Veja o resultado da investigação independente sobre o acidente com a barragem da Samarco
Comando para Ignorar Faixa de Opções Ir para o conteúdo principal

Veja o resultado da investigação independente sobre o acidente com a barragem da Samarco

29/08/2016 16:00

Foi realizada nesta segunda-feira, 29, em Belo Horizonte (MG), a coletiva de imprensa sobre o resultado da investigação independente contratada pela Samarco, e suas acionistas Vale e BHP Billiton a respeito do acidente com a barragem de Fundão, ocorrido em 5 de novembro de 2015. Participaram da coletiva o diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira, o presidente da Samarco, Roberto Carvalho, o diretor comercial da BHP Billiton, Dean Dalla Valle e o líder do painel de investigação, Norbert Morgenstern.

A investigação foi conduzida pela empresa de advocacia Clearly Gottlieb, que formou um painel com quatro dos maiores especialistas em geotecnia do mundo. Norbert Morgenstern, líder do painel, já trabalhou em mais de 140 projetos de barragens e tem mais de 330 publicações acadêmicas sobre o assunto. Atua como membro, vice-presidente e presidente de uma extensa lista de comitês técnicos em todo o mundo, além de contribuir na transferência de tecnologia aos países em desenvolvimento através das Nações Unidas e outras agências.

Também compõe o painel o chairman do Conselho e ex-CEO da Klohn Crippen Berger Ltd., Bryan Watts, com mais de 35 anos de experiência em projetos de barragem. Steven Vick, terceiro membro do painel, é autor e consultor independente de engenharia geotécnica, com mais de 40 anos de experiência atuando em avaliações técnicas e de segurança de aterros e barragens de rejeitos. Completando o time de especialistas, Cassio Viotti é consultor independente de engenharia de barragens, com mais de 45 anos de experiência, especializado em todas as fases de concepção e engenharia de barragens e estruturas hídricas.

Eles analisaram os aspectos técnicos que provocaram a falha na barragem e conduziram testes apropriados. Na investigação, a empresa teve acesso total aos documentos da Samarco, de seus empregados e instalações.

A análise técnica incluiu, dentre outros aspectos, a construção de um modelo 3D em computador da instalação de rejeitos ao longo do tempo; análise aprofundada dos rejeitos depositados na barragem de Fundão para entender suas propriedades e comportamentos; análises dos níveis de saturação da barragem e a passagem de água por ela ao longo do tempo; e testes para entender o papel que os abalos sísmicos poderiam ter desempenhado no colapso da estrutura.

O painel impôs testes de hipóteses para responder às seguintes perguntas:

  • 1. Por que aconteceu um fluxo fluido de rejeitos?
  • 2. Por que o fluxo fluido de rejeitos ocorreu no local onde ocorreu?
  • 3. Por que o fluxo fluido de rejeitos ocorreu no momento em que ocorreu?

A investigação concluiu que o rompimento da barragem foi consequência de uma cadeia de eventos e condições.

Coletiva

Assista ao replay da coletiva de imprensa (a transmissão começa aos 5m10s)

*A versão do site em português só estará disponível a partir de amanhã

​​​​​
​​​​​​​​​​