Vale lança programa nacional de incentivo a música de concerto

Sobre a Vale

01/07/2019

Vale lança programa nacional de incentivo a música de concerto

Assista ao vídeo do diretor de Investimento Social da Vale, Hugo Barreto, sobre a importância do projeto

Incentivar e fortalecer a formação da música de concerto no Brasil é o objetivo do Programa Vale Música, que teve sua edição deste ano lançada na última segunda-feira (24) pela Vale. A iniciativa contará com a participação de 30 profissionais e 400 alunos de projetos em Minas Gerais, no Espírito Santo, no Mato Grosso do Sul e no Pará, que terão a oportunidade não apenas de aprender e desenvolver habilidades musicais como também de trocar experiências com músicos profissionais de orquestras que contam com o patrocínio da Vale.

Entre os dias 24 e 28 de junho, acontece a primeira ação de integração do programa, que consiste em masterclasses de trombone e de percussão dadas pelos profissionais da Orquestra Sinfônica Brasileira Rodrigo Foti e Eduardo Machado para jovens do projeto Vale Música Belém. Os encontros com profissionais acontecerão mensalmente e após as aulas, os alunos que se destacarem terão a oportunidade de fazer residência, e conhecer de perto a rotina de uma orquestra profissional.

Em dezembro deste ano, os alunos dos projetos se apresentarão no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, sob a regência do maestro Marcelo Lihninger da Orquestra Sinfônica Brasileira. O concerto fará parte do evento “Série Mundo”, que tem como objetivo apresentar as riquezas musicais de diferentes países.

Esta parceria busca oferecer aos alunos a experiência de ter aulas com músicos conceituados de uma grande orquestra nacional. Os músicos também contribuirão para a preparação de instrutores que replicarão as técnicas para os alunos. “Isso vai ser de suma importância para o crescimento musical e técnico dos nossos alunos, pois é necessário que eles conheçam um ponto de vista diferente. Ter essa experiência, com uma orquestra de renome, com pessoal de alto nível, trará mais amadurecimento aos jovens músicos”, explica Marcos Matos, professor de percussão do projeto Vale Música em Belém.

Para o diretor de Investimento Social da Vale, Hugo Barreto, iniciativas como o Programa Vale Música reforçam a vocação de promoção da cidadania da empresa. Com este programa nós teremos circulação entre as orquestras e músicos nas regiões do Brasil onde nós atuamos. A música é uma identidade brasileira. A Vale é muito vinculada e esses valores e nada mais natural esse engajamento pela via da cultura, especialmente, com a música que tem muita a ver com a nossa própria identidade, para contribuir com o desenvolvimento musical brasileiro, explicou.

O Programa Vale Música também terá um polo em Brumadinho (MG), cujas obras tiveram início em junho e devem ser concluídas até o fim de julho. Tão logo seja inaugurado, os alunos desta localidade também participarão das atividades do programa.

Primeira masterclass de percussão para jovens do Vale Música em Belém (PA)
Jovens participam de aula de trombone com Eduardo Machado, músico da OSB

Frentes de ação do Programa Vale Música

Intercâmbios

As ações serão ministradas por professores da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Orquestra Ouro Preto. Haverá aulas por naipes, masterclasses de instrumentos e workshops sobre formação de orquestra e música de concerto.

Residências Musicais

Alunos que se destacarem ao longo do programa participam de uma semana de qualificação, no Rio de Janeiro, com a Orquestra Sinfônica Brasileira ou, em Minas Gerais, com a Orquestra Ouro Preto.

Polo Vale Música

Criação de polos musicais nos territórios de interesse da Vale, por meio de capacitação de professores locais e incentivo ao desenvolvimento das vocações musicais locais.

Conheça os projetos e orquestras envolvidos no Programa Vale Música

Orquestra Sinfônica Brasileira (RJ)

O mais tradicional conjunto sinfônico do país, sendo reconhecida como a primeira orquestra brasileira a realizar turnês pelo Brasil e exterior, a fazer apresentações ao ar livre, além de desenvolver projetos de formação de plateia. A orquestra conta com o patrocínio da Vale, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, há mais de 10 anos, para a manutenção das atividades, e realização da temporada, turnê nacional, e projetos educacionais bem como de seus corpos estáveis.

Orquestra Ouro Preto (MG)

Criada em 2000, a Orquestra Ouro Preto tem atuação marcada pelo experimentalismo e ineditismo, sob os signos da excelência e da versatilidade. Em sua trajetória, destaca-se a presença em todo o território nacional e nas principais capitais do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Manaus, Curitiba, Porto Alegre, João Pessoa, Salvador e Natal. No exterior, sua qualidade foi comprovada em turnês de sucesso, com presença de grande público em apresentações na Inglaterra, Portugal, Espanha, Argentina e Bolívia.

Projeto Vale Música Belém (PA)

O projeto é realizado pela Fundação Amazônica de Música e conta com patrocínio da Vale desde 2004, via Lei Federal de Incentivo à Cultura. A iniciativa tem como objetivo a formação musical de crianças e jovens das Região Metropolitana de Belém que estudam em escola pública ou são bolsistas de escolas particulares. Eles participam de aulas regulares. Após o período necessário para o desenvolvimento no instrumento, os jovens ingressam nos grupos do Vale Música, como por exemplo: a Orquestra Sinfônica Vale Música, a Banda Sinfônica Vale Música, o Grupo de Percussão e o Coral de Metais Vale Música. Em 2019, a iniciativa comemora 15 anos de atividades onde já foram beneficiadas 1.100 pessoas.

Projeto Vale Música de Serra (ES)

Iniciado no ano 2000, o projeto privilegia a linguagem universal da música e seus reflexos tanto no desenvolvimento humano ou social, quanto na geração de trabalho e incremento de renda, fomentando o protagonismo juvenil ao incentivar a reflexão, crítica, a criação e a expressão por meio do ensino da música. Iniciativa realizada na Região Metropolitana de Vitória, especificamente na Estação Conhecimento de Serra e Parque Botânico, o Vale Música Serra conta com aulas de instrumentos de sopro, cordas e percussão, como saxofone, flauta, trompete, violão, guitarra, teclado, bateria, entre outros, valorizando as características culturais locais e abrindo caminho para a formação de grupos musicais, corais, bandas e/ou orquestras. O projeto conta com a Orquestra Jovem Vale Música, Coral Jovem Vale Música, Banda Sinfônica Vale Música e o grupo Jazz Band que se apresentam em festivais, concertos didáticos e eventos na Grande Vitória. O Vale Música Serra beneficia, por ano, aproximadamente 200 crianças e adolescentes.

Instituto Moinho Cultural (MS)

Localizado em Corumbá (MS), há 15 anos o Instituto Moinho Cultural Sul Americano transforma vidas. Nesse período mais de 20 mil crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social, foram beneficiados diretamente com atividades oferecidas diariamente em período contraturno da Escola Regular e 57 mil indiretamente. São ofertadas aulas de Ballet e Música Clássicos, Informática, Apoio Escolar, Grupo de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, entre outras. O Moinho também beneficia crianças e jovens do município de Ladário e das cidades bolivianas Puerto Suarez e Puerto Quijarro, possibilitando um importante intercâmbio cultural.

Leia outras notícias sobre a Vale

Vale lança programa nacional de incentivo a música de concerto