Prazo para adesão ao acordo de reparação aos familiares de vítimas do rompimento da barragem BI é ampliado

Sobre a Vale

24/08/2020

Prazo para adesão ao acordo de reparação aos familiares de vítimas do rompimento da barragem BI é ampliado

Aos familiares das vítimas fatais do rompimento da barragem B1, em Brumadinho, foi possibilitada a adesão, até 15 de julho de 2021, do acordo firmado a partir de um consenso entre a Vale, o Ministério Público do Trabalho (MPT), Defensoria Pública da União (DPU) e Sindicatos Co-Autores, e homologado pelo juiz da 5ª Vara do Trabalho de Betim. O edital será publicado no site do TRT da 3ª Região, a fim de dar amplo conhecimento aos interessados, para possível adesão.

Conforme o que foi estabelecido no acordo da Ação Civil Pública (ACP), cônjuge ou companheiro(a), filho(a), mãe e pai dos trabalhadores falecidos ou sem contato terão direito a receber R$ 500 mil por danos morais e R$ 200 mil a título de seguro adicional por acidente de trabalho. Aos irmãos de trabalhadores falecidos ou sem contato será pago o valor R$ 150 mil por dano moral. Também será paga indenização por danos materiais aos dependentes econômicos, sendo garantido o valor mínimo de R$800.000,00. Para mais informações sobre as demais parcelas previstas no acordo e o procedimento a ser adotado, acesse a página completa sobre Indenização, clicando aqui.

Clique aqui para acessar a íntegra do documento do Termo de Audiência


Prazo para adesão ao acordo de reparação aos familiares de vítimas do rompimento da barragem BI é ampliado