Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

Indicadores

Além de estabelecer metas ambientais e sociais, buscamos articular o desempenho em sustentabilidade das diversas áreas de negócio à remuneração variável das equipes, levando também em consideração fatores econômicos e operacionais.



Avanços nos compromissos públicos

Nossos compromissos estão conectados à Agenda 2030 da ONU e em linha com as tendências globais. Principais avanços:

Compromissos 2030


1 Considerando desinvestimentos no carvão e manganês, as emissões de Escopos 1 e 2 totalizariam 12,3 MtCO2e no ano-base de 2017.

2 As emissões do ano-base de 2018, de 585 milhões de toneladas de CO2e, são reduzidas para 568 milhões de CO2e, considerando o desinvestimento dos ativos do manganês e do carvão, realizados em 2022.

3 É esperado um aumento nas emissões de Escopo 3 da Vale decorrente do crescimento do volume de vendas, em função de uma perspectiva de aumento de demanda de nossos produtos, conforme indicado no relatório financeiro de 2021.

4 Em 2021, a forma de acompanhamento da meta de eletricidade renovável no Brasil foi alterada de % de autoprodução renovável para % de consumo renovável.

5 O percentual de eletricidade renovável varia ano a ano em função do consumo, volume dos certificados obtidos e matriz de geração elétrica de cada país em que operamos.

6 Com o atingimento da meta em 2021, um novo compromisso será divulgado em 2022.

7 De 2022 em diante, a Vale passará a acompanhar o indicador Ambição Social em substituição ao indicador Contribuição Socioeconômica.


Outros compromissos Vale



KPIs Sociais

KPIs de curto prazo:

Ano Indicador Meta Resultado
2019 Realizar autoavaliação de risco de violação em Direitos Humanos 100% operações e complexos com autoavaliação
Realizar Plano de Tratamento de Issues Críticos 100% dos Issues Críticos com Planos de tratamento
2021 Evoluir na implantação do Modelo de Atuação Social Processos sociais em implantação Em andamento
2022 Reduzir eventos com membros da comunidade Reduzir em 10% Não iniciado
Ano

2019

Indicador
Realizar autoavaliação de risco de violação em Direitos Humanos

Meta
100% operações e complexos com autoavaliação

Resultado


Indicador
Realizar Plano de Tratamento de Issues Críticos

Meta
100% dos Issues Críticos com Planos de tratamento

Resultado

2021

Indicador
Evoluir na implantação do Modelo de Atuação Social

Meta
Processos sociais em implantação

Resultado
Em andamento

2022

Indicador
Reduzir eventos com membros da comunidade

Meta
Reduzir em 10%

Resultado
Não iniciado

KPI de médio prazo:¹

Ano Indicador Meta Resultado
2026 Implementar Planos de Relacionamento (PRC) em comunidades prioritárias 100% comunidades prioritárias com PRCs 69% (2021)
Ano

2026

Indicador
Implementar Planos de Relacionamento (PRC) em comunidades prioritárias

Meta
100% comunidades prioritárias com PRCs

Resultado
69% (2021)

KPIs de longo prazo:²

Ano Indicador Meta Resultado
2030 Retirar pessoas da pobreza extrema 500 mil pessoas retiradas da extrema pobreza Em andamento
Melhorar a posição nos requisitos sociais das principais avaliações externas Estar no TOP 3 nos requisitos sociais das principais avaliações Em andamento
Contribuir com PICT³ na promoção de seus direitos, valorização da cultura e etnodesenvolvimento Comunidades indígenas vizinhas às operações Vale com Planos de direitos do UNDRIP 4 Em andamento
Ano

2030

Indicador
Retirar pessoas da pobreza extrema

Meta
500 mil pessoas retiradas da extrema pobreza

Resultado
Em andamento


Indicador
Melhorar a posição nos requisitos sociais das principais avaliações externas

Meta
Estar no TOP 3 nos requisitos sociais das principais avaliações

Resultado
Em andamento


Indicador
Contribuir com PICT³ na promoção de seus direitos, valorização da cultura e etnodesenvolvimento

Meta
Comunidades indígenas vizinhas às operações Vale com Planos de direitos do UNDRIP4

Resultado
Em andamento

 

1 Ver www.vale.com/esg/pt/Paginas/ImpactoComunidades.aspx​

2 Ver www.vale.com/esg/pt/Paginas/NossaEstrategiaCompromissos.aspx​

3 Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais

4 Declaração da ONU sobre os Direitos dos Povos Indígenas

Compliance Ambiental

Multas ambientais

O respeito ao meio ambiente é condição indispensável para garantir a continuidade das operações da Vale, que depende destes recursos ambientais. A mineração, no entanto, é uma atividade com grande impacto sobre o território e seus atributos naturais onde ocorre. Por isso, nesse contexto, a Vale desenvolveu e utiliza, em todas as áreas de atuação, um sistema de gestão ambiental que mapeia os riscos ambientais e tenta prevenir e mitigar tais riscos, bem como minimizar, compensar e remediar os impactos ambientais causados.

Nossa Gestão

O processo de gestão ambiental visa estabelecer responsabilidades para analisar e avaliar, periodicamente, o atendimento às obrigações legais ambientais e outros requisitos aplicáveis às atividades da Vale. Nesse sentido, são realizadas periodicamente auditorias ambientais e avaliações de conformidade legal do sistema de gestão ambiental, conduzidas por equipes internas e externas.

A despeito da gestão estabelecida, a Vale recebeu, em 2019, 74 multas significativas por não cumprimento de leis e regulamentos ambientais, que somam o valor de US$ 153,5 milhões, além de 9 sanções não monetárias[1], dos quais US$ 125,5 milhões se referem ao rompimento da Barragem I da mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), além de 9 sanções não monetárias. As demais multas significativas aplicadas pelo não cumprimento de leis e regulamentos ambientais se referem a assuntos como alegado descumprimento de condicionantes, lançamento de efluentes em desacordo com a legislação, poluição, instalação/operação de atividade sem as devidas licenças/ autorizações, entre outros.

Em 2020, foram aplicadas 12 multas significativas totalizando o valor de US$ 30,6 milhões por não cumprimento de leis e regulamentos ambientais. A Vale não identificou sanções não monetárias no ano de 2020.

Em 2021, foram aplicadas às empresas do grupo Vale 21 multas significativas pelo não cumprimento de leis e regulamentos ambientais, que totalizam o valor de cerca de USD 10,2 milhões e 11 sanções não monetárias, relacionadas a aspectos diversos, como supostos descumprimentos de condicionantes, poluição e exercício de atividade sem as autorizações/licenças ambientais necessárias.

Nesse contexto, as seguintes definições são aplicáveis:

"Multas significativas": significa multas monetárias iguais ou superiores a US$ 10.000 (ou equivalentes quando convertidas da moeda local).

"Não conformidade com leis e regulamentos ambientais": um não cumprimento com leis e regulamentos ambientais ocorre quando um órgão autorizado (por exemplo, órgão governamental, regulador comercial ou não comercial independente etc.) determina que uma lei, regulamento, código , etc. relacionados a questões ambientais ou ecológicas foram violados. Essa definição está essencialmente alinhada com a definição das leis e regulamentos ambientais GRI G4: refere-se a regulamentos relacionados a todos os tipos de questões ambientais (isto é, emissões, efluentes e resíduos, além de uso de materiais, energia, água). e biodiversidade) aplicáveis à organização. Isso inclui acordos voluntários vinculativos feitos com autoridades reguladoras e desenvolvidos como substitutos para a implementação de um novo regulamento. Os acordos voluntários podem ser aplicáveis se a organização ingressar diretamente no acordo ou se os órgãos públicos tornarem o acordo aplicável às organizações em seu território por meio de legislação ou regulamento.

“Processos/ alegações legais em andamento”: se um órgão autorizado (por exemplo, órgão governamental, órgão regulador comercial ou não comercial etc.) já tiver determinado que a empresa violou uma lei, regulamento, código etc. relacionado a questões ambientais ou ecológicas problemas e uma decisão inicial foi inserida, o incidente é considerado um não cumprimento das leis e regulamentos ambientais, independentemente da capacidade da empresa de recorrer.

Leia mais no Relato Integrado 2020

[1] Informações baseadas no sistema de banco de dados da Vale de processos administrativos e judiciais.

Incidentes Ambientais 

Todos os incidentes¹ ambientais² da Vale são registrados e tratados. A empresa segue premissas internacionais para o gerenciamento de incidentes ambientais, desde a comunicação inicial, adoção de ações imediatas e investigação das causas, até a implementação de ações corretivas para eliminar os efeitos indesejados do evento e registro das lições aprendidas.

Em 2021, ocorreram 28 incidentes com severidade ambiental grave, comparados a 16 eventos ocorridos em 2020, de acordo com a classificação de risco da empresa. Contudo, avançamos no ano de 2021 em relação à ocorrência de acidentes críticos e muito críticos, com nenhuma ocorrência em 2021, frente a três ocorridos em 2020.

Os incidentes ambientais estão distribuídos conforme demostrado abaixo:

Brasil


Canadá


Indonésia

Brasil


Canada


Indonésia

Todos os acidentes passaram por investigação realizada por um grupo multidisciplinar. A investigação adequada possibilita a identificação dos fatores contribuintes, redução do risco, inclusão de novos controles ambientais e aprimoramento de processos industriais.


1 Incidente: Evento não planejado que resultou, ou poderia ter resultado, em perda/impacto.

2 Incidentes Ambientais: Evento não planejado que resultou em impacto ambiental adverso.

Nota: Foram informados no portal ESG os incidentes ambientais com severidade real Grave, Crítico e Muito Crítico, conforme Norma interna de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.



Leia também

Imagem Políticas e Documentos Corporativos

Políticas e Documentos Corporativos

Nossa governança visa concretizar os princípios de clareza de papéis, transparência e estabilidade do nosso dia a dia

Leia mais
Imagem Nossa estratégia e compromissos

Nossa estratégia e compromissos

Conheça os pilares que norteiam a nossa estratégia

Leia mais