Negócios

Relatório de Produção 2T22

O relatório de produção da Vale do segundo trimestre de 2022 (2T22) foi divulgado na terça-feira, 19 de julho de 2022. A produção de minério de ferro aumentou 17% t/t para 74,1 Mt, impulsionada, principalmente, pelo sólido desempenho dos Sistemas Sudeste e Sul no período seco. A produção do Sistema Norte aumentou 4% t/t, beneficiando-se da sazonalidade climática usual, que foi parcialmente compensada por atividades pontuais de homogeneização de estoques em Ponta da Madeira para ajustar níveis de umidade.

Como efeito desse evento pontual, da venda do Sistema Centro-Oeste (~3,5 Mt) e para garantir maior flexibilidade em nossa produção devido às condições atuais do mercado, a Vale está revisando o seu guidance de produção de 2022 para 310-320 Mt. A estimativa revisada está em linha com nossa filosofia de value over volume.

A produção de níquel foi 24% menor t/t, principalmente, devido à manutenção programada de nossas plantas downstream, que foi parcialmente compensada pelo forte desempenho em Onça Puma. As vendas ficaram em linha t/t já que os estoques construídos no 1T22 foram vendidos no 2T22.

A produção de cobre ficou em linha com o 1T, pois o efeito da retomada do moinho SAG de Sossego no início de junho e o desempenho melhor das minas canadenses foram compensados pelas manutenções planejada e corretiva na planta de Salobo.

Download do Relatório de Produção

Confira abaixo os resultados dos nossos produtos:

Minério de ferro e pelotas

  • As vendas de finos de minério de ferro e pelotas totalizaram 73,2 Mt, 23% maior t/t, enquanto o prêmio all-in atingiu US$ 7.3/t (vs. US$ 9.1/t no 1T22).
  • A produção de minério de ferro aumentou 17% t/t para 74,1 Mt, impulsionada, principalmente, pelo sólido desempenho dos Sistemas Sudeste e Sul no período seco.
  • A produção de pelotas aumentou devido a redução das atividades de manutenção na planta Omã; e aumento da disponibilidade de pellet feed na planta Vargem Grande.
Saiba mais sobre minério de ferro e pelotas

Níquel

  • A produção de níquel proveniente de minério de Sudbury foi menor t/t, principalmente devido à parada de 28 dias de manutenção planejada do Smelter e Refinaria de Copper Cliff.
  • As vendas de níquel ficaram relativamente em linha t/t, superando a produção em 13%, como resultado da estratégia de estoques implementada no 1T22 para cumprir os compromissos de vendas do 2T22.
  • O run-rate das minas de Ontário melhorou durante o segundo trimestre permitindo a formação de estoque para cobrir a manutenção planejada das minas subterrâneas e da usina de Clarabelle no terceiro trimestre.
Saiba mais sobre nossa atuação em níquel

Cobre

  • As vendas de cobre foram ligeiramente superiores t/t devido ao adiamento de um embarque do final do 1T22 para o 2T22.
  • Em Sossego, a produção aumentou com a retomada das operações no início de junho, após a manutenção prolongada no moinho SAG.
  • Além disso, foram antecipadas manutenções programadas para 2023, incluindo o rebobinamento do GMD (gearless mill drive) e trabalhos de integridade estrutural. Este aumento do escopo de manutenção levou a uma parada da usina de 4,5 meses no total, ante os 45 dias originais.
Saiba mais sobre nossa atuação em cobre

Relatório financeiro - 2T22

O Relatório Financeiro do 2T22 será divulgado no dia 28 de julho. Após a divulgação, nossos principais executivos vão realizar, no dia 29 de julho, uma webcast (conferência de áudio em tempo real) com analistas e investidores para apresentar os resultados do trimestre. Clique aqui para saber mais informações sobre a webcast.