm condições de ajudar de alguma forma, deveriam fazê-lo. O trabalho é grande e somente a solidariedade pode minimizar este sofrimento de muitos. Passar fome é indigno e desumano”, afirma Ana Maria Diniz, do Conselho da Península Participações, uma das empresas organizadoras do UniãoSP.

"Ficamos muito felizes em contar agora com o apoio da Vale e do Programa Mundial de Alimentos, reforçando esse trabalho de excelência que a CUFA, o Gerando Falcões e a Frente Nacional Antirracista vêm fazendo e contando com a permanente cooperação da Unesco. É imprescindível que haja essa união de esforços para continuarmos apoiando a população mais vulnerável”, afirma Marlova Noleto, Diretora e Representante da Unesco no Brasil

"Temos visto um movimento de união e de solidariedade que tem sido essencial para esse momento que estamos vivendo. Ações como esta que estamos operando com a Vale salvam vidas e irão possibilitar que muitas famílias tenham segurança para algo que é básico: a alimentação e é nosso dever, enquanto sociedade, atuar ao máximo para garantir esse direito", afirma Preto Zezé, presidente global da CUFA.

"Neste momento tão grave pelo qual passamos, em que além de combater a Covid-19 temos que lutar contra o desemprego e fome, unir forças é a única forma de sobrevivência. Graças a parceiros como a Vale, temos ajudado tantas famílias a sobreviver diante desse cenário. É com união, derrubando os muros e construindo as pontes que conseguiremos acabar com a pobreza no Brasil”, afirma Edu Lyra, fundador e CEO da Gerando Falcões.

"Estamos em um momento caótico, passamos dos 500 mil mortos por Covid-19 e a fome segue sendo um dos maiores desafios que estamos enfrentando. Sabemos que é a população negra a mais afetada por isso convocamos toda sociedade a se engajar na luta pela vida", afirma Anna Karla Pereira, Coordenadora Frente Nacional Antirracista.

"Ficamos felizes por unir forças com a Vale e outras empresas que buscam olhar e transformar vidas que passam despercebidas. Quando nos juntamos por um mesmo propósito o alcance é maior, e é isso o que queremos, que além de provocar o engajamento de empresas e cidadãos, que a gente possa garantir refeições para mais famílias - o mínimo de direito de qualquer ser humano”, afirma Daniel Souza, presidente do Conselho da Ação da Cidadania.

"A participação da Vale é muito importante nesse momento crítico em que milhares de pessoas enfrentam dificuldades para se alimentar. Mais ainda, é uma ação que pode estimular outras empresas e organizações a se engajarem no combate à fome. A insegurança alimentar no nosso país não surgiu na pandemia, mas se agravou muito e precisamos de todo apoio possível para combatê-la. A fome mata e ela chega todos os dias”, afirma Daniela Raimundo, cofundadora do Movimento União Rio.

Inscreva-se na Rede Voluntária Vale e participe de ações solidárias!


​​​​​​​​
​​

Juntos. É assim que vamos superar o desafio contra a fome.