Carvão

Mineração

Carvão

Carvão

A Vale está presente no segmento de carvão, insumo essencial para a transformação de minério de ferro em aço.

Por meio de operações próprias e de joint ventures, produzimos carvão na Austrália, na China e em Moçambique.

Além da indústria siderúrgica, utiliza-se o produto para a geração de energia.

  • Carvão metalúrgico

    Utilizado no fabrico do aço, é o foco das nossas operações e projectos

  • Carvão térmico

    Também produzido pelas nossas operações, é utilizado para gerar calor e energia em centrais termoelétricas


Onde?

Através de operações e projectos, estamos presentes na Austrália e em Moçambique . Países que se destacam como os que mais crescerão na oferta global de carvão. Também possuímos participação em duas joint ventures na China .

Mapa
Mina de carvão de Moatize, em Moçambique galeria de imagens

Moatize

Em operação desde Setembro de 2011 a Mina de Carvão de Moatize, em Moçambique, produz carvão metalúrgico e térmico e concentra os nossos maiores investimentos do segmento. Um dos nossos maiores desafios no país é a logística. Para escoar o nosso carvão, investimos numa ferrovia que se conecta a um porto: Corredor de Nacala.

Corredor de Nacala

Um corredor logístico que liga Moatize ao porto de Nacala e contempla infra-estruturas ferro-portuárias, sendo que a ferrovia passa por dois países, Moçambique e Malawi, totalizando 912 km de extensão, dos quais 684 foram reabilitados e 228 km construídos de raiz.

A infra-estrutura portuária estende-se pelos cerca de 600 hectares, ao largo da baía de Nacala, distrito de Nacala-a-Velha. Tem águas profundas e é multiusuário, ou seja, possibilita o acesso de diversas empresas à infra-estrutura. Foi projectado para receber e exportar cerca de 18 milhões de toneladas de carvão, além de carga geral e, especialmente, transporte diário de passageiros.


Destino da produção

A nossa produção de carvão atende os seguintes mercados

grafico


Tecnologia e sustentabilidade

Infraestrutura

A construção e a recuperação de linhas férreas em África auxiliam o desenvolvimento económico e social do continente. Além de escoar a nossa produção, as linhas que operamos facilitam a deslocação de produtos diversos.

Reaproveitamento

Em Moatize, Moçambique, o rejeito das minas de carvão será reaproveitado para a geração de energia eléctrica, abastecendo as operações da Vale e contribuindo para o fornecimento de energia da população da região.

​​​