06/12/2017

Vale apresenta planejamento estratégico para 2018 em Nova York

A Vale apresentou no dia 6 de dezembro as perspectivas para o próximo ano em encontro com investidores e jornalistas em Nova York. O diretor-presidente Fabio Schwartsman abriu o encontro, transmitido ao vivo pela internet, destacando que 2018 será um ano muito importante para a empresa e que o foco será em abrir caminho para a criação de valor e compartilhamento de riqueza, através de iniciativas divididas em quatro pilares.

Melhoria do Desempenho

O foco será no processo rigoroso de alocação de capital e em um portfólio de produtos que reflita o “flight to quality”.

Estratégia clara

Globalmente, a Vale está focada na construção de um balanço sólido, alavancando ativos e promovendo o crescimento do EBITDA.

Evolução na Governança

A partir de 22 de dezembro de 2017, a Vale é uma True Corporation e tem dois membros independentes no conselho pela primeira vez em sua história. O re-rating é um passo importante neste processo.

Referência em Sustentabilidade

Além de se concentrar em planejamento e execução sistemática, a Vale tem como objetivo trabalhar além de suas operações.

Temos o firme propósito de gerar mais valor aos acionista da Vale do que todos os seus concorrentes do setor da mineração"

Fabio Schvartsman

O executivo destacou que a Vale pretende melhorar o desempenho através de três fatores: rigoroso processo de alocação de capital com base em retornos, eficiência de custos e realização de preços. Ele disse também que, até o final de dezembro, a Vale entrará no Novo Mercado, que será o marco para a empresa. Em relação à sustentabilidade, Schvartsman enfatizou que a Vale mudou sua abordagem, adotando um plano muito mais sistemático, que ultrapassa suas operações. No final da apresentação, conclui que, ao fazer esses ajustes, a Vale se tornará uma empresa muito mais previsível e valiosa no mercado.

Confira os destaques para cada área de negócio:

Sustentabilidade e
Relações Institucionais

Dir. Luiz Eduardo Osorio

Saúde e segurança

Redução no número total de acidentes² de 11,2 em 2007 para 2,1 em 2017

Meio Ambiente

Redução de 7% nas emissões diretas de gases de efeito estufa

Desenvolvimento Social

Criação da Fundação Renova em julho de 2016: 8,2 mil famílias com assistência financeira; 101 afluentes foram recuperados; 800 hectares foram replantados

Ferrosos

Dir. Peter Poppinga

Minerais ferrosos

Todos os sistemas truckless de S11D estão operando, com seus start-ups ocorrendo antes do planejado

O ramp-up de S11D reduzirá os custos da Vale em 47%

Investimentos em inovação e automação aumentarão a eficiência operacional e reduzirão os custos em US $ 0,5 / t em 2020

A melhora na realização de preços resultará em um ganho esperado de US$ 350 milhões no EBITDA de 2018

A competitividade da Vale medida em termos de EBITDA por tonelada deve aumentar de US$ 3 a 5/t em 2020

O Centro de Operações Integradas (COI) dará suporte à gestão da cadeia de valor, maximizando as margens do minério de ferro

Carvão

O negócio de carvão gerará resultados sólidos ao concluir o ramp-up e explorar opções de crescimento

O Project Finance de US$ 2,7 bilhões conclui a reestruturação e a otimização do portfolio do negócio

Os sólidos ramp-ups de Moatize e do Corredor Logístico de Nacala aumentaram os volumes de produção e vendas em 2017

A conclusão do ramp-up possibilitará que a mina de Moatize melhore sua competitividade na curva de custo da indústria

Maiores volumes e preços de mercado dão suporte à melhora no EBITDA do negócio

Metais Básicos

Dir. Jenifer Maki

Menor footprint em níquel, calibrando os investimentos e a produção para refletir as condições de mercado

VNC continuou a avançar em seu ramp-up em 2017 com produção prevista de 40 kt

Veículos elétricos aumenta a demanda por níquel no mercado de baterias e trazem upside para o mercado a longo prazo

Consolidar um negócio menor de níquel e alavancar a qualidade dos ativos de cobre

Finanças

Dir. Luciano Siani Pires

Revalorização múltipla

Migrando para o Novo Mercado antes do esperado, em 22 de dezembro de 2017

Transação de referência no mercado brasileiro, com participação de 80% dos investidores de varejo

Dissolução do atual bloco de controle e consequente diversificação da base de acionistas para dar maior independência à gestão

Histórico consistente que melhora a confiança dos investidores e possibilita um maior múltiplo

Fluxo de caixa melhorado

Os investimentos permanecerão baixos, mesmo incorporando novos projetos de crescimento

Espera-se que os redutores de caixa diminuam nos próximos anos

Geração de fluxo de caixa substancial nos próximos 3 anos, o que resultará em um retorno significativo para os acionistas

Suporte de
negócios globais

Dir. Alexandre Pereira

Suprimentos

Implementar um modelo de aquisição global, integrado e simplificado

Tecnologia

Integrar tecnologias e impulsionar a transformação de negócios digitais para alcançar novos níveis de produtividade

Excelência operacional

Gerar competitividade através de um modelo de gestão forte e de uma cultura de desempenho

Energia

Garantir um modelo de energia sustentável e de eficiência energética, movendo-se em direção a autossuficiência

Projetos de capital

Implementar uma forte gestão de portfólio para entregar todos os projetos de capital em escala global, com disciplina na alocação de capital

Confira as fotos da ValeDay:

​​​​​​​​​​​​​​​​​

Vale apresenta planejamento estratégico para 2018 em Nova York