Resultado Financeiro 2T19

Sobre a Vale

Resultado Financeiro 2T19

A Vale divulgou nesta quarta-feira, 31 de julho, seu resultado financeiro referente ao segundo trimestre de 2019. A empresa segue comprometida em aumentar a segurança das pessoas e reparar o dano causado com o rompimento da barragem de Brumadinho.

O diretor-presidente Eduardo Bartolomeo comentou: “À medida que avançamos em direção à reparação plena e efetiva, o segundo trimestre de 2019 foi um trimestre de transição para o negócio.” E complementou: “Nossa resposta (ao rompimento da barragem) começou a dar frutos para garantir a segurança das pessoas e das operações da empresa, bem como para reduzir incertezas e entregar resultados sustentáveis com um portfólio de produtos de alta qualidade, que já serão refletidos no próximo trimestre.”

Reparação

A Vale assinou 15 acordos com entidades locais, estaduais e federais para estabelecer um quadro jurídico estável à reparação. Passamos a integrar o programa ‘Aliança por Brumadinho’, lançado pelo Governo Federal, que deixará um legado para a área, e avançamos com os Acordos Preliminares para indenizações juntos às autoridades. Sabemos que ainda há muito a ser feito e estamos comprometidos com isso.

Em nosso site, prestamos contas das ações realizadas até o momento: www.vale.com/prestacaodecontas

Quanto aos resultados financeiros do período, a Vale contabilizou um EBITDA de US$ 4.2 bilhões em Minerais Ferrosos, US$ 621 milhões acima do 1T19.

Nos Metais Básicos, a empresa totalizou um EBITDA de US$ 465 milhões, ficando US$ 40 milhões abaixo do 1T19, principalmente em função dos menores preços de cobre, bem como a menor produção em VNC (Vale na Nova Caledônia), resultando em menor diluição de custo fixo.

A geração de caixa de US$ 2,2 bilhões no 2T19 permitiu a retomada da redução da dívida e fortaleceu ainda mais o balanço. Consequentemente, a dívida líquida da Vale caiu de US$ 12,0 bilhões no 1T19 para US$ 9,7 bilhões no 2T19.

Para conferir os relatórios Financeiro e de Produção na íntegra, clique abaixo. Nesta quinta-feira, dia 1º de agosto, serão realizadas teleconferências (webcasts) às 10h (Português) e às 12h (Inglês) - horário de Brasília.