Sobre a Vale

24/09/2021

Vale prorroga até 26 de setembro inscrição para bolsas a estudantes indígenas

 

Estudantes indígenas regularmente matriculados em cursos de graduação em instituições de ensino superior públicas e privadas no Brasil têm até dia 26 de setembro para concorrer a 50 bolsas de estudo, no valor de R$ 1 mil por mês. A iniciativa é da Vale, em parceria com o Instituto Sociedade População e Natureza (ISPN), e faz parte do Programa Indígena de Permanência e Oportunidade na Universidade (PIPOU). O objetivo é estabelecer estratégias de apoio à permanência da população indígena nas universidades. Este primeiro edital também prevê a entrega de um computador portátil para cada aluno que preencher os critérios estabelecidos.


A seleção dos candidatos será realizada por equipe técnica da Vale e do ISPN, além de especialistas na área da educação. Um dos principais critérios da seletiva será a proposição de projetos que tragam benefícios às comunidades indígenas, nos campos da educação escolar, gestão territorial e ambiental, saúde, fortalecimento da associação indígena, entre outros. As propostas podem ser inéditas ou de aperfeiçoamento de ações já em curso nas aldeias.

 


Essa iniciativa reforça o nosso compromisso com os Povos Indígenas e está em linha com nosso pilar estratégico de Novo Pacto com a Sociedade. Temos uma relação de longa data com esses povos e poder contribuir por meio da educação é um diferencial que a Vale acredita fortemente que possa fomentar o protagonismo e autonomia desses indivíduos”

afirma Camilla Lott, gerente executiva de Gestão Social da Vale.


Neste piloto, podem se inscrever estudantes dos povos Parkatêjê, Kyikatêjê e Akrãtikatêjê (TI Mãe Maria – no Pará), Guajajara (TIs Rio Pindaré e Caru, no Maranhão); Tupiniquim e Guarani (TIs Tupiniquim Guarani, Caieiras Velhas II e Comboios, no Espírito Santo); e Krenak (TI Krenak, em Minas Gerais). As inscrições poderão ser feitas no site do ISPN e o resultado do processo seletivo será divulgado no site do ISPN em 30 de setembro. A ideia é que a iniciativa seja ampliada no próximo ano, contemplando estudantes indígenas de povos/Terras Indígenas de todo o país.

Sobre o relacionamento da Vale com indígenas

A Vale atua com foco no relacionamento construtivo, de benefícios mútuos, baseado no respeito à diversidade cultural e aos direitos dessas populações, reconhecendo a relação diferenciada que têm com o território, que envolve não só aspectos físicos e socioeconômicos, mas também culturais e espirituais. Entre as diretrizes para o relacionamento da Vale com Povos Indígenas estão a contribuição para o etnodesenvolvimento dessas populações; o respeito e promoção dos direitos, culturas, costumes, patrimônio e à subsistência dos Povos indígenas e Comunidades Tradicionais.

​​
​​

Vale prorroga até 26 de setembro inscrição para bolsas a estudantes indígenas