Mulheres na ciência: trabalho desenvolvido por pesquisadora do ITV ganha projeção mundial

Sobre a Vale

12/02/2020

Mulheres na ciência: trabalho desenvolvido por pesquisadora do ITV ganha projeção mundial

O dia 11 de fevereiro ganhou destaque especial há 5 anos no calendário das cientistas: na data é comemorado o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência. A iniciativa é um lembrete de que todas desempenham papel fundamental nas comunidades da ciência e tecnologia. Na Vale isso também não é diferente. Entre as muitas profissionais que trabalham na empresa ou em instituições apoiadas, está Vera Fonseca, que teve artigo publicado no fim de 2019 na revista Nature, uma das publicações científicas mais respeitadas e tradicionais do mundo. O artigo trata de polinizadores, polinização e produção de alimentos e é fruto de um longo trabalho de pesquisa.




O trabalho foi sobre a primeira avaliação realizada pela Plataforma Intergovernamental de Biodiversidade e Serviços de Ecossistemas (IPBES). Esta foi estabelecida no Panamá em 2012, pela UNEP (United Nations Environmental Program) com o objetivo de fazer a interface entre Ciência e Política para a conservação da Biodiversidade, serviços de ecossistemas, bem-estar humano duradouro e Desenvolvimento Sustentável. A avaliação foi coordenada por dois co-chairs (Simon Potts, da UK, e Vera Imperatriz-Fonseca, do Brasil) e contou com representantes das 5 regiões das Nações Unidas, indicados pelos respectivos governos, totalizando uma equipe de 77 especialistas.

Os temas discutidos foram colocados em consulta pública e aprovados em reunião plenária da IPBES em Kuala Lumpur, em fevereiro de 2016. Posteriormente o documento com indicações de políticas públicas globais para uso e conservação dos polinizadores foi reavaliado em Cancun, durante a COP13, e aprovado.

“Publicar na Nature é uma grande conquista para qualquer pesquisador. Que esse exemplo seja repetido e seguido por outros membros de nossa equipe”, declarou José Oswaldo Siqueira, diretor científico do ITV.


Sobre a pesquisadora

Vera Lucia Imperatriz Fonseca é bióloga, formada pelo Instituto de Biociências da USP, onde desenvolveu sua carreira docente. Aposentou-se como Professora Titular de Ecologia no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP). A seguir, participou como Professora colaboradora sênior em outras unidades universitárias. Pesquisadora 1B do CNPq, desenvolve suas pesquisas com abelhas nativas e polinizadores. Coordena(ou) projetos de pesquisa em várias agências de fomento. Desde 1998 tem atuado para o desenvolvimento de estudos de polinizadores no Brasil, coordenando e organizando projetos temáticos e reuniões científicas, participando e organizando publicações e livros.

Atua como membro editorial e de revisão de trabalhos em periódicos especializados do Brasil e do exterior. Participa, por indicação do governo brasileiro, como co-chair da nova avaliação sobre polinização, polinizadores e produção de alimentos, em elaboração pela Plataforma Intergovernamental de Biodiversidade e Serviços de Ecossistemas (IPBES).

Atualmente é Pesquisadora Titular da linha de pesquisa “Biodiversidade e Serviços de Ecossistema”, lotada no ITV Desenvolvimento Sustentável.

Saiba mais sobre as iniciativas da Vale voltadas para pesquisa e desenvolvimento


Mulheres na ciência: trabalho desenvolvido por pesquisadora do ITV ganha projeção mundial