Sobre a Vale

31/07/2018

Vale patrocina a implantação de museu de arte sacra em Ouro Preto

Em plena lua de mel, em 1959, Jacques e Maria Helena Boulieu se encantaram pelas obras de arte sacra que viram em lojas de antiguidade na Bahia e resolveram levar para casa uma imagem de Nossa Senhora da Conceição. O que eles não sabiam à época é que aquela peça daria início a uma rica coleção que foi sendo montada pelo casal em suas viagens ao longo dos anos. Em 2014, as peças foram doadas para a Arquidiocese de Mariana, em Minas Gerais, somando um acervo de mais de 1200 exemplares artísticos, que ajuda a contar a história da colonização ibérica ao redor do mundo e a importância da fé católica nesse processo.

Em breve esse patrimônio poderá ser apreciado por todos que visitarem a cidade mineira de Ouro Preto, no Museu Boulieu – Caminhos da Fé. O museu vai ser instalado em prédio histórico da cidade, que será restaurado e adaptado com a coordenação do Instituto Pedra, do IPHAN e da Prefeitura Municipal de Ouro Preto.

A iniciativa, que conta com patrocínio da Vale por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e apoio da Arquidiocese de Mariana e Ministério da Cultura, foi anunciada na última semana em um evento que reuniu apoiadores, autoridades e representantes da comunidade local. Além da implantação da estrutura física, o projeto contempla também a elaboração de plano museológico, projeto expográfico e um programa educacional.

Cerimônia de celebração do acordo que permitirá a implantação do museu

“Este museu não só será construído. Mais do que isso: será propagado. É importante preservar, mas também divulgar, ensinar e compartilhar a cultura, e nós vamos usar a casa que será restaurada como ferramenta para isso”, afirmou o diretor de Sustentabilidade Vale, Sérgio Leite, presente no evento que anunciou a parceria.

Investimento cultural

O que vemos aqui é um caso de amor. O amor que une duas pessoas e que as move para construir juntas um legado tão nobre como esta coleção, que contribui para a conservação do nosso patrimônio, da nossa história, das nossas raízes.

Kátia Bogéa, Diretora do IPHAN

“Esta coleção estabelece aqui uma referência do barroco em várias regiões. O museu Boulieu será como um portal que mostra como esta manifestação artística que é tão característica de Minas Gerais, e especialmente de Ouro Preto, se desdobra tanto no Brasil como ao redor mundo”, afirma Angelo Oswlado, Secretário Estadual de Cultura de Minas Gerais.

Conheça Ouro Preto sem sair de casa

Quer conhecer um pouco mais desta cidade que é Patrimônio Cultural da Humanidade? Acesse o tour virtual sob Ouro Preto e viaje pelas suas ruas, museus, monumentos e prédios históricos. Este passeio faz parte de um projeto realizado em 2017 que tem como objetivo ampliar o acesso à cultural e que teve o patrocínio da Fundação Vale e apoio Unesco, do Iphan da e Prefeitura Municipal de Ouro Preto.


Vale patrocina a implantação de museu de arte sacra em Ouro Preto