Uma ponte a cada 15 dias: Samarco conclui reconstrução da última ponte danificada
Comando para Ignorar Faixa de Opções Ir para o conteúdo principal

Uma ponte a cada 15 dias: Samarco conclui reconstrução da última ponte danificada

23/02/2016 18:00



 Desde o acidente na barragem de Fundão, em 5 de novembro, a Samarco reuniu esforços e, ao ritmo de uma entrega a cada 15 dias, concluiu, em 15 de fevereiro, a reconstrução da última ponte danificada. Ao todo, foram sete grandes pontes reconstruídas, quatro na cidade de Mariana (MG) e três em Barra Longa (MG).

A última estrutura reconstruída foi a ponte de Curvina, que fica entre a estrada que interliga Barra Longa ao distrito de Gesteira e a estrada entre Barra Longa e Acaiaca (MG). A ponte de vigas metálicas e concreto tem capacidade de 45 toneladas e 37 metros de comprimento.

No último dia 6, foi entregue a ponte que fica no distrito de Gesteira, com 38 metros e capacidade de carga para 45 toneladas.

Além dessas, a empresa recuperou uma pequena estrutura que liga o distrito de Monsenhor Horta ao subdistrito de Paracatu de Baixo, dois dias após o ocorrido.

Pontes Entregues:

05/12 – Ponte entre os distritos de Águas Claras e Monsenhor Horta, em Mariana.

11/12 – Ponte entre que liga os distritos de Pedras e Borba a Águas Claras e Campinas, em Mariana.

20/12 – Ponte de Campinas, localizada entre as comunidades de Campinas e Barreto.

06/01 – Ponte do Onça, em Barra Longa.

22/01 – Ponte no subdistrito de Ponte do Gama, em Mariana.

06/02 – Ponte no distrito de Gesteira, em Barra Longa.

15/02 – Ponte de Curvina, em Barra Longa.

​​​​